Kidnap Trails escrita por Bruna Bazzanini


Capítulo 11
Battle Cry


Notas iniciais do capítulo

Palavra do dia: aparatosa.

Aquele momento que você escreve o capítulo, arruma tudo bonitinho e... cadê a palavra obrigatória, dona Bruna? É, pois é. O dia foi corrido e por isso só postei agora. Espero que gostem! Beijão e obrigada por comentar! ♥




O sorriso do homem desfez-se. A ira o tomou.

A garota acertara-o no braço direito. O sangue começava ensanguentar sua camisa nada aparatosa.

— Vadia! — bradou.

A garota reencetou a correr, incrédula diante do que acabara de fazer. Estou extremamente encrencada!, sua cabeça martirizava-a. Seus pés tropeçavam em si, suas mãos tremiam com a Beretta ainda consigo.

— Vou matar você, garota!

Ela corria, aos prantos. Subiu dois lances de escada, ofegante. Caiu e levantou-se apressadamente, e o homem sempre ao seu encalço, fuzilando-a com o olhar.

Passos depois, sentiu uma dor aguda: desabou no assoalho.

Seu perseguidor, bem próximo, sorria malfazejo.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Kidnap Trails" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.