Foto de Apolinne
Apolinne nível 1
ID: 717703
Cadastro:
  • 25/01/2017

  • Sou forte. Meio doce e meio ácida. Em alguns dias acho que sou fraca. E boba. Preciso de um lugar onde enfiar a cara pra esconder as lágrimas. Aí penso que não sou tão forte assim e começo a olhar pra mim. Sou forte sim, mas também choro. Sou gente. Sou humana. Sou manhosa. Sou assim. Quero que meus erros não me impeçam de continuar olhando para a frente. E quero continuar errando, pois jamais serei perfeita (ainda bem!). Tampouco quero ser comum e normal. Quero ser simplesmente eu. Quero rir, sorrir e chorar. Sentir friozinho na barriga, no peito, tremedeira nas pernas. Sentir que as coisas funcionam e que tenho que trocar de jeito quando insisto em algo que não dá resultado. Quero aprender e, ainda assim, continuar criança. Ficar no sol e sentir o vendo gelado no nariz. Quero sentir o cheiro de grama cortada e café passado. Cheiro de chuva, de flor, cheiro de vida. Aprecio coisas simples e quero continuar descomplicando o que parece complicado. Se der pra resolver, vamos lá! Se não dá, deixa pra lá. A vida não é complicada e nem difícil, tudo depende de como a gente encara e se impõe. Quero ser eu, com minha cara azeda e absurdamente açucarada. Não quero saber tudo e nem ser racional. Quero continuar mantendo o meu cérebro no lugar onde ele se encontra: meu coração. E essa é a melhor parte de mim.

    twitter: @apolinnepomposa

    Cicatrizes também está sendo postado no Wattpad e no Social Spirit

    ~*~*~*~

    As postagens de Cicatrizes sempre demoram e isso vocês já estou mais do que acostumados. Contudo, quero que fique claro que não estou abandonando a fiction. Eu posto quando dá e se o capítulo está bom. Não é uma negligência nem falta de comprometimento. Isso sou eu, autora, sendo uma escritora de fases e que precisa tomar decisões sérias em torno do enredo. 

    Cicatrizes não é uma história simples e é preciso de tempo e paciência para preencher todas as lacunas. Eu também não sou o tipo de escritora que escreve mil capítulos antes de postar. Não dá. Não consigo. Cada capitulo meu por si só gira em torno de 3.000 a 8.000 palavras que pra mim já é enorme. Dependendo do capítulo e do personagem que estou escrevendo demoro pelo menos uma semana ou até um mês pra finalizá-lo. 

    E não é a preguiça não. É que ás vezes simplesmente as palavras não saem como quero. Sei que pode ser injusto com vocês, mas peço que tenham paciência comigo. Eu posto para vocês e sou feliz com isso, mas não posso deixar de dizer que escrevo para mim em primeiro lugar.

    Espero que esteja tudo esclarecido.

    Apolinne Fontaine.

    04/12/2017 ás 14:38