Comentários em Na Minha Vida

Valdie Black

01/06/2017 às 12:50 • Quando a desgraça é completa
Ah, mas ele é tão John Lennon! Fico contente que mais alguém o vê assim rsrsrs esse cara que pensava que era genial e tinha preguiça de lidar com todo mundo. Tbm gosto que ele dizia na cara o que achava das pessoas.
Curiosa pra ver os outros Beatles, a relação entre eles sempre foi explosiva!
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Eh lá, hoje não me dás descanso!
Leitura rápida!!
Oi, Valdie!
Esta é uma história de Universo Alternativo, passada (mais ou menos) nos dias de hoje em que tentarei apresentar personagens o mais decalcados possível dos Beatles originais, com os seus momentos de humor, de felicidade, de esperteza e de singularidade. Se este John é "o" John, então estou realizado.
Teremos, nos capítulos seguintes, Ringo, Paul e George.
Muito obrigado pelo comentário, nem imaginas como estou a sorrir deste lado!
Hoje foi o primeiro capítulo e ao contrário do que costumo prometer, desta vez não te posso garantir o segundo capítulo numa base mais periódica e estável (mas está escrito, descansa), pelo menos nos tempos mais próximos. No entanto, este aparecerá e a continuação da história será feita. E essa é uma promessa!
E assim se passaram 50 anos de Sgt Pepper e assim estou a tornar realidade o meu sonho.
Beijo!


Valdie Black

29/06/2017 às 12:32 • Um passageiro indesejado
Me perguntei quem seria o assaltante dos Beatles, até pensei que fosse o Paul. Ringo é um nome fake mesmo, de um "bad boy".
Claro que Paul conhece o John, eles são "best friends"! Às vezes brigavam como esses casais de 20 anos de casamento.
Me perguntando de onde o George vai sair. George Harrison, quero dizer. George Martin vai ser o novo chefe do John (humm)
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie! 
O Paul há de ser sempre demasiado certinho, até numa fanfic de universo alternativo. Nunca faria dele um assaltante. Já o Ringo presta-se a várias maldades e aqui será o "mau da fita".
E claro que o Paul conhece o John e vice-versa. 
O George vai aparecer como ele sempre aparece: discreto, cheio de humor, boa onda. George Martin? É uma ideia!
Beijo! 


Valdie Black

10/07/2017 às 16:18 • Um bando respeitável de ladrões
Esses Três Patetas (Three Stooges)...
Você citou o filme "Pulp Fiction" no capítulo anterior e foi nele que eu pensava enquanto Paul e John discutiam pois me lembrou os personagens do John Travolta e Samuel L. Jackson. Aliás, esse capítulo todo parece ter saído de um filme do Tarantino. Esse humor numa situação aparentemente séria...
Ringo é todo atrapalhado, pior ladrão possível. Esses três não vão conseguir roubar um banco nunca!
Eu não sei como será o final da história... mas eu tive uma ideia que deixaria tudo "metalinguístico" rsrsrs você me disse que essa fanfic era o que você queria que os filmes dos Beatles tivessem sido, então no final talvez você pudesse revelar que foi tudo um filme...
Não será assim, eu sei. Só ideias aleatórias que tenho...
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie!
A tua ideia aleatória é muito boa... Seria um final interessante. Por enquanto, o guião que estou a seguir não tem esse final, mas como ainda não o escrevi tudo poderá acontecer.
Adorei escrever esse diálogo - e mais virão, pois uma das coisas que sempre gostei dos filmes dos Beatles é a conversa que se estabelece entre eles, definindo a personalidade de cada um, mostrando o que os une e principalmente o que os separa, revelando um grupo que é uma entidade diferente da soma das partes.
E será que não vão conseguir assaltar o banco? O Ringo está decidido a mostrar que é um ladrão a sério.
Beijo!


Valdie Black

28/07/2017 às 17:21 • Outro refém
Ah, Ringo, você é melhor do que isso!
Eu fiquei tensa esse capítulo todo, pensei que ia rolar tiros e sangue. Ringo ainda me dá a impressão de que não faz ideia do que está fazendo.
O terceiro refém só pode ser o quarto membro dos Beatles, Mick Jagger.
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie!
Calma aí - Ringo é um ator, sempre foi considerado o melhor ator dos Beatles, tinha de se impor naquele papel estranho de chefe dos bandidos. Sim, houve tensão, mas a parte que coube a Paul chegou a ser divertida. Foi um capítulo um pouco sombrio, afinal estávamos em pleno assalto a um banco.
Sim, Ringo não sabe muito bem o que está a fazer...
Ah, Mick Jagger mencionado nesta história! Estou a cuspir uma bola de pelo...
Beijo!


Valdie Black

03/08/2017 às 15:14 • Perseguição a alta velocidade
BABY, YOU CAN DRIVE MY CAR!
O carro é meu Beatle favorito. Ele é certamente o mais esperto.
Está começando a parecer que eles viraram bandidos por acidente. Até o Ringo. Tipo... só aconteceu, ninguém planejou nada. Ringo provavelmente pensou que nunca ia chegar tão longe assim.
Eu gosto das interações entre John e Paul porque parece um casal de velhos. Paul é a esposa.
Essa fanfic é tão divertida!!
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie!
Ah, canção excelente que podia ter sido invocada para este capítulo - as canções virão já a seguir.
Ah ah ah, infelizmente o carro está esgotado, mas portou-se muito, muito bem. Com quatro malucos no seu interior e cumpriu a sua missão sem qualquer falha.
Bem, o único bandido será o Ringo. O John tinha sido despedido, o Paul estava na sua vidinha a trabalhar e o George estava apenas no banco na hora errada. Depois veremos se o Ringo será mesmo o bandido desta história...
Gosto de pôr o John e o Paul a interagir com todas as suas pequenas diferenças que, no fim de contas, também os unem.
Quero que a história seja divertida. Estamos no reino dos Beatles!
Obrigado, amiga. As tuas palavras também me fazem sorrir num dia como este.
Beijo!


Valdie Black

10/08/2017 às 15:10 • Num esconderijo
Eles estão em Portugal, no mesmo lugar que Goku e seus amigos estiveram anos atrás. Talvez Ana esteja assistindo a notícia do assalto na televisão, talvez Tiago estava no banco. Eu faço isso com minhas fanfics, tento imaginá-las no mesmo Universo jwfygryerhefg
John foi esperto, já se aproveitando da situação. Ele manja mais dos paranauê do que o Ringo. Paul é o mais sensato e o George, tadinho, não merecia isso...
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie!
Não, eles não estão em Portugal... À medida que vou avançando na história consigo, cada vez menos, situar a ação geograficamente.
Mas esse tipo de inception não me desagrada... Aliás achei delicioso que tivesses colocado o Tiago no banco, a Ana a ouvir as notícias, nalgum ponto interdimensional o Dende a visualizar a perseguição da polícia ao velho Renault e a vibrar com a fuga, como se estivesse a assistir a um filme...
O que será um paranauê?!
O George anda ali pendurado, o Paul sempre a medir todas as consequências, o Ringo a pedir um carinho com os seus olhos azuis e o John a tomar conta da situação.
Beijo!


Valdie Black

17/08/2017 às 16:14 • A primeira canção
Adoro que são todos bem de boas com o Ringo (até o Paul) mesmo ele sendo um assaltante. Bom, acho que todos nós temos nossos demônios.
Eu gosto muito de musicais, mas não sou exatamente fã de songfics pq acho estranho uma letra de música no meio da história rsrsrs mas aqui fez sentido porque eles estavam tocando a música, que eu já conhecia.
Acho que foi a banda mais improvável já montada rsrsrs se pá os policiais se juntam a eles.
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie! 
Parece que o Ringo tem o seu carisma e alguma aura bondosa deve emitir para que estejam de boa com ele. De qualquer modo, quem consegue ficar de mal com alguém como o Ringo... quando se mostrou tão trapalhão como assaltante?
Oh, mas esta é uma songfic! Vão existir mais canções.
Conhecias esta? Menina especial! 
A polícia não está para cantigas, infelizmente...
Obrigado pelo comentário. 
Beijo! 


Valdie Black

24/08/2017 às 15:30 • Dentro de um barco
Eu acho que esses quatro não deviam sair de casa desacompanhados porque eles não passam de crianças grandes.
George ia telefonar pra Megan! Eu quero esse crossover.
Você fez as personalidades deles muito bem porque eram assim mesmo uns com os outros, não paravam nunca.
Oh, no, eles vão pra uma mansão mal assombrada. Espero que os fantasmas sejam amigáveis.
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie! 
Devia ser proibido esses quatro se juntarem, sob qualquer circunstância. A quantidade de corações partidos, de enfartes, de gritos, de tumultos, de música, de génio, de maravilha... Enfim! Tudo provocado por eles. Colocá-los juntos é um prazer, um guilty pleasure muito assumido.
Um telefonema do George para a Megan seria genial! Mas tinha de pedir à Amanda e ela anda desaparecida.
Oh no, eles vão para uma ilha primeiro...
Beijo! 


Valdie Black

31/08/2017 às 15:57 • A ilha da salvação
Como diz o Conde Olaf: Olá! Olá! Olá!
Esse foi meu capítulo favorito até agora, não sei por que mas foi. Gostei de ver os quatro num barco tentando se virar como podem.
Acho que estou perdendo uma piada interna, MAS essa coisa de ex-namorada do Paul me lembrou a Linda, eu adoro ela.
Acho que chegaram na ilha. Mas o autor da fanfic sabe mais sobre ilhas do que eu.
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie!
Temos quatro indivíduos, temos o grupo, mas teremos sempre quatro indivíduos. E é sempre a soma de quatro cabeças que compõe um conjunto muito superior a 1X4. Como em tudo na vida, a união faz a força... E a desunião só cria problemas.
Tudo será explicado - aliás, tu sabes que eu explico sempre tudo nas minhas histórias - sobre namoradas e sobre as vidas deles, sem esquecer que estamos em pleno cenário de universo alternativo. Tenho a história, pelo menos o seu desenho global, totalmente terminada, mas por causa de um comentário teu irei acrescentar um fim depois do fim. Atenção que nesta fase de ilhas e de barcos o fim está muito longe de acontecer... Digamos que teremos Beatles para além de 2018.
Ah, percebo de ilhas. Acho que sim, um bocadinho. Serei sempre um forasteiro numa ilha, apesar de aqui viver. A mesma sensação que temos no Japão. Eles são eles, nós somos nós.
Beijo!


Valdie Black

07/09/2017 às 13:06 • Uma surpresa pela manhã
O que mais gostou no capítulo?
A ilha em si, é tão bonita :)

Pensei que a fruta estava envenenada quando eles comeram, sério rsrsrs ou que eles talvez iriam passar mal.
Ringo está de mau humor porque ele saiu de casa com um plano de roubo (mais ou menos) em mente e o dia está sendo totalmente diferente do que ele pensou que seria. Também ficaria com raiva.
Capítulo tranquilo, eu gostei.
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi!
A inspiração para a ilha foi uma mistura de todos os filmes sobre ilhas que vi, do filme Help!, em que os Beatles estão nas Bahamas, e a minha ilha que tem rochedos nas pontas.
Não, a fruta está ótima e bastante comestível! Já basta o que eles estão a passar, não os quero doentes...
Certo! A tua intuição serviu-te bem, minha querida padawan. O Ringo queria mudar a vida quando saiu de casa e só lhe estão a acontecer azares desnecessários, imprevisíveis e aborrecidos. Está cheio de raiva, está frustrado, zangado, impossível de aturar.
Um capítulo tranquilo derivado do cenário tranquilo.
Obrigado pelo comentário.
Beijo!


Valdie Black

14/09/2017 às 15:59 • Náufragos
Estou sentindo uma vibe tão "hippie" nesses capítulos. A ilha, o mar, a natureza... eles deviam ficar por ali, bicho, criar uma comunidade... eu sei que os hippies não estão mais na moda, mas...
Eu mesma estou numa vibe anos 60 agora, tempos loucos.
 
Voltando. Senti muita pena do Ringo, tadinho. Também ficaria com raiva no lugar dele, esses três idiotas só tem uma ideia pior que a outra...
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie! 
Uma vibe muito groovy!
Criar uma comunidade na ilha seria interessante - se existisse uma ou duas mulheres entre eles. Agora só os quatro, sozinhos, sem uma ou outra substância para expandir a mente, ainda dava uma grande, enorme confusão com acasalamentos atípicos... Seria uma faceta diferente do free love, sem dúvida. 
Ei, quem juntou os três idiotas foi o Ringo! Mas concordo com a explosão de fúria também. Começa a ser difícil aguentar tanto azar.
Beijo! 


Valdie Black

21/09/2017 às 16:52 • Gostaria de estar, no fundo do mar...
Capítulo muito bonito, sobre amizade. Ringo me pareceu ser muito solitário.
É uma música muito fofa essa. Eu gosto que você escolha músicas deles que não são tão populares assim (apesar de que essa é a mais famosinha do Ringo).
Uma pequena história sem nenhuma ligação: Eu era beatlemaníaca durante o colegial mas ninguém mais gostava e quando entrei na faculdade tbm me ridicularizavam muito porque eu gostava dos Beatles então eu meio que deixei de lado porque me sentia muito só e doía muito.
Não sei pq eu disse isso... o capítulo me lembrou disso.
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi!
A amizade sobrevive a tudo - e é ainda mais incrível, nesta história, quando percebemos que a amizade deles está a construir-se sobre acontecimentos extremos.
Vamos continuar a "escutar" músicas que não são muito conhecidas... Adoro essa faceta mais oculta (e genial) dos Beatles.
Ei, amiga, gostar dos Beatles nunca é ridículo, em nenhuma altura, em nenhum local deste mundo que eles ajudaram a alegrar com a sua música. É um milagre tão bonito que ainda continuem a conquistar fãs e os fãs atuais ainda são mais especiais, porque nem sequer os viram - pelo menos aos quatro, juntos, a tocar num palco. Logo a sua magia não precisa de coisa tangível. Logo a sua magia é verdadeira e nunca, mesmo nunca, devemos afastar a magia de nós próprios. Nós não existimos sem sonhos e sem fantasia.
Muito obrigado pelas tuas palavras e pela pequena história, que tornou esta história mais extraordinária.
Beijo!


Valdie Black

28/09/2017 às 19:58 • A noite cheia de estrelas
Claro que não são dinossauros, todo mundo sabe que só há unicórnios na floresta.
Eu achei eles muito parecidos com os Beatles nesse capítulo mesmo, pois eram bem agitados assim quando estavam juntos. Nenhuma mulher conseguiria ter esse vínculo (talvez a Yoko, sei lá...)
A Linda vai aparecer? Você poderia colocar a Linda na história? Eu queria a Linda.
Te confesso que às vezes queria que a história se passasse nos anos 60, mas é só pq estou nessa vibe. Você poderia escrever uma história que se passa nos anos 60 pra mim? Pleeeeaase? Pode ser Beatles, original, Universo Alternativo de Dragon Ball ou Star Wars... o que você quiser!
Em troca eu prometo abraçar meu computador e fingir que estou te abraçando.
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie!
Ah ah ah! - Certo, nas florestas existem unicórnios!
Também andas a apanhar muito sol na cabeça...
Nenhuma mulher teve esse vínculo com eles, como eles tiveram uns com os outros. Nem a Yoko, acredito... Com o John aconteceu algo diferente, entre um homem e uma mulher, que nunca pode ser igual entre um homem e um homem (e nada de bromance, nem yaoi, lemon e essas coisas).
Se a Linda vai aparecer? Hum, nesta fase não te posso dizer, mas o que se passa é que a história devia ter teminado num determinado ponto e não vai terminar por causa de algumas coisitas que tu deixaste aqui nos comentários. Hoje, no entanto, espero escrever o último capítulo, por isso o período para pedidos está a terminar.
Sim, estou tentado a escrever uma história dos Beatles no tempo correto, anos 60. A ver se consigo captar a época...
Abraço recebido!
Beijo!


Valdie Black

05/10/2017 às 17:17 • Exploração da selva
Ah, uma tribo... imaginei aquela que captura o Will Turner e depois ele descobre que o Jack Sparrow é o líder deles (!!!). Acho que esses também são canibais.
Acho que eles já são Melhores Amigos Para Sempre mas ainda não perceberam. Essa coisa do George comer muito e ser magro é um fato sobre o verdadeiro George ou vc está fazendo uma homenagem à Good Day Sunshine?
Revolver e The White Album eram meus favoritos. Agora Sg. Pepper's tbm é, principalmente aquela música Luke is in the desert and whining (aaahh)...
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie!
Que fique registado que quando inventei isto - o roteiro que segui para escrever esta história - os Piratas das caraíbas não existiam e que embora já tivesse conhecimento dessa cena, quando escrevi estes capítulos estive longe de pensar no Turner e no Sparrow... eh eh eh! Mas é incontornável que se faça uma cena com canibais em ilhas desertas desde os tempos do Robinson Crusoe e esse livro já vem desde o século XVIII.
Essa coisa do George comer muito e ser magro acho que é mito do mundo da fanfiction (assim como o infame McLennon). Mas sim, Good Day Sunshine perpassa-me pela mente sempre que represento o George como comilão...
Luke is in the Dsert and Whining é espetacular... ah ah ah!
E fizeste-me rir duas vezes.
Beijo!


Valdie Black

12/10/2017 às 11:45 • A tribo
Oi!
Adorei o Johnny e o Paulie juntos. Ele se parecem um casal mesmo. Shippo.
Capítulo divertido. Sempre muito engraçado quando alguém menciona dinossauros e todos ficam genuinamente assustados com a ideia.
Parece que a tribo preferiu o Ringo e o George, estou aqui teorizando que são uma tribo canibal e sei que eles comem aqueles que acham mais dignos.
Eu queria que eles estivessem no Triângulo das Bermudas pq teriam mesmo dinossauros e essas coisas.
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie!
Ah!! Tu também és McLennon! Socorro...
Ok, eles são os BFF por excelência, também gosto de os ver juntos - mas não shippo! ah ah ah! Quero dizer, vê-los como um casal...
Eles quase que estão no Triângulo das Bermudas, desde o início pois daqui a nada, na história, não te vou conseguir explicar muito bem a geografia... A ilha é só uma das paragens, assim mais ou menos como a viagem do Ulisses, cheia de perigos e de fantasias.
São muitos filmes! Selvas impenetráveis e verdes, dinossauros na certa.
Sim, perfeitamente de acordo, os canibais normalmente escolhem os mais dignos e oferecem-nos aos deuses... Isso não quer dizer que seja divertido ou solene, da parte do homenageado. Lembra-te do Sparrow.
Um comentário também muito divertido.
Beijo!