My Sweet Sick Boy escrita por Uma FicWriter


Capítulo 1
Capúnico. Meu Doce e doentinho garoto.


Notas iniciais do capítulo

Essa fic veio de uma em inglês que eu li sobre os dois! Bem, eu a adaptei e talz! E to postando aqui!



Sabe um daqueles resfriados bem complicados que lhe deixam de cama? Então nosso detetive Donald Flack estava com um desses.

Não sabia ao certo quando e nem como havia pegado, mas num dia estava bem e no outro de cama.

- Merda... – o moreno balbuciou, revirando-se na grande cama de casal, na busca de uma posição confortável pra descansar.

- Don? – chamou a angelical voz de sua recém esposa Jessica. Da porta ela o encarou com um pequeno mas lindo sorriso. – me parece mal querido, sua dor de cabeça melhorou?

- Não, ahhhh me sinto frustrado, pegar bandidos é fácil, mas um resfriadozinho qualquer quase me mata! – ele olhou pra esposa, que estava recostada no batente da porta o encarando.

Jess deu uma risada gostosa e foi até ele, sentou-se na beira da cama e pôs a mão sob a testa do marido.

- Ainda está um pouco febril. – ela falou colocando as mãos sob as pernas e o encarando.

- Tomei algo há alguns minutos... – ele falou passando a mão pelo rosto dela e logo depois depositando um apaixonado beijo nos lábios da amada.

- Amo quando meu garotinho está doente, fica tão fofo! – ela falou dando-lhe um selinho.

- Eu não. – falou emburrado.

Ela deu uma risada e olhou pra ele.

- Onde dói? – ela indagou olhando fundo nos olhos dele.

- Tudo! – ele disse fechando a cara mais uma vez.

- Bem, querido, você disse que tomou um remédio, quer comer ou beber algo? – ela indagou carinhosamente acarinhando os cabelos dele.

- Não... – ele disse aproveitando a carícia. – só quero descansar... deita aqui comigo? – ele pediu manhoso.

- Claro amor... – ela tirou os sapatos e subiu na cama, deitou-se ao lado dele, Don por sua vez, passou os braços em volta dela que se aconchegou pra mais perto dele.

- Jessie... sinto-me tão doente... – ele disse de olhos fechados, bem próximo a ela, com uma voz arrastada, como se fizesse força pra falar.

- Eu sei meu amor. – ela depositou um beijo no topo da cabeça dele. – apenas durma, vou estar aqui quando você acordar okay? – ela disse pacificamente

- Eu te amo... – ele falou com a mesma voz.

- Te amo também meu garotinho doente... – ela falou carinhosamente antes de fechar os olhos e adormecer junto com ele. 



Notas finais do capítulo

Espero que tenham gostado! É bem pequeno mesmo!



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "My Sweet Sick Boy" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.