Foto de Lizzy
Lizzy
ID: 528652
Cadastro:
  • 17/10/2014

  • Oi, Stalker. Tudo bem? Você não está atrasado (a) para alguma convenção de idiotas? 

    Dorameira.

    A Cidade Apenas Onde Eu Não Existo, 2017. 

    Libriana com Asc em Sagitário. 

    Eu odeio Matemática e Ed. Física. Sou muito mais Português, Artes e Biblioteca. 

    Livros de Romance, Mistério, Ficção, Fantasia. Agendas novas para escrever meus pensamentos e novas idéias para Fanfic. Canetas finas e escuras.

    Séries aos Domingos. 

    Tenho Humor Negro com bastante freqüência.

    Sherlock.

    Chá/Leite/Café. 

    Chocolate amargo. 

    Suco de Goiaba. 

    Antissocial. 

    Hey. 

    Eu não me considero uma pessoa social. Na verdade, todas às vezes que minha prima me chama para ir à alguma festa e encher a cara como se o mundo fosse acabar amanhã apenas para vomitar minhas tripas, eu rejeito rudemente. Também não tenho amigos e sempre quando me apresentam alguém eu não posso deixar de comprimentá-los, com palavras carregadas de ironia e de mau humor, mostrando todo o meu desprazer.

    O meu ciclo de amizade está mais para ciclo família, onde apenas minha irmã e meu pai são inseridos.

    Tenho uma amiga virtual, apesar de não acreditar muito nessas 'amizade'. Compartilhamos muitas coisas e segredos e é ela à quem eu recorro quando preciso de alguns conselhos, já que sou meio indecisa por causa do meu signo: Libra. E porque eu adoro gente de Touro: simples, humilde, sincera e só pensa em comida, assim como eu. Talvez por isso ela é minha Mior (apelidinho que ela inventou). 

    Sim, eu acredito fielmente nessas coisas de Astrologia. Acho que sou uma das poucas pessoas que não julga antes de conhecer só por causa da religião. 

    Eu não gosto de Funk, não importa o quanto eu ouça ou quanto o toque for bom. Não gosto de jeito nenhum. Pra mim, música de verdade é aquelas com letras e conteúdo. Estou repudiando Meu Pau Te Ama. 

    Meu tributo é Play Tauz, Racionais, e nos dias que eu estou meio 'o céu é tão cinza' Simple Plan. 

    Eu tenho uma paixonite por músicas tristes, filmes de amor impossível, séries e livros de Drama. Os amores platônicos me derrubam. 

    Acho que eu gosto de sofrer, sei lá. A tristeza sempre foi muito mais verdadeira para mim do que muitos sentimentos como esse tal amor. 

    Ás vezes acho que sou masoquista. 

    Até uns anos atrás, eu era apaixonada por novelas mexicanas, malhação e filmes americanos, resumindo a coisa toda: eu era uma garota normal. Mas as séries, livros, slash, animes e mangás ganharam meu coração. 

    Estou viciada neles. 

    Mas encantada, eu estou mesmo é por Drarry. Vamos ser honesta porque honestidade é bom: eu não gostava de Slash. Não vou mentir. Não via graça em ler Fanfics onde homens se pegavam, MAS, ao ver uma imagem na web de um Sonserino gostoso o-mundo-é-meu junto com um Grifinório de-profundos-olhos-verdes-e-não-gosto-de-injustiça-por-isso-só-faço-o-certo, devo dizer que meu julgamento mudou completamente. Desde este dia, passei a procurar fics deles e descobri o famoso Drarry e como o Slash pode ser romântico ao mesmo tempo quente.   

    Falando em Drarry, desde que comecei a ler Harry Potter, talvez pela centésima vez, o meu personagem favorito sempre foi o Severus Snape. Eu me diverti horrores quando ele agia como o Morcegão Mal e tirava pontos da Grifinória (sou Slytherin, obrigada). Procurei desesperadamente mais sobre a vida dele, família, Era Maroto (fiquei horrorizada com as memórias de bullyng do Snape - apesar dele está fazendo a mesma coisa com o Harry) e Lily Evans (meu pai acha que ele é o pai do Harry, por Salazar). Nessa procura, li pela primeira vez uma Fanfic de opressor e oprimido (James e Sev) e me viciei loucamente. 

    Eles se tornaram meu segundo casal Yaoi. Seguidamente de Snack. Sim, Sirius e Snape conseguiu roubar meu coração ou pouco de sanidade que eu já tinha. 

     "Eu não me importo que você sofra. Eu não me importo que você chore. Contanto que você me ame..." — Sakura H. 

    Sou NaruSaku. Tive grandes esperanças que ela visse quem é que estava lá por ela esse tempo todo e realmente a amou. Felizmente, Kishimoto desistiu deles e tentou NaruHina (onde só existia o nada, porque desde o Naruto Clássico, a Sakura sempre esteve do lado dele enquanto a Hinata ficava envergonhada. Esta é a grande diferença entre as duas: a Sakura sempre deixou claro seus sentimentos pelo Sasuke e lutou bastante para conquistá-lo. Já a Hinata sempre teve essa vergonha de ficar perto do Naruto ou estão auto-estima baixa..) Eu fiquei realmente triste. Eu vi alí tanta cumplicidade, tanto carinho, amizade...Apesar de tudo, sou NaruSaku. Porque o amor que ele tinha por ela foi realmente real e eu não vou esquecer

    Eu odeio emprestar minhas coisas, porque sou egoísta e porque sei que ninguém tem o mesmo cuidado com as coisas dos outros como tem com às suas. 

    Sou muito orgulhosa, então se eu pedir algo, é porque eu realmente preciso. 

    De acordo com Pottermore, sou Slytherin. O que não me surpreende. Sempre foi muito arrogante, cautelosa, egoísta e manipuladora — talvez por isso eu me identifique com Severus Snape e Draco Malfoy. Para meu total desgoto, minha irmã é Grifinória — estou me sentindo Regulo Black, rs — e só faz coisas Gryffindorescas. Pelo menos sabemos a razão de tanta briga. 

     

     No caso de dúvidas, me mande uma mensagem. XD.



    marya Uchiha mudou seu nome para Sakky Uchiha17/11/2014
    Sakky Uchiha mudou seu nome para Angel Demonic10/02/2015
    Angel Demonic mudou seu nome para Akyna Angela28/08/2015
    Akyna Angela mudou seu nome para Kuga Yuma09/11/2015
    Kuga Yuma mudou seu nome para Lizzy05/02/2016