Comentários em A Criação da Luz

Livia Y

10/09/2016 às 12:18 • O encontro com um deus
O que acha que precisa ser melhorado?
--

O que mais gostou no capítulo?
O'sen Kram

A trama se adensa! Gostei do surgimento deste novo vilao.


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi!
Se houvesse fanfarras era para serem utilizadas agora, neste capítulo.
O grande vilão, inimigo, adversário, louco ambicioso, foi apresentado. O'Sen Kram. Será, a partir deste momento, a grande preocupação da Cleo, de Luke e de toda a galáxia.
Beijo!


Livia Y

10/09/2016 às 12:29 • A vontade dos lutadores
O que acha que precisa ser melhorado?
--

O que mais gostou no capítulo?
Cleo novamente usando a força

Gostei da guinada mais metafísica que já tínhamos visto no capítulo anterior, com Kram brincando de comandar a devastação numa escala intergaláctica, e agora com Cleo mais uma vez se dando conta de que também é capaz de manipular a Força.
Em um comentário mais "de fã", gosto muito das suas descrições de Luke. Quase nos sentimos ao lado dele.


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi!
Kram quis demonstrar como era poderoso com a Força. A Cleo também o é e aqui fez uma tentativa tímida de usar essas capacidades que ela não compreende, não controla e duvida que possui. Talvez movida por um sentimento crescente em relação ao Jedi?
Muito obrigado! É excelente ler isso de alguém que escreve tão maravilhosamente bem como tu, de que conseguimos representar por palavras um personagem tão icónico quanto Luke Skywalker. A sua presença será mais envolvente em capítulos futuros, prometido.
Beijo!


Livia Y

10/09/2016 às 14:18 • Uma possibilidade
O que acha que precisa ser melhorado?
--

O que mais gostou no capítulo?
Mais uma vez, da reviravolta

E a história tomou de novo um rumo inesperado. Mas espero que Luke volte logo!


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi!
O Luke vai voltar. E nunca, nunca, vai abandonar as preocupações da Cleo, que não acha justo ter sido salva quando considera que o cavaleiro Jedi é infinitamente mais importante do que ela. Ela não é ninguém, certo?...
Beijo!


Maria Vicente Carvalho

02/01/2017 às 21:49 • Uma possibilidade
  Deixa eu fazer uma pequena pausa para comentar... A minha intenção era ler todos os capítulos disponíveis, mas tá muito corrido então irei deixei esse primeiro comentário.
Estou adorando tua fic, estou mega encantada com a Cleo e gosto do clima dela e de Luke Skywalker... Cleo pelo visto tem um poder muito forte, mas ela desconhece pelo menos de momento... O que será que Cleo fazia da vida? Será que ela pertenceu ao lado do inimigo ou inimigo apenas blefou contra ela? Neste último que li fiquei triste por ela ter sido resgatada e Luke ter ficado, eu espero que ele saia dessa.
Amei e estou amando tua fanfic, já está nos meus acompanhamentos! =)


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Maria!
Muito obrigado pelo comentário e um agradecimento ainda maior e com mais emoção por estares a gostar da minha história.
Neste ponto, no capítulo 16, estamos a assistir a uma reviravolta no que está a acontecer, depois de a Cleo ter sido encontrada por Luke em Tatooine sem memória. O caminho da Cleo vai começar a desenrolar-se agora, com tudo o que ela tem de bom e também de mau. E estás prestes a descobrir quem é a Cleo e qual o seu propósito em toda a história...
Conto contigo em futuros comentários pois gosto muito de perceber o que os leitores mais gostaram de ler.
Beijo!


Livia Y

10/09/2016 às 14:38 • A maldição do conhecimento
O que acha que precisa ser melhorado?
--

O que mais gostou no capítulo?
Do misticismo

Eu tinha pensado que Cleo poderia se assemelhar a Anakin, uma criatura oriunda Força, sem ascendência humana direta.
Gostei bastante dessa genealogia. Gosto quando a história assume um tom mais místico.
Agora espero o reencontro com o Luke!


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi!
Star Wars é essencialmente uma história mitológica passada numa galáxia muito distante. Quis agarrar nesse tema e utilizá-lo também nesta minha singela história. E os mitos da criação pareceram-me ótimos, transversais a qualquer religião antiga e moderna.
Este capítulo, considero, é um dos mais importantes da fanfic. Revela finalmente as origens (pouco naturais) da Cleo - mais tarde ela vai recuperar mesmo todas as memórias, aquelas que a levaram à cama da casa do Luke em Tatooine - a sua relação com alguém que ela odeia e que é o grande inimigo, Kram, a presença estranha de Eilin, a sua relação com a Força. 
Ela e o Luke vão-se reencontrar, mas ainda teremos alguns percalços pelo meio. Afinal, segundo o mestre Eilin, Luke deverá treiná-la na Força.
Beijo!


Maria Vicente Carvalho

02/01/2017 às 22:01 • A maldição do conhecimento
 Como assim? Cleo foi criada para destruir Luke? E agora que lado ela vai servir? Vai destruir Luke ou se aliar a ele? Fiquei chocada agora, mas parabéns eu estava imaginando mil coisas, mas não me passou pela cabeça que Cleo era criação de algo... Adorei!


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Maria!
E assim, no fim deste capítulo, ficaste a saber quem é a Cleo. Pertence a ela o título desta história, pois é ela quem é a Criação da Luz, mas apesar do nome brilhante nasceu para o mal e o seu objetivo será matar Luke Skywalker. Mas como ela percebeu quando Eilin lhe disse, ainda falta uma parte da história que precisa de conhecer, como ficou sem memória e como apareceu com o cavaleiro Jedi em Tatooine. Mas essa história também será contada...
Como tu, também a Cleo ficou chocada e agora vamos deixá-la digerir a verdade... O que fará ela a seguir, sabendo que existe para matar o Luke e sabendo que o Luke ficou para trás, prisioneiro de Kram, o criador dela?
Beijo!


Livia Y

10/09/2016 às 14:58 • Inquebrável e imprevisível
O que acha que precisa ser melhorado?
--

O que mais gostou no capítulo?
Cleo dando mais uma prova de sua impetuosidade

Vibrei com a fuga dela. Espero que não dê errado!


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi!
A Cleo é uma mulher especial - ainda mais especial por ter sido gerada artificialmente a partir da loucura de um génio maldito - e não se iria deixar ficar a remoer as suas tristezas e problemas. O Luke precisa dela.
Beijo!


Livia Y

10/09/2016 às 15:18 • Um aliado
O que acha que precisa ser melhorado?
--

O que mais gostou no capítulo?
Mais menções a Luke :)

Meu coração já se apertou quando li a citação... mas parece que as coisas estão caminhando um pouco melhor para Cleo!
Agora é esperar que você poste mais capítulos, estou curiosa pelo fim da história!


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Lívia!
Muito, muito obrigado por teres chegado até aqui, por teres lido todos os capítulos que existem publicados desta fanfic e pelo entusiasmo que demonstraste na leitura.
Os capítulos novos saem todas as quartas-feiras. Aguardo-te nos próximos e espero que a história continue a agradar-te. Espero também pelos teus comentários.
Por enquanto a Cleo continua na sua senda para enviar uma mensagem a Coruscant que salve o Luke, veremos que novas peripécias a aguardam, agora na companhia de Morva Senthy.
Beijo!


Valdie Black

23/11/2016 às 13:36 • Outro momento de traição
O que mais gostou no capítulo?
Luke Skywalker! ♥

Oi, amigo! Vou comentar aqui por um tempo, espero que não se incomode. Se quiser posso te explicar o motivo depois, mas pfvr não se preocupe com isso. Não quero te estressar sem necessidade. Vou continuar comentando seus jornais, fique tranquilo!
Bom, vamos ao capítulo: Só agora percebi o quanto eu senti falta de Luke Skywalker. Ele apareceu pouco, mas gostei. Acho que ele não vai demorar muito para descobrir a história de Cleo, deve ter achado a atitude de Frint muito suspeita. Acho que ele vai encontrar-se com ela e Cleo finalmente vai dizer quem é. Será?
Fico contente que o próximo é narrado pela Cleo, senti falta dela tbm, mas vou sentir falta do Frint tbm. Ai, ai, ai...
 
Mal posso esperar para saber o que ela achou do que viu!!
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie!
OK, por aqui então...
Respeito as tuas razões e não te estresses tu e fiques a pensar que eu estou por aqui de sobrancelha franzida. Nada disso.
Vamos ao capítulo: Luke Skywalker voltou e eu já imaginava que iria causar essa comoção. Foste tu que referiste que ele conseguia ver a luz nas pessoas e talvez a sua atitude, mais passiva, quando esteve com o Frint tenha estado relacionada com essa captação da luz interior que o soldado terá, apesar de ele afirmar que continua fiel a Kram.
A Cleo nunca vai dizer quem é ao Luke - o mestre Eilin avisou-a de que o Jedi nunca poderá conhecer a verdade sobre ela ser a criatura de Kram e vai reforçar esse aviso, embora ela comece a desconfiar de que Luke saberá alguma coisa... Isso irá acontecer nos capítulos seguintes, não vou adiantar mais para não dar muitos spoilers, ou fazer revelações.
O regresso da Cleo também vai causar alguma comoção - adivinho isso no próximo capítulo - e o reencontro, em pleno, com Luke Skywalker, não apenas por alguns momentos, tambem vai acontecer. Prepára-te! Os próximos capítulos e até ao fim do ano vão ser bastante intensos!
E vamos despedir-nos do Frint, por agora...
Muito obrigado pelo teu comentário.
Beijo!


Valdie Black

30/11/2016 às 13:48 • A voz
Não quero te bater, adorei o capítulo e entendi porque ele foi feito assim. Gostei da Cleo ter decidido ser independente. E essa voz... não sei porque mas eu ouvi a voz da Maz Kanata rsrsrs (sei que não é, mas minha mente voa...). Não acho que seja a voz da Força nem nada assim, acho que é mesmo a consciência dela. Agora Cleo sabe quem é e de onde veio, saber essas coisas é importante na construção de uma identidade. Ainda que, de repente, ela não goste de quem foi.
Acho que agora Cleo não será mais aquela garota perdida no deserto de Tatooine e Luke vai perceber isso... ótimo capítulo. Um dos melhores.
=***
PS: Eu prefiro este site... é menos... barulhento.


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie!
Tens razão, por aqui é definitivamene menos barulhento. Mas gosto de barulho, o silêncio confunde-me, faz-me encolher. Quando escrevo faço-o com música alta para cortar o mundo exterior e fazer sobressair o meu mundo. São modos... Vamos ao comentário (agora que sei que estás aqui, estou mais atento e é bom mudar os hábitos, também gosto disso, de mudanças).
Agora percebes por que razão não podia ter revelado mais na antevisão de sábado. Se o fizesse acabava por publicar o capítulo quase todo!
Prometo que não haverá mais capítulos curtinhos até ao fim - os do início também foram pequenos, lembras-te? - à exceção, bem, do último...
Como escritor, não te sei definir a voz - não, não será a da Maz Kanata mas ficaria muito bem e agora também estou a ouvir as palavras com esse timbre - porque quero que cada leitor oiça a voz que mais achar conveniente nesta cena. Pode ser a consciência dela, mas também pode não ser. Não vou explicar esse mistério.
De facto, a Cleo não gostou de ter sabido como foi criada, de quem é e vai lutar contra o que lhe estava predestinado (é esse o significado do seu grito por liberdade), mas existe muita coisa a acontecer na galáxia. Veremos como vai reagir quando voltar a encontrar-se com Luke agora que já sabe de tudo. E como vai reagir o cavaleiro Jedi na presença dela...
Muito obrigado por não me bateres. Também gosto deste capítulo. Tão curto, mas cheio de vida. Gosto da certeza da Cleo de preferir a destruição ao cativeiro.
Beijo!


Valdie Black

07/12/2016 às 14:08 • De regresso
O que mais gostou no capítulo?
Artoo gostando da Cleo ♥

(ainda estou de luto por "Diamantes" e minha mente resolveu me torturar me fazendo lembrar do último episódio da Clara na série e passei a manhã inteira chorando, só me senti melhor agora lendo esse capítulo)
Um capítulo grande em comparação ao outro! Vamos nos despedir de nossos amigos mais uma vez (Han e Leia, e os droides tbm, claro), mas dessa vez não sinto tanta falta assim. É importante dizer isso pq eu geralmente odeio fanfics em que personagens originais são o centro da história, sério. Mas estou tão apegada a Cleo, Frint, Eilin e Kram (e Iko, fofo!) que vejo-os como personagens da saga agora. O único não-original seu é o Luke, que foi o mais explorado por ti e o único da saga que realmente não pode faltar.
E já que falei em DW tem um spoiler da série que sempre quis te dizer, tava na ponta da língua, mas sempre me refreei. Só que agora estou "que se dane, vou dizer". A River Song é uma personagem criada para matar o Doutor... mas acaba que se apaixona por ele!
É uma situação muito delicada essa da Cleo. Não sei o que eu faria. Obviamente que Luke não vai matá-la se descobrir, mas ele não mais a veria com os mesmos olhos. Já é todo receoso com relação a ela agora, imagina se soubesse! Por falar nisso, alguém tem que ensinar Luke a conversar com mulheres. Isso lá é jeito? Um pouco de romantismo, de cavalheirismo, não faz mal a ninguém.
Gostei muito (muito mesmo!) desse conceito de Eilin e Kram serem os "mestres do jogo". Como se a história inteira fosse uma partida de xadrez entre os dois. Queria que o Kram aparecesse mais...
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie!
Imagino que deves estar "de luto" pela tua fanfic... Isso acontece-me sempre que termino de escrever alguma coisa, custa a largar. Mas não quero que fiques triste e ainda bem que este capítulo te veio animar... Principalmente porque o Artoo gostou da Cleo.
Eu disse que haveria capítulos enormes para compensar e aqui está um deles e os próximos vão ser bem granditos também. Não gosto muito de espartilhar as fanfics criando capítulos de dimensão idêntica - às vezes faço-o por uma questão de treino e de disciplina, como a fanfic SW que estou agora a escrever, em que cada capítulo não pode ter menos de 3 000 palavras - mas prefiro a escrita compartimentada em capítulos que surgem conforme o que se quer escrever e que não depende de nenhuma convenção numérica.
Sim, mais uma vez nos despedimos de Han, de Leia, de Chewie e dos androides e eles disseram o que vão fazer. Vão estar no sistema Hosniano (aquele que depois a Primeira Ordem vai explodir com a Base Starkiller exterminando a fraca democracia galáctica) a criar um conselho de crise que vai declarar guerra a Kram. Lembra-te que temos novamente a Cleo como narradora e que onde ela não está, não se pode contar o que se está a passar. Por isso Kram não aparece mais vezes... Só se eles se reencontrarem e, neste momento da história, convém que isso não aconteça já que Kram iria ser mais violento por a Cleo se ter escapado mais uma vez do seu controlo. Mas vou tentando contar o que se vai passando ou que se passará com os outros personagens indiretamene, como o tenho feito até aqui. Contudo, o foco deste início da terceira parte será outro, teremos Luke e Cleo, claramente.
Gostei muito desse spoiler de DW. Juro que não conhecia! Mas aqui passa-se algo semelhante - a Cleo também foi criada para matar o Luke. Se se vai apaixonar por ele... veremos!
Então vais odiar a minha próxima fanfic SW! Ah ah ah! Recheada de personagens originais! Embora eu não tenha resistido e já criei alguns personagens originais... Com alguma proeminência na narrativa. A Nyra, as irmãs Shmura, o Harish Muitel, o Jeiz Becka... Não resisto mesmo e deixei-te alguns spoilers.
A Cleo está numa encruzilhada mental, o que fazer com o Luke. Precisa dele (agora mais do que nunca porque continuam em Luyta), mas ao mesmo tempo queria alguma distância. Não foi ela que moveu céus e terra para salvá-lo? Agora, aguenta-te menina! O Luke não é romântico - nem um pingo de romantismo corre naquele sangue, acredito. Pelo menos é assim que eu o vejo. Sempre com a sua grande missão a nortear todas as suas ações e os seus sentimentos também, não vê para além das obrigações e da vontade que tem de fazer tudo bem. Ele já sabe que alguma coisa mudou com ela, mas espera para falar com o mestre Eilin.
Esse conceito de estarmos perante um jogo galáctico que está a ser disputado entre Kram e Eilin vai ser mencionado mais tarde - e é muito possível que assim seja. A escuridão e a luz. O equilíbrio sempre permanente na galáxia.
E olha só esta resposta, parece-se quase com o capítulo - gigante.
Muito obrigado pelo teu comentário. Como sempre, foi magnífico.
Beijo!


Valdie Black

14/12/2016 às 14:27 • O mestre
Cá estou! Não resisti, a curiosidade foi maior. Estava justamente pensando que as quartas-feiras estavam muito demoradas e vc me joga uma bomba dessas! Mas tudo bem, eu já sabia e entendo, é um mês muito cheio.
Iko e Cleo são meu brotp (uma amizade que gosto muito). Tbm queria um abraço... que homem rígido! Senti um pouco de pena do Luke pq está muito bondoso com a Cleo e não sabe quem ela é de verdade... ou talvez... saiba e está fingindo não saber... mas acho difícil ser o caso.
Eilin é o personagem que mais me intriga. Pq eu não confio nele, mas ao mesmo tempo acho que é "do bem". Não sei, ele parece estar controlando a todos. Aliás, parece que todos tem um plano para Cleo menos ela mesma.
Gostei da discussão sobre destino, escolhas... eu acho que o visual de Eilin veio de... bom, acho que tem alguma influência de DragonBall ai. Ou de animes em geral. Não sei explicar pq, só acho rsrsr
Cleo me lembra um pouco a Dolores do seriado "Westworld" da HBO. Não sei se vc já viu. E o Luke me lembra um pouco vc rsrsr será?
Ótimo capítulo! Está sendo um prazer acompanhar essa história!
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Olá Valdie!
Nem eu pensei em ver-te por aqui hoje, a sério, estava a pensar em amanhã... Estou a dever-te umas linhas no Spirit e nem sei se vou conseguir responder hoje. Mas eu respondo sempre, nem que leve mais tempo, OK?
Oh, desculpa... pelo intervalo na fanfic. Pensei muito e julguei que seria melhor assim. Entrava em stresse se não conseguisse publicar os capítulos a tempo e nas próximas semanas vou andar atarefado, por isso tomei essa decisão - com muita pena minha, acredita. Mas farei outras publicações, mais leves... Depois, quando regressarmos em 2017, vais ver que os novos capítulos vão compensar o intervalo.
O Iko e a Cleo fazem uma boa dupla, concordo. 
O Luke não move um milímetro na sua postura, infelizmente. Sempre no controlo da situação e depois resulta nessa rigidez. Em relação a ele saber ou não quem é a Cleo, ele não sabe. Vai haver momentos para a frente que ela vai lançar essa dúvida, pois a convivência estreita entre os dois, como mestre e aluna, poderia potenciar essa descoberta, mas ele vai continuar sem saber.
Eilin é um personagem misterioso e tem um propósito bastante vincado na história - tu já aventaste algumas possibilidades muito interessantes. Na verdade, Eilin não vem de Dragon Ball (ou talvez venha, mas inconscientemente). Deixo-te a revelação de que esta foi a minha primeira fanfic, antes de escrever fanfiction de Dragon Ball. Acho que com Eilin quis criar alguém parecido ao Yoda.
De "Westworld" conheço o filme antigo, com o Yul Bryner (acho que é assim que se escreve o nome), mas admito que essa Dolores seja um robot. O Luke, eu? Hum, não... Não sou assim tão controlado.
Muito obrigado pelo teu comentário, amiga. É sempre um prazer saber-te nesta aventura.
Beijo!


Valdie Black

11/01/2017 às 14:28 • As muitas cores do mundo
O que mais gostou no capítulo?
A descrição da flor vermelha, no começo

Olá! ^.^
Vc tinha me provocado com aquela sua conversa de "os títulos dos jornais têm tudo a ver com os capítulos", pois é, fiquei esses dias todos pensando nisso...
Yay! SkyCleo é canon! (as ships com o Luke levam o sobrenome dele. SkyJade, SkyErso...) Mas conhecendo minhas ships provavelmente alguém vai morrer em algum momento.
Cleo me lembrou muito a Rey aqui, fascinada com a flor da mesma forma que a outra gostava do verde da natureza. Será que...?
Ótimo capítulo. Espero que Luke goste mesmo da Cleo e não se interesse por ela só pq está "solitário". Esses treinos serão muito conturbados...
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie!
Os meus conhecimentos de botânica são escassos, aviso desde já, mas acho que podemos usar a imaginação para criar novas espécies vegetais nessa galáxia longínqua. A descrição da flor vermelha surgiu naturalmente. Queria algo vistoso para encantar a nossa Cleo que, como ela afirmou muito bem, não esteve em outro lugar a não ser Tatooine e Luyta, por isso nunca tinha visto flores. Só que Luke não o sabe...
Comentário ótimo - foi bom teres recordado a minha pequena provocação do jornal, porque em abono da verdade era um resumo perfeito para o que iria acontecer no capítulo. SkyCleo é cânone? Muito me honras com essa afirmação. Obrigado, amiga!
Vamos ver como se vão desenvolver os treinos dela daqui para a frente. Eles estão a morar juntos, outro detalhe, mas a Cleo já fez a sua escolha - quer ser poderosa - e muito provavelmente não vai alimentar a situação. Nem Luke vai desejar lembrar-se daquela perda de controlo. 
Beijo!


Valdie Black

18/01/2017 às 13:43 • Concentração
O que mais gostou no capítulo?
Luke e todas as suas falas

Acho que esse capítulo foi inteiramente do Luke. Acho ele maravilhoso, apesar da rigidez nunca perdeu completamente a bondade e a inocência de garoto da fazenda. Gosto como ele confia na Cleo apesar de tudo. Sinto muito por ele não saber toda a verdade. Sim, Cleo, ser Jedi é difícil. O que vc esperava?
Sei que falta muito para acabar, mas é só que eu gosto de criar teorias sobre os finais das histórias que leio e acho que vou compartilhar contigo. Bom, acho que a Cleo vai morrer. Se sacrificar pelo Luke. Será? Imaginei isso pq quando começo a shippar um casal um deles morre.
Mas eu espero estar errada. Luke não merece passar por isso de novo.
=***
PS: Sobre o trecho no começo do capítulo: Isso é verdade!


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie!
Mesmo que tenhamos a Cleo como narradora, nestes capítulos de treino Jedi teremos o Luke sempre em destaque, a falar-nos - e à sua aprendiza - e nós a escutá-lo, com muita atenção, bebendo dele os ensinamentos que serão úteis em momentos específicos, quando nos colocarmos perante a escolha entre o Bem e o Mal, a Luz e as Trevas. Ele é rígido, ou pelo menos é assim que o vejo, por causa de tudo o que aconteceu, pela responsabilidade que lhe pesa sobre os ombros, por ser o último dos Jedi, o início após um fim dramático. Mas no fundo, estás certa - ele ainda é o mesmo rapaz de Tatooine (e no próximo capítulo ele vai aparecer mais, esse rapaz, a Cleo já percebeu que no fundo o Luke é esse garoto que ela tem algures nas suas memórias - um spoiler!).
Como te disse, não sofras por antecipação. Aproveita o Luke e a Cleo juntos, a se experimentarem um ao outro, quer seja a medir forças nos treinos, quer seja a trocar um beijo ou simplesmente a conversarem sobre a Força.
Sobre o trecho do início do capítulo, foi um dos livros excelentes que li, sobre uma personagem histórica, uma portuguesa que viveu na Nápoles do século XVIII e foi uma revolucionária.
Beijo!


Valdie Black

25/01/2017 às 14:40 • Pausa
Estou tentando acalmar o coração, os nervos, fazer minhas mãos pararem de tremer pra conseguir escrever qualquer coisa que seja vagamente compreensível.
Own! Minha ship ♥ acho tão fofos esses dois, fiz um barulhinho que não pode ser traduzido para a escrita, ou para nenhuma língua humana, quando Luke deu outro beijo nela. E esse foi tão melhor que o outro, tão recíproco, e Cleo revelou-se mais um pouco... e ele tbm revelou-se mais um pouco! Minhas bochechas estão quentes.
 
Luke está melhorando seu jogo, levando a crush para um passeio, as comparações com Ataque dos Clones são inevitáveis agora. Luke em Naboo! Mas olha aí, até citado o planeta foi. Tbm acho o Luke muito parecido com a Padmé.
Não deviam ter ido a lugar algum. Quem se importa com Kram? Mas, ah... gente decente é tão chata. Esse foi meu capítulo favorito.
 
Vc agora não tem opção, tem que escrever um hentai desses dois. Dane-se sua criação cristã, eu quero paixão! Se tiver vergonha de postar, mande só para mim mas escreva!
Se vc não escrever vou caçá-lo até aí em Portugal, vou chegar na sua ilha, bater na sua porta aos berros: "CADÊ O HENTAI SKYCLEO?" e seus vizinhos vão chamar a polícia mas até ela chegar vc já vai estar desfalecido no chão e eu, segurando um facão, completamente ensandecida, vou dizer apenas "não me arrependo de nada".
Enfim... adorei o capítulo.
=***


Resposta do Autor [André Tornado]: Oi Valdie!
Acalma-te, moça, vai beber água, escreve qualquer coisa para ver se paras de tremer e baixas a temperatura. Bem, este comentário já tem uma hora, diz aqui, pelo que acho que já estás melhor, sem desfazer esse teu sorriso todavia.
Posso destruir um pouco a tua ilusão? Porque se leres bem, foi mesmo no fim do capítulo então já devias estar bastante embevecida em toda a candura do capítulo, foi a Cleo que beijou o Luke e esse beijo teve também muito significado. Ou seja, ela tomou a iniciativa.
Fazer o Luke falar dos seus pais, nomeando-os, principalmente a Padmé, estabeleceu uma ligação com as prequelas que falta ainda fazer na saga oficial. Como te confessei antes, foi estranho começar a escrever o Luke a falar da mãe e descrevê-la como a conhecemos nas prequelas, mas depois acabou por tudo fluir muito naturalmente. E acho que ficou bonito, credível, o Luke teria dito isso.
 
Um passeio para que mestre e pupila se conhecessem melhor, fora do ambiente típico e rígido de um treino Jedi. Como a Cleo reparou, o Luke ficou mais divertido, passou a tratá-la pelo nome, sorria mais, até se ria. Não foi nadar com ela, existem certos limites. Mas o mestre "durão" vai regressar...
Um hentai deles os dois? OK, já tenho duas encomendas, uma com a Mara Jade e agora com a Cleo. Revelação: já tenho o hentai preparado com a Cleo, mentalmente apenas. Por isso será escrito em primeiro lugar. Se o vou publicar? Claro que vou! Que se dane a minha criação cristã, apoiado! Vou torcer-me todo outra vez, mas sairá... Essa one será publicada apenas depois do fim de A Criação da Luz, tal como o outro especial que tenho preparado - ainda te lembras desse? Não quero atropelar o fluir da história.
Ri-me alto com essa tua explosão. Vizinhos? A minha ilha é quase deserta, mas sim tenho uns vizinhos aqui ao lado, depois só mais adiante. O mais provável era teres de esperar sozinha pela polícia, continuando a clamar pelo hentai SkyCleo...
Eu disse-te que irias ficar empolgada, não disse?
Obrigado, amiga.
Beijo!