Foto de Babi Lemos
Babi Lemos nível 1
ID: 37971
Cadastro:
  • 23/02/2010

  • Eu tenho essa mania estranha de escrever tudo o que penso no primeiro lugar que encontro. Gosto de canetas coloridas, folhas de fichário ou caderno, adoro cadernos. Gosto de dias chuvosos e o cheiro de terra molhada. Não gosto de multidões e elevadores me deixam meio que em pânico. O silêncio me machuca e eu sempre acho que tem algo errado quando tudo está silencioso demais. Gosto de cor-de-rosa e de caveiras. Adoro o som de guitarra e sonho em um dia tocar piano. Queria ter olhos azuis. Queria ser ruiva natural. Tenho preguiça de quase tudo, de quase todos. Acho que todo mundo merece e deve ser amado e essa história de que o amor foi banalizado, é pura balela. Acredito no amor entre as pessoas em geral. Acho que quando nada é errado quando nos faz feliz, a menos é claro que nos machuque ou machuque algo ou alguém ao nosso redor. Tenho a fé mais estranha que as pessoas já conheceram. Tudo pra mim é obra de Deus. Não vou à igreja. Nunca li a bíblia por inteiro. Sonho em um dia ter uma biblioteca com todos os tipos de livros. Já disse que amo ler? Fico depressiva quando um livro com uma história bonita acaba. Gosto de filmes também, aqueles água com açúcar e com um enredo tão clichê, que você já conhece o inicio, meio e fim sem nem ao menos ter assistido. Gosto de finais felizes. Gosto de pessoas que me fazem sorrir. Adoro sorrisos, olhos e bocas. Faço caretas no espelho do banheiro antes de tomar banho. Sou muito criança para minha idade. Tenho umas manias esquisitas e a pior é pegar mania dos outros. Queria poder viajar o mundo todo. Queria morar em Londres e ter um apartamento em Paris, de frente pra torre Eiffel, só para passar as férias. Queria ganhar na loteria e abrir um abrigo de animais. Queria fazer a diferença na vida de alguém. Queria ser a vida de alguém. Mudo de assunto tão rápido quando falo. Falo demais. Escrevo mais ainda. Passo horas criando diálogos na minha cabeça, nem sempre todos bons. Tenho sempre uma resposta na ponta da língua, mas nunca respondo porque não quero magoar ninguém, mesmo que esteja sendo magoada naquele momento. Às vezes acho que sinto demais. Às vezes acho que sinto de menos. Tenho saudades de tudo o que vivi e não me arrependo de nada do que fiz. Tá, me arrependo de uma coisa sim, mas isso não vem ao caso. Já fiz muita besteira, mas já deixei de fazer bem mais. Sou o bom e o mau exemplo. Sou tanta contradição e tanta coisa sem sentido, que tentar me descrever me enlouquece. Odeio biografias.



    Babis_Bizarre mudou seu nome para Babi Lemos15/07/2012