Foto de Dri Lioncourt
Dri Lioncourt nível 1
ID: 18232
Cadastro:
  • 12/07/2009

  •  

     

    Dri Lioncourt é uma interrogação até para ela mesma. Parece clichê, mas é verdade u.u Sou fácil de se conviver, embora me irrite mais do que deveria com certas atitudes, sou como uma bomba relógio sem tempo exato para explodir. Egoísta ao extremo e sem a mínima vergonha de admitir isso, meu lema é: primeiro eu, depois os outros e também o típico se eu não pensar em mim, quem vai pensar então? Mas isto não me torna uma pessoa anti-solidária, eu gosto de ajudar, a única diferença é que primeiramente procuro me ajudar.

    Inconstante; mudo de idéia, revejo conceitos, troco de atitude. Tudo em um espaço de tempo considerado pequeno demais para a maioria. Meu orgulho exagerado já me trouxe mais problemas do que eu poderia resolver, mas ele está na lista de coisas que eu simplesmente não consigo mudar.

    Perfeccionista; pequenos detalhes fazem toda a diferença para mim, mas como eu também sou uma preguiçosa de carteirinha, o perfeccionismo fica apenas na mente :P ...esse é um dos motivos para que eu nunca esteja totalmente satisfeita com uma história ou projeto.

    Independente; é uma das coisas que eu mais gosto em mim mesma. Desde criança sempre fui assim, gosto de resolver tudo do meu jeito e no meu tempo. E não adianta querer me fazer mudar de idéia, cabeça-dura também se encaixa na minha personalidade.

    Desligada; pode-se considerar esse desligada em vários sentidos: perco a atenção fácil, costumo me ‘desligar’ das pessoas ao redor e não dou a devida atenção à elas. Já cheguei até a me ‘desligar’ de certos sentimentos...não estou exagerando, eu posso ser bastante insensível.

    Crítica; eu realmente não faço por mal, mas criticar já se tornou uma constante na minha rotina. Às vezes penso se não seria melhor manter a língua bem presa entre os dentes, mas certos comentários tem força maior e precisam ser ditos. Isso não quer dizer que eu também não faça críticas construtivas.

     

    Coisas que você realmente precisa saber sobre mim (caso contrário não estaria lendo meu profile)

    1.Incondicional e irrevogavelmente fã de Twilight (antes da febre da modinha -.-).

    2. Trocaria de bom grado Edward Cullen por Jasper Hale.

    3. Assim como a grande maioria, acha bonitinho falar de si mesma na 3ª pessoa.

    4. Gosta de lobisomens, vampiros, e tudo que envolva uma boa dose de mistério e sobrenatural.

    5. Queria ter um quadro de si mesma, assim como o do Dorian Gray.

     6. Acha Skandar Keynes totalmente apertável :3.

    7. Ama os gêmeos Weasley, acha que deveriam ter um livro só deles.

    8. Torce sempre para os malvados, eles rulam.

    9. Se apaixona por personagens com uma facilidade enorme, mas nunca gostou realmente de alguém de carne e osso.

    10. Pretende fazer faculdade de Artes Cênicas, ama a idéia de viver muitas vidas em apenas uma.

    11. Um rostinho bonito quase sempre engana; ela é legal, mas venenosa :x.

    12. Detesta amarelo, a cor lhe irrita os olhos.

    13. Acha absurda a quantidade de gente adepta ao movimento da chapinha, cabelos cacheados tem mais estilo ;).

    14. Morre de vontade de fazer um cosplay, mas nunca liberam a grana para ela montar o look.

    15. Tem o péssimo hábito de alfinetar os outros com provocações, e agride verbalmente sem dó.

    16. A educação dela depende – e muito – da sua.

    17. Adora yaoi, embora só escreva hétero.

    18. Simpatiza com a Misa, mesmo que 99 por cento da população feminina a odeie.

    19. Se apaixonou ainda mais pelo Johnny Depp depois que viu a atuação dele em 'Sweeney Todd'.

    20. Ama escrever, mas raramente sente-se compelida a isso, sendo assim, é provável que ela nunca cumpra prazos de entrega.

    21. Perde o interesse pelas coisas com a mesma facilidade pela qual se interessou.

    22. Baba litros por Fabrizio Panebarco, vocal e guitarrista da banda Melody Fall.

    23. Heath Ledger deixou saudade, ela ainda se encanta com ele em todos os filmes, principalmente na pele do Coringa.

    24. Atualmente viciada em Aloha from Hell, banda febre na Alemanha.

    25. Suigin Tou é a preferida das Rozen’s e cosplay dos sonhos.

    26. Acha André Vianco o equivalente a um quase Stephen King brasileiro.

    27. Alexander Rybak é um conto de fadas, fato.

     

    "No piscar dos olhos Na velocidade da luz Todo o universo fará os planetas colidirem Devo viajar nos meus pensamentos e escorregar em minhas loucuras? Veja a vilã em mim se tornando um anjo para você."

    ~ Feita de extremos; uma parte de um todo; igual, mas diferente. Individual. A perfeita contradição.

     

    Signo: Áries (Grego), Macaco (Chinês), Sekemet (Egípcio), Punhal (Cigano), Falcão Vermelho (Xamã), Violeta (Flores), Jaguar (Asteca), Carvalho (Druídico).

    Animes: Naruto, Saint Seiya, Death Note, Full Metal Alchemist, Fruits Basket, Elfen Lied, Yu-Gi-Oh, Card Captor Sakura, Inuyasha, Hellsing, Rozen Maiden, Chrno Crusade, Vampire Knight, Rosario + Vampire, D.Gray-Man, Ouran High School Host Club, Claymore, Kuroshitsuji, Hakushaku to Yousei, Chaos;Head, Pandora Hearts.

    Livros: As Crônicas de Nárnia, Harry Potter, Fronteiras do Universo, Artemis Fowl, Torre Negra, Cidade das Feras, Diário da Princesa, Zona Morta, Garoto encontra Garota, Espelho Maldito, Crônicas do Mundo Emerso, Pirâmides, Entrevista com o Vampiro, Brumas de Avalon, A múmia, A rainha dos Condenados, Desventuras em Série, A menina que fez a América, Eragon, O Reino do Dragão de Ouro, Os Miseráveis, Vampiratas (Demônios do Oceano e Maré de Terror), O Plano Perfeito, Avalon High, O Código Da Vinci, O Baile das Lobas, Série Crepúsculo, Os sete, Sétimo, Turno da Noite.

    Bandas/Cantores: Green Day, MCR, 3 Doors Down, AFI, Alexisonfire, Amy Winehouse, Aqua, Blink 182, Bowling for Soup, Coldplay, Evanescence, Fall Out Boy, Good Charlotte, HIM, Lily Allen, LP, McFly, Natasha Bedingfield, Nickelback, Static X, Oasis, Panic, Placebo, Cobra Starship, The Academy Is, Aloha from Hell, Melody Fall, We the Kings, The Maine, Alexander Rybak.

      

    “Mais que tudo, eu queria penetrar nas defesas dos meus leitores, queria rompê-las, capturá-las e trocá-las, para o resto da vida, por nada mais que histórias. E sentia que podia fazer essas coisas. Sentia que tinha sido feito para fazer essas coisas.” – Stephen King, introdução de O Pistoleiro.