Foto de BadWolf
BadWolf nível 1
ID: 345082
Cadastro:
  • 19/07/2013

  • Escritora amadora, especialista em Sherlock Holmes canônico. Atualmente também rendida por Assassin's Creed, mas Holmes ainda está no topo.


    Escrevo sobre Holmes porque:

    1) ele me fez gostar de romances policiais;

    2) Porque ele é domínio público e não corro o risco de ser processada por isso. Acho difícil que a família Doyle fique furiosa com meus rabiscos, e além de quê, eu não devo nada a ninguém.

    Digo "canônico" - no caso os livros do Conan Doyle -, mas acho que cada um tem a sua visão de Holmes, Pode ser musculoso e sedutoramente cínico como o Downey Jr, arrogante e misógeno como o de "Sherlock"ou elegante e irritantemente britânico como o Brett. Até os desenhos do Paget estão valendo. Eu tenho meu preferido, e talvez isso acabe transparecendo durante a história, mas não irei revelar nem sob tortura.

    Jamais pensei que ia escrever uma fanfic baseada em um game, mas a idéia simplesmente foi irresistível demais, especialmente quando virei o AC: Rogue. A franquia tem personagens e uma boa história, tão boas que simplesmente achei que a Saga dos Kenway, ou A Saga das Américas, merecia mais (especialmente um game só do Haytham, nem que fosse uma DLC, whatever)

    Espero valer cada segundo de leitura das minhas fanfics.

    Minhas fanfics:

    Sherlock Holmes - Série "Depois do Hiato"

    Shalom - As Memórias de John Sigerson(concluída)

    Cinco Dias em Sussex (one-shot)

    À Sombra da Justiça(concluída)

    Laços de Sangue e Fúria (concluída)

    A Retribuição (concluída)

    O Grande Inverno da Rússia (em andamento)

     

     

    ASSASSIN'S CREED

    Assassin's Creed: Aftermath (Concluída)


    TWITTER
    @KVilela_





    "Os homens nunca são o que parecem ser. Há sempre fragmentos de nossa existência que são mantidos ocultos, e jamais aparecem em evidência por nosso querer. De fato, eu sou um dos poucos homens agraciados por possuir um verdadeiro amigo, zeloso e leal, e que ainda se importa em relatar meus passos. Mas há coisas que nem mesmo ele pode saber. Minhas fraquezas e valores mais íntimos, por exemplo. Tenho muitos, certamente bem mais do que ele deve pensar que possuo. Mas jamais me senti culpado por ocultá-los – talvez um pouco por permitir seus exageros sobre a minha pessoa, exageros estes que me colocam em má posição agora. Como contar a ele que eu, a “grande máquina de calcular”, impassiva aos sentimentos mais ternos e que preza a racionalidade acima de tudo, sucumbi ao sentimento que sempre desprezei? Tenho, como disse, fraquezas e valores ocultos, mas nenhum deles é mais avassalador do que os que nutro por Esther Katz. Tão avassaladores que podem destruir a amizade mais valiosa de minha vida, a relação que ajudou a me humanizar e ver seres humanos como algo além de meros peões em um tabuleiro. Eu só espero que, um dia, ele me entenda."

    (Dos diários pessoais de Sherlock Holmes)





    "O futuro tem muitos nomes. Para os fracos, é o inalcançável. Para os temerosos, o desconhecido. Para os valentes, é a oportunidade." (Victor Hugo)