I Should Have Kissed You! escrita por Vanessa R


Capítulo 30
29º Capítulo: Porque eu... GOSTO DELA!


Notas iniciais do capítulo

Eu e minhas promessas... mas desta vez eu não tive culpa manolas! Eu tava doente, acho que foi resfriado :/ passei uns dias assim, e no domingo, fiquei o dia inteiro na cama com dor de cabeça e febre.
Espero que não fiquei chatiadas pela demora, mas em compensação, o capitulo ta bem grandinho, e como disse minha LINDA IZABELASANTIAGO: Quando maior, melhor kkkkk ♥
PS: Leiam as notas finais!




Angel’s POV

– Hellooo??!! Planeta terra chama Angel. – Sarah falou já cansada daquela insistencia toda em saber o que tava se passando comigo.

Sim, ela ainda tá tentando descobrir o que aconteceu comigo, mas eu NÃO VOU FALAR, NÃO VOU.

– Falaaaaaaa, pelo amor de deus garota. – foi a vez de Megan reclamar.

– PORRRRR FAVORRRRRR! – Olivia implorou quase de joelhos.

– Sério que vocês vão se juntar contra mim?! – perguntei levantando uma das sobrancelhas.

– Se for preciso, pra fazer você falar, a gente vai sim. – Sarah falou mantendo sua posição firme. – Mas seria melhor, se a dona Kath ajudasse. – ela falou revirando os olhos.

Kath tava jogada no sofá, enquanto pintava as unhas dela. Ela era a unica que parecia não tar interessada no assunto, quer dizer, ela tava, só que pelo que eu conheço ela (e muito bem), ela tá se fazendo de desinteressada, mas é só as garotas irem embora, que ela vai ficar toda animadinha querendo saber.

– Eu não vou ficar atrás da garota, só pra ela me falar uma coisa que eu sinceramente não tou interessada. – ela respondeu seca, fazendo Sarah revirar os olhos mais uma vez.

– Pelo menos, você podia ajudar a gente. – Sarah disse suspirando.

– Eu já falei que não aconteceu nada de errado comigo, e ponto final sobre essa historia. – falei me jogando de costas na cama e fechando os olhos.

Sarah, Megan e Olivia resmungaram qualquer coisa, e sairam do quarto.

– Pode ir, desembucha. – ouvi uma Kath falar enquanto se jogava em cima da minha cama.

– Pensei que você não tava interessada. – falei sorrindo de lado, fazendo ela me bater com a almofada.

– Você me conhece garota. – ela falou rindo.

Levantei da cama, ficando sentada, me preparando pra dar ela essa bomba. Eu posso esconder isso da Sarah, Megan e Olivia, mas da Kath, é tipo IMPOSSIVEL, porque de um jeito ou de outro, ela vai acabar descobrindo o que aconteceu, e só vai ser pior pra mim.

– Vai logo garota, que eu tenho coisas pra fazer. – ela falou olhando pros lados. – Se você não me contar, já sabe neh? – ela falou toda maldosa.

– Calma aí garota! – falei encarando ela. – Vamo com calma tá? Eu vou contar, só me dê um minuto. – falei caindo sobre a cama outra vez, e fechando os olhos, tentando arrumar coragem pra falar.

Eu sei que posso não falar, que eu não sou obrigada, mas eu TENHO que contar pra ela, porque senão, ela vai pegar nos meus doces, e vai jogar todos eles no lixo, e olha que ela não só ameaça, ela age mesmo, e é por isso, que eu já fiquei quase uma semana sem comer doce, porque ela jogou tudo no lixo, e eu tava sem dinheiro pra comprar (Eu, viciada em doces? Magina).

– Vai logo garotaaaaaaaa, que eu não tenho todo o tempo do mundo. – ela falou.

– Tá bom, eu vou contar. – falei abrindo os olhos. – E-ele... me b-beijou... – falei quase trocando as palavras todas.
– Ele quem? – perguntou Kath confusa.

– O senhor Gru do *Despicable Me*. – falei fazendo ela soltar uma gargalhada. – O Zayn sua idiota. – retorqui.

– FINALMENTEEEE MEU PAIIII!! – ela falou (lê-se: gritou) fazendo eu levantar da cama e tapar a boca dela com a mão. – Mle... sroltaa... – ela falou com dificuldade, enquanto a gente lutava.

– Só se você prometer não gritar. – falei olhando nos olhos dela, que transmitiam malicia (só essa garota mesmo).

– Hahamm... – ela respondeu balançando a cabeça afirmamente.

Afastei as minhas mãos lentamente da boca dela, deixando um sorriso de orelha a orelha reinar no seu rosto.

– QUERO DETALHES GAROTA! – ela falou como se fosse a coisa mais linda do mundo, que eu tenho que contar tchim tchim, por tchim tchim.

– Que detalhes que nada. – falei caindo de costas na cama. – Ele me beijou e ponto final.

– Só isso? – ela perguntou levantando a sobrancelha. – E você retribuiu?

– A-acho... que s-sim. – respondi guaguejando fazendo ela dar pulinhos de alegria. Eu sabia que eu ia me arrepender disso.

– Owww, minha garota tá APAIXONADA. – Kath falou fazendo enfase no apaixonada.

– Quem tá apaixonada? – Louis perguntou entrando no quarto.

Levantei rapidamente da cama e arregalei os olhos. Pronto, fudeu agora.

Encarei Kath rapidamente e falei com os olhos (NOSSA, como isso é possivel Angel? Me explica que eu quero aprender tambem) pra ela não abrir o bico, mas é claro que a louca não me deu ouvidos (como sempre).

– Pergunta pra tua irmã. – ela falou com malicia nos olhos e saiu do quarto.

EU MATO ESSA GAROTA! EU JURO QUE MATO ELA!

– O que aconteceu aqui? – Louis perguntou confuso, enquanto aproximava de mim.

– Essa maluca da Kath inventando coisas. – falei tentando parecer o mais normal possivel, mas claro que não consegui neh?! Essa IDITOA aqui consegue mentir pra todo mundo, menos pra Kath e pro irmão dela.

– Você vai me contar, ou vou ter que apelar pela tecnica da Kath? – Louis perguntou levantando uma sobrancelha.

– O que tá acontecendo com vocês os dois hoje? Tão tentando apelar só pros meus docinhos. – falei me sentindo ofendida, fazendo Louis rir. – Tá bom, eu falo, mas você tem que me prometer que não vai contar pra ninguem, nem mesmo pra Olivia, que é tua melhor amiga. – falei apontando o dedo pra Louis.

– Tudo bem, mas por falar na Olivia, depois preciso falar com você, sobre uma coisa que aconteceu... – ele falou mudando seu tom de voz.

– O que aconteceu com vocês? – perguntei um pouco preocupada, mas tentando tambem mudar de assunto.

– Nem pense nisso senhora. – ele falou balançando a cabeça negativamente. – A gente vai falar de você primeiro, depois de mim. – ele falou sorrindo me fazendo roer por dentro.

– Tá bom. – falei enquanto sentava na cama. – É só um lance aí que aconteceu hoje de manhã, com Zayn... e eu.

– Hmmm, por isso que ele tava todo estranho lá embaixo. – ele falou pensativo. – Mas então, o que tá pegando?

– Ele me beijou. – falei firme e forte. – E eu retribui o beijo. – falei o encarando, enquanto sua expressão facial mudava consoante minhas palavras. – E por mais que eu odeie ele, eu gostei do beijo, mas atenção, eu gostei DO BEIJO e não DELE. – falei fazendo enfase nas ultimas palavras.

Louis primeiro pareceu assustado, mas logo depois começou a rir.

– Eu já sabia. – ele falou gargalhando mais ainda depois de minha cara.

– COMO ASSIM VOCE JÁ SABIA? E ME FEZ CONTAR ISSO PRA VOCE, SABENDO QUE ME IRIA CUSTAR E MUITO? – perguntei quase voando no pescoço dele, que ria cada vez mais.

– A gente acabou por descobrir isso, através do próprio Zayn, que não se conteve com o meu ataque de cócegas. – ele falou todo orgulhoso me fazendo revirar os olhos. – Então a senhora gostouuuu neh? Sua danadinha, tá toda maluquinha pelo cara. – ele falou subindo e descendo as sobrancelhas.

– CLARO QUE NÃO. – gritei no Louis que ficou sério.

De todos os sentimentos que eu poderia ter pelo Zayn, gostar não era um deles.

Eu podia ter gostado do beijo, mas só do beijo em si, não da pessoa.

– Como não?! – Louis falou. – Ele te beijou, você correspondeu, você gostou do beijo, e tá dizendo que não gosta dele? Pelo amor de deus Angel, você sabe que consegue mentir pra todo mundo, menos pra mim neh? Você sabe que gosta dele, só que ainda tá lá no fundo sabe? – ele disse deitando na cama todo relaxado.

– Eu NÃO gosto dele. – falei fazendo ele revirar os olhos. – Eu acho que POSSO sentir, não sei, uma atraçãozinha por ele. Mas só porque ele é lindo, gostoso, meio bad boy, canta bem... carinhoso... simpático quando quer... – falei enquanto numerava algumas coisas sobre o Zayn, não me dando conta que tinha viajado. Cocei a garganta encarando Louis que sorria pra mim. – E SÓ. – finalizei fazendo ele rir. – Mas agora chega dessa conversa. – falei me ajeitando na cama.

Ele riu e me encarou.

– Tá bom, agora pega o suco que eu trouxe pra você. – ele falou apontando pra escrivaninha, onde havia um copo com suco de uva (aparentemente).

Peguei no suco e me joguei no sofá, pronta pra ouvir o Louis.

– Tá bom dessa conversa neh? Agora vamo falar de você, e da Olivia. – falei sorrindo, mas logo fiquei séria quando vi a expressão de Louis mudar.

Louis suspirou fundo e encarou o chão.

– E-eu beijei a O-olivia. – Louis falou um pouco sério.

Eu engasguei com o suco que eu havia acabado de beber, e fiquei encarando Louis com a boca aberta.

– Quando?! Onde?! Como?! Porquê?! – o bombardeei de perguntas, fazendo ele sorrir de lado.

– Foi ontem, de madrugada, aqui em casa mesmo. – ele falou me encarando. – Eu fui ajudar ela pegar uma coisa que caiu no chão, e eu acabei não resistindo... e acabei por beijar ela.

Eu ainda tava surpresa com essa história toda. O que me deixou mais preocupada, foi o facto de saber, pelo menos pelo que Louis que falou, que foi uma coisa do momento, e como eu SEI que a Olivia GOSTA dele, seria muita covardia dele beijar ela, e ficar por isso mesmo.

– Louis, você já falou com ela depois desse beijo, que não seja ontem? – perguntei e Louis negou. – Então a unica coisa que eu vou falar pra você agora, é que você deve ir falar com ela agora mesmo, porque acho tem certas coisas que você ainda não sabe, e que depois pode ser tarde demais.


Olivia’s POV

– Eu não acredito que você fez isso. – Sarah falou mais uma vez de boca aberta.

Eu não tava prestando muita atenção no que elas tavam falando, só sei que era sobre uma coisa que Megan tinha feito e que Sarah acha errado, sei lá.

Eu só conseguia pensar no acontecimento de ontem. Do beijo... de Louis e eu. Foi do tipo, tão inesperado, mas tão agradável e perfeito.

Tudo parecia um sonho, até...


Flash Back – ON

Eu não tava me sentindo muito bem. Minha cabeça tava latejando de dor, talvez pela vodka que eu havia bebido com Kath. Sabe gente, eu nunca fui dessas de beber, só costumo beber uma ou duas bebidas numa noite, e olhe lá, mas hoje, eu havia bebido um pouquinho a mais com a Kath, mas só ela se embebedou, porque bebeu outras coisas com o desgraçado do Harry.

Levantei da cama, e fui na direção da porta, pra ver se por acaso, eu encontrava algum remédio pra dor de cabeça na cozinha. Quando eu desci, dei de caras com um Louis, apenas de calção, sentado no balcão bebendo água (só tava faltando o águão pra fazer a rima kkkkkk, cadê a saidaaa???)

– Tá com insonia tambem? – perguntou assim que me viu.

Sorri assentindo com a cabeça e caminhei até a geladeira, pra pegar um pouco de água, só que duma maneira SUPER mágica, a jarra escorregou da minha mão, e caiu no chão, deixando o chão cheio de água e cacos de vidro.

– Putzzz!! – falei quando a jarra caiu, fazendo Louis me encarar.

– Deixa que eu te ajudo. – ele falou levantando e caminhando até mim.

Ele me ajudou a pegar os cacos de vidros que tavam espalhados pelo chão, até que as nossas mãos se encontraram, fazendo a gente se encarar.

Louis começou a aproximar de mim, e eu fiquei ali, paralisada, apenas encarando aquela boca, vermelha, e aqueles olhos azuis. Ele aproximava sua cabeça cada vez mais da minha, e eu só me dei conta que tava fazendo o mesmo quando a gente ficou bem próximo.

Eu comecei a suar pelas mãos e ficava cada vez mais nervosa. Eu sabia o motivo daquilo, mas com certeza dessa vez, a vodka teve a sua culpa.

Louis sorriu pra mim e num piscar de olhos, ele me beijou. Eu não sabia o que havia dado nele, em mim sim (a vodka claro), mas nele não. Aquilo foi inesperado, mas mesmo assim foi perfeito.

Louis pressionou uma ultima vez os seus lábios contra os meus e interrompeu o beijo. Eu olhei pra ele desesperada, tentando entender o que havia dado nele, enquanto me afastava com a mão que eu mantinha colada sobre seu peito.

– D-desculpa. – Louis falou todo nervoso.
– D-desculpas? – perguntei baixo.
– N-não foi minha intenção. – ele disse sério.
– O que quer dizer com isso? – perguntei confusa.
– F-foi coisa do momento. – ele falou. – N-não vai acontecer de novo.
Arregalei os olhos, tentando entender, sinceramente, o que tava se passando com ele. Levantei do chão séria e dei as costas pra ele. Caminhei até as escadas e parei, voltando a cara pra ele.

– Coisa do momento? – perguntei pra ter a certeza.
– S-simm. N-não significou nada. – ele disse firme.
Lágrimas de raiva e de tristeza, começaram a surgir nos meus olhos.

– Você é um idiota Louis Tomlinson. – disse por fim e subi as escadas correndo.

Flash Back – OFF


Me lembrar daquele episódio, só me fazia ficar mais triste e com raiva do Louis.

Tentei me focar na conversa das garotas, pra ver se de alguma maneira, aquilo fazia a dor desaparecer um pouco.

– Alguém ouve você falar assim, até pensa que eu tava fumando maconha. – Megan falou revirando os olhos fazendo Kath rir.

– Mas “Bungee Jumping” é quase a mesma coisa. – Sarah falou séria fazendo a gente ficar confusa. – Você tá tentando se matar da mesma forma. – ela finalizou fazendo Megan rir alto.

– Relaxa garota, é muito legal. Tu não sabe o que tá perdendo, isso sim. – Kath falou encarando Sarah que arregalou os olhos.

– Até você fez isso? – Sarah perguntou. – Quê isso meu pai, tão tentando se matar de grupo. – ela falou causando uma gargalhada no quarto.

Senti a porta do quarto fazer um barulho, e presumi que fosse alguém batendo.

– Pode entrar. – falei me ajeitando na cama.

– E-eh, oii. – um ser falou entrando no quarto.

– Oi Louis. – Megan, Sarah e Kath falaram em coro.

– Galera, vocês podiam me dar um minutinho com a Olivia?! – ele perguntou sério fazendo as garotas se entreolharem.

NÃO, FALEM QUE NÃO SUAS DESGRAÇADAS!

– Claro. – Kath respondeu toda risonha, achando que fez a maior boa ação do mundo. Sua morte vai chegar dona Kath, mais cedo do que você imagina...

– Eu não tenho nada pra falar com você. – falei, levantando da cama depois que todo mundo saiu do quarto, indo na direção do banheiro.

– Olivia espera. – Louis falou segurando no meu braço.

– Louis me solta. – falei encarando ele.

– Calma Olivia, só quero falar com você. – ele falou soltando meu braço. – O que tá pegando com você?! Você nunca foi desse jeito, de me tratar assim. Tá parecendo a Angel.

– Tem certeza que você não sabe o que tá “pegando” comigo? – perguntei fazendo aspas no pegando.

– Se eu soubesse, eu não teria perguntado. – ele falou.

– O acontecimento de ontem. – falei cruzando os braços e encarando o chão.

– O beijo? Aquela coisinha de nada? – ele falou como se não tivesse qualquer importancia nele ter despedaçado meu coração no meio.

– Coisinha de nada? COISINHA DE NADA? – falei quase gritando nele, que parecia não entender nada. – Você fala isso, e depois quer saber o que tá pegando?

– Olivia, eu sinceramente não tou te entendendo. – ele falou franzindo a testa. – Aquele beijo foi um acto inofensivo, e que se bem me lembro, pedi desculpa e tudo mais. – ele disse me encarando.

– Exactamente por causa disso... – falei já cansada.

– Eu tou perdido! – ele falou sentando na cama.

– Eu não queria que você pedisse desculpas. Eu não queria que você ficasse arrependido em ter me beijado. – falei um pouco baixo, mas foi o suficiente pra ele ouvir.

– E porque não? – ele perguntou como se fosse a coisa mais normal do mundo.

– Jura que você não sabe? – perguntei séria o encarando. Ele deu de ombros, o que me fez ficar mais irritada. – Porqueeugostodevocê. – falei rápido, engolindo em seco.

– Podia falar mais rápido, assim eu entenderia melhor. – ele falou fazendo gracinha.

– PORQUE EU GOSTO DE VOCÊ CARALHO! – falei furiosa, enquanto encarava o chão.

– C-como assim... você gosta de mim? – Louis perguntou assustado.

– Sério que você nunca percebeu? – perguntei o encarando e ele negou com a cabeça. – Louis eu acho que TODO MUNDO nesse lugar já percebeu que eu desde sempre senti algo por você, só você mesmo pra não ver isso. – falei fazendo enfase no todo mundo. – Tá parecendo o Zayn.

Louis sorriu pro chão e me encarou.

– A gente, tá parecendo o casal do ano: Zayn e Angel. – ele falou me fazendo rir. – Mas eu tou falando sério Olivia, eu nunca me toquei que você sente algo por mim. Sempre vi você como minha amiga, e mais nada além disso. – ele falou como se fosse super normal aquilo, só que pra mim, foi a gota d’agua.

– Isso porque você não se importa. – falei dando costas pra ele e indo na direção da porta do quarto.

Segurei na maçaneta da porta, e antes que eu pudesse abri-la, Louis segurou no meu ombro e me empurrou na parede com brutalidade, mas mesmo assim não me machucando.

Ele me encarou por uns segundos e capturou meus lábios rapidamente. Aquilo parecia outra vez, o mesmo sonho que ontem, só que parecia mais real... mais apaixonante...

Louis parou de me beijar, depositando em mim um selinho longo, e me encarou.

– Eu sempre me importei com você, e sempre vou me importar, porque além de tu ser minha melhor amiga, tu é a pessoa que eu AMO. – ele falou fazendo enfase no amo.

– Louis por favor, eu tou cansada de ser, a melhor amiga de Louis Tomlinson, não que isso não seja bom ou importante, mas só que eu não tou aguentando mais me conter com os meus sentimentos por você e... – tentei falar, mas fui interrompida por um selinho longo de Louis.

– Alguém já falou pra você, que tu fala demais? – ele perguntou sorrindo e eu assenti risonha. – De tudo que eu falei, tu só pegou *minha melhor amiga*, e nem se deu conta, que eu acabei de me declarar pra você. – ele falou e só depois me toquei do que ele tinha falado, e meu coração começou a bater cada vez mais rápido.

– T-tu me ama? – perguntei confusa o encarando.

– Eu... – me deu um selinho. – te... – me deu outro selinho. – AMOOOO!! – ele gritou e me deu outro selinho mais longo.

– N-nem acredito que isso tá acontecendo. – falei quase perdendo as palavras, sem saber se ria, chorava, gritava...

– Agora que a gente se resolveu, a senhora podia deixar de falar muita coisa, e me dar apenas uma resposta? – ele disse e eu franzi a testa. – Vai encarar namorar com o famoso Louis Tomlinson, o super gostosão e gato da banda One Direction? Sim ou não? – perguntou todo metido me fazendo rir.

– Claro que sim seu tosco. – falei sorrindo e o beijei.


Zayn’s POV

– Olha, olha, se não é o Mrs. Forever Alone. – Liam falou descendo as escadas e caminhando na minha direção.

Todo mundo tinha subido, e só eu, que fiquei na sala vendo TV. Não tava passando nada de interessante, só tava querendo ficar um pouco sozinho mesmo, pra organizar as ideias.

– Ha ha ha! – falei sem animo. – Liam, se tu tiver alguma coisa pra me falar, é melhor falar logo que eu tou ocupado. – falei encarando o chão.

– Ocupado? Fazendo o quê? – perguntou levantando uma das sobrancelhas.

– Pensando. – falei seco.

– E você faz isso? – ele perguntou.

– Isso o quê? – perguntei o encarando.

– Pensar. – ele falou e depois riu da própria piadinha sem graça. – Ok, agora falando sério cara, eu tou um pouco preocupado com você, e tou meio que achando que tem a ver com a Angel.

– Essa história da Angel, de novo? – falei já querendo levantar do sofá, mas fui impedido pelo Liam.

– Calma garoto, só quero te fazer uma pergunta. – ele disse quando voltei a sentar. – Tu gosta ou não da Angel?

Achei meio estranho ele ter me perguntado se tou gostando da Angel ou não. Eu já tava acostumado com os garotos falando que eu GOSTAVA DELA, em vez de perguntarem isso pra mim.

Eu confesso que se ele tivesse me perguntado isso antes, bem antes, eu com certeza responderia que NÃO, mas agora... depois do beijo... depois das coisas que eu senti, ou pensei que senti... só deixaram minha cabecinha mais confusa. Porque eu a beijei? E porque depois do escandalozinho dela, fiquei duma certa forma... magoado?

– Não? – falei levantando uma sobrancelha.

– Tá perguntando ou respondendo? – Liam perguntou.

Fiquei pensando numa boa resposta pra dar pra ele, pra ver se ele pára de me encher o saco sobre essa história, só que a verdade, era a unica coisa que podia me ajudar no momento, e confesso que eu tava precisando de uns conselhos, e Liam, depois do Louis, é o melhor a dá-los, tirando o facto dele nem sempre seguir seus próprios conselhos.

– Cara eu vou te falar a verdade, por que a coisa... tá dificil. – falei me ajeitando no sofá e encarando Liam. – Se você tivesse me feito essa pergunta ontem, eu com certeza ia responder que não, mas hoje... depois do acontecimento... num sei não cara. – respondi sério encarando o chão.

– Que acontecimento? – Liam perguntou confuso.

Putz, verdadeeee!!! Esqueci que quando contei pros cara, Liam tava no banheiro.

– Verdade, esqueci de falar pra você. – falei o encarando – Hoje quando a gente saiu, pra comprar o almoço......... eu beijei ela. – falei encarando Liam que ficou de boca aberta.

Ela ficou sem reação por uns segundos, até que ele deu um pulo do sofá.

– ALELUIAAAAAAAAAAAAAA! – ele gritou fazendo o maior barulho pela casa toda. – Parabéns garoto, finalmente tu conseguiu mano. – ele falou me abraçando.

Minha reação tava uma salada mista. Era alegria com tristesa, arrependimento com surpresa. Sinceramente, eu não esperava essa reação dele. Confesso tambem, que fiquei até com medo do coitado. Sim, MEDO, porque Liam fica super assustador quando fica super animado. Ele fica todo alegrinho pulando e gritando pela casa que nem um cordeirinho. Ás vezes ele até parece com o Niall, quando ele encontra alguma comida no seu quarto, que ele nunca pensou que ainda existisse.

– Dá pra gritar mais alto, que eu não ouvi bem, esse seu entusiasmo? – falei encarando Liam, que ainda tava todo empolgado dando pulinhos de alegria pela casa.

– MEUUUUUUUUUUUU DEUUUUUUUUSSSSSSSSS! – ele gritou mais alto ainda. Seu FDP, cala a boca caralhoooooooo!!! – EU NÃO POSSOOOOOOOOOOO!

Revirei os olhos e me joguei no sofá, rezando que por um milagre, a população da casa não tenha ouvido essa euforia toda do Liam.

– Mas aí cara, me conta tudinhoooo! – Liam falou que nem uma garotinha de 13 anos, querendo saber fofocas da amiga. Sim, Liam tem dessas tendencias. – Quando foi, onde, como, o porquê do beijo, e o mais importante, qual foi a reação dela? – Liam perguntou cada vez mais animado enquanto sentava no sofá.

– Ela me rejeitou. – falei sério.

Liam ergueu uma sobrancelha, como se não tivesse acreditado numa palavra que saiu da minha boca.

– Conta outra cara. – ele falou sorrindo de lado.

– Eu tou falando sério cara. – falei franzindo a testa. – Eu beijei ela, ela retribuiu, e depois disse pra eu nunca mais beijar ela. – falei e encarei o chão.

Eu não gostava muito de lembrar desse episódio, porque cada vez me deixava mais triste.

– Como assim?! A Angel tá maluca é? – Liam falou levantando do sofá. – Deve ter acontecido alguma coisa antes, que fez ela agir assim.

– Não aconteceu nada Liam. – falei encarando Liam. – Ela não gostou do beijo e ponto final. – falei levantando e indo na direção da cozinha.

– Só porque ela falou isso, não quer dizer que ela não tenha gostado. – Liam falou, como se soubesse de algo que eu não sei. – Uma pergunta Zayn, você disse que ela retribuiu o beijo neh? – ele perguntou levantando do sofá tambem e caminhando até mim.

– Sim, por incrivel que pareça, ela retribuiu. – falei e depois dei um gole na minha água.

– Bom, pelo que eu conheço a Angel, ela nunca ia retribuir um beijo, se ela não gostasse da pessoa que a beijou. – Liam filosofou sorrindo de canto. – Pense nisso. – ele falou dando uma palmadinha no meu ombro, e caminhando na direção das escadas.

O que ele queria dizer com isso? “Pelo que eu conheço a Angel, ela nunca ia retribuir um beijo, se ela não gostasse da pessoa”???!!! Sinceramente o Liam tá maluco, porque pelo que EU conheço ela, ela nunca gostou de mim, e acho que nunca vai gostar, o que é uma pena, porque eu... GOSTO DELA.



Notas finais do capítulo

E aí?! Gostaram?! Mereço reviews?! E quem sera minha leitora de hoje, pra deixar uma recomendação?!
Eu tava aqui pensando, que eu nunca falei com todas vocês assim, falo mais com as que me seguem no twitter (@Vanessa_R_1D), e tava pensando que em todos os capitulos, eu podia fazer uma perguntinha nas notas finais, pra conhecer um pouco sobre vocês, e o que acham da minha fic.
Escrevem nos reviews, o que acham dessa ideia :)
PERGUNTA DE HOJE:
- O teu casal favorito, e porquê! (algo me diz, que a maioria vai escolher o casal problema kkkk)
XO ♥♥♥ Love Vocês ♥♥♥