They Don´t Know About Us escrita por Nicole Hudson


Capítulo 14
So near, bu so far.


Notas iniciais do capítulo

Hey, directioners!Sério que ninguém acertou o nome da música do capítulo 12? Sério, procurem no google ou no youtube e me digam o nome de quem compôs a música! Escutem Don´t let me go, é uma música muuuuuito bonita!

Foi mal, eu já tinha terminado o capítulo ontem, mas a internet caiu e eu perdi tudo!!!! :(




Acho que o universo decidiu que eu estava tendo sorte demais, por que quando eu e Sadie estávamos quase saindo de casa para ir ao cruzeiro, Lorde Osíris apareceu e berrou: SEU DESGRAÇADO! VOCÊ VAI LEVAR A MINHA FILHA PARA UM CRUZEIRO, APOSTO QUE VOCÊ SÓ RESERVOU UM QUARTO E VAI FALAR QUE É ENGANO, ENTÃO SADIE TERÁ QUE DORMIR NA MESMA CAMA QUE VOCÊ, NÃO É? Eu retruquei: Claro que não, Lorde Osíris. Nós dormiríamos em cabines diferentes, a minha é no começo do corredor e a da Sadie é no final do corredor... Lorde Osíris pareceu ficar ligeiramente menos irritado: Mesmo assim. Vocês não iram a esse cruzeiro, eu consegui que me devolvessem o dinheiro das reservas e comprei dois ingressos vips para o Aquaventure, um parque aquático e reservei dois quartos no resort deles. Sadie revirou os olhos e disse:Legal, pai! Você não confia em mim, né? Lorde Osíris se aproximou de Sadie e disse: Não, querida. Eu confio 100% em você, só não confio tanto assim em Anúbis. Acho que eu confio nele 99%.... Eu suspirei e Sadie disse: Então, quando nós vamos? Lorde Osíris abriu um enorme sorriso: Daqui á 15 minutos! Sadie arregalou os olhos: O quê? Por que você não me contou antes? Lorde Osíris riu: Surpresa! Sadie saiu correndo até o seu quarto e a escutei gritar: Eu preciso tomar banho, me vestir, pentear os cabelos e me maquiar em 15 minutos.... Lorde Osíris riu e me entregou dois cartões de plástico onde se lia claramente: AQUAVENTURE. Lorde Osíris tirou mais dois cartões do seu bolso e me entregou: Esses são os cartões de débito de vocês dois, cada um poderá gastara cerce de 100 dólares por dia, mas do jeito que as coisas são caras por aqui, acho que vocês não conseguiram comprar muitas coisas, só o essencial. Lorde Osíris estalou os dedos e sumiu.


Escutei alguém buzinando e vi que a van do Aquaventure já tinha chegado. Gritei: Sadie! A van acabou de chegar! Sadie desceu correndo feito uma louca e eu lhe entreguei o seu cartão de débito e seu cartão de acesso vip ao parque. Peguei a mala de Sadie e a minha mala e as levei até a van. Sadie já estava sentada em um dos bancos e eu me sentei ao lado dela. Sadie encostou a cabeça no meu ombro e imediatamente dormiu. Eu fiquei acariciando os seus longos cabelos loiros. Meus olhos estão muito pesados e eu logo adormeci. Acordei quando chegamos ao resort. Era incrível. Fizemos o check-in e logo cada um foi para o seu quarto. O meu era no piso 15 e o de Sadie era no piso 7, Lorde Osíris queria mesmo ter certeza de que eu e sua filha estávamos longe o bastante.... Mas voltando aos quartos, o meu era incrível. Tinha uma cama king size, um frigobar abastecido com diversos refrigerantes e doces, uma televisão de 50 polegadas, um sistema de home theater, um sistema de som de última geração, um telefone, um banheiro com um chuveiro/ banheira que vinha com sais de banho. Liguei para Sadie e conversamos um pouco e combinamos de nos encontrar daqui á meia hora em frente a piscina do hotel. Eu peguei um calção de banho azul, passei bronzeador/protetor solar e fui descer. Sadie chegou, ela estava vestindo um biquíni vermelho e estava radiante. Sadie sorriu: Sabia que nós podemos nadar com os golfinhos? Podemos ir agora? Eu já reservei um horário. Eu revirei os olhos e sorri:Nossa, já deixou tudo pronto... Vamos lá.


Pegamos a van do hotel até o parque aquática e Sadie praticamente me arrastou até a área dos golfinhos. Nós escutamos as instruções de segurança e entramos na água. Um golfinho encostou em Sadie com o seu focinho como se quisesse dizer: Ei, larga ela. Vem brincar comigo. Sadie deu um beijo no focinho do golfinho e nadou com ele até chegar em uma pequena ilha. Eu segui Sadie e logo fui rodeado por golfinhos que tentavam me morder. Nadei para longe e fiquei nadando bem longe de onde Sadie estava até que acabasse o nosso turno. Depois de me secar, Sadie veio e me abraçou: Não foi incrível? Eu resmunguei: É foi bem legal, tirando o fato de que os golfinhos tentarão me matar... Sadie me abraçou: Quer ir em que brinquedo agora?Eu sorri: Que tal pegarmos uma boiá e ir no Rio Bravo? Sadie concordou e eu fui pegar uma boiá. Depois de meia hora esperando na fila, finalmente chegou a nossa vez. Eu me sentei na frente e Sadie abraço fortemente a minha cintura. Começamos a escorregar e logo fomos atingidos por um jato de água. Sadie cuspiu água: Pffff. Detesto quando isso acon... E mais um jato de água. Sadie tossiu: Droga. A boiá quase virou quando passamos em uma curva muito fechada, mas eu consegui impedir que a boiá virasse de vez. Quando saímos, Sadie estava encharcada, aonde quer que ela fosse, formava uma grande poça de água. Sadie me olhou de baixo para cima: Como você está tãããã seco? Eu a olhei com um olhar psicopata: Vingança! Sadie me mostrou a língua: Idiota! Eu ri e a abracei: Não me engana, você sabe que é verdade. Sadie me beijou. Ela sorriu e disse: Que brinquedo nós vamos agora? Eu dei uma olhada no guia e sorri: Que tal irmos em um escorregador em que você passa no meio de aquários de tubarões, lulas gigantes, peixes tropicais e outros animais marinhos? Sadie sorriu: Eu só vou se você ficar do meu lado o tempo todo. Eu sorri: Com certeza, eu sempre estarei do seu lado. Sadie me abraçou: Owwwnnnnn, você é um sonho. Eu sorri: Eu sei, eu sou maravilhoso e você tem muuuuuuita sorte de eu ter te escolhido. Sadie me deu um tapa: Tá muito convencido pro meu gosto. Eu peguei a sua mão e a guiei até o escorregador. Entramos no escorregador, eu segurei a mão de Sadie e descemos. Enquanto estávamos descendo, um tubarão se aproximou do tubo e bateu levemente no tubo. Sadie berrou e enterrou a cabeça no meu ombro. Eu afaguei os seus longos sedosos cabelos loiros e disse: Calma, tá tudo bem. Quando saímos do brinquedo, Sadie estava radiante de felicidade. Sadie me guiou até a parte das barracas de jogos, ela apontou para um barraca onde os prêmios eram desde bichinhos de pelúcia até peixinhos coloridos que se pareciam com golfinhos, tubarões e orcas. Sadie fez carinha de Gato de Botas do Shereck e pediu: Anúbis, será que você conseguiria ganhar um desses peixinhos que parecem orcas ou um que parece um golfinho? Eu sorri e saquei o cartão. O homem da barraquinha sorriu: Vai tentar ganhar o brinquedo para a menina? Eu sorri e entreguei o cartão. O homem me entregou 3 bolinhas, se eu acertasse uma, ganharia um peixinho, eu mirei a primeira, mas errei, mirei a segunda e errei, mirei a terceira e por milagre, eu acertei. Sadie me abraçou e me deu um beijo na bochecha. Sadie escolheu um peixinho que se parecia com uma orca. Sadie pegou o peixe que estava em um saquinho de água cheio de água( N/A: Nada demais, tá? É um saco plástico transparente!!!!), fomos até a lojinha do parque e compramos um aquário. Voltamos para o hotel e eu convidei Sadie para ir jantar comigo.



Notas finais do capítulo

O que vocês acharam?



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "They Don´t Know About Us" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.