Sphychin

08/12/2015 às 14:56 • Carta 1
*OOO*
Hello! Tem mais? Porque eu gostei disso. ´Henrique parece com alguém que eu conheço, mas não vale a pena citá-lo. Ele é só mais um.
Mas então, onde está o próximo? ♥


Resposta do Autor [Makita Sama]: Hello! Eu ainda preciso fazer o capítulo dois, não me recuperei do capítulo um. (mano, nunca fiz um cara tão fdp na minha vida). Um dia na vida vamos conhecer um Henrique, fazer o que né.
Essa semana sai o próximo ♥


Aya Pines

17/12/2015 às 18:53 • Carta 1
Admito que senti vontade de dar na cara do Henrique quando ele disse que é AIDS é coisa de viado e etc :v mas ai lembrei que é apenas um personagem alegórico T^T
Muito bom ♥


Resposta do Autor [Makita Sama]: Eu fiz o personagem mais babaca da minha vida, até eu quis bater nele.
Obrigada ♥



ABottmann

28/08/2016 às 11:53 • Carta 1
O que dizer? Eu estou bem... Hum... Espantada, talvez? Acho que o que foi colocado aí é bem comum de acontecer, infelizmente. A única coisa boa foi que ela não caiu na dele, não se casou, não entrou nessa cilada.
Palavras que poderiam ter sido evitadas explica muito bem isso tudo. Não precisava, né? Caramba, Henrique, não precisava disso. Mas amei a sua escrita e a história é bem legal!


Resposta do Autor [Makita Sama]: Eu passei por algo assim, então não deixaria-a passar por algo parecido, já que ela não é aquela que eu quero que sofra(se você já leu Ser Diferente é Errado?, tá entendo). Se ela tivesse caído eu teria me batido muito, pois já é cruel na vida real, quanto mais na ficção de meu deus. Henrique seu bastardo, ela não merecia tudo isso, seu deveras bastardo. Obrigada ♥


Aya Pines

17/12/2015 às 18:51 • Carta 2
Wow! Gostei um bocado da forma que está escrevendo, em cartas eu digo, e parabéns cara. Continue, pois quero um final!!


Resposta do Autor [Makita Sama]: Awn *-* essa carta eu adooorei escrever, melhor turn down for wait (carinha com o óculos).
Eu não sei se vou conseguir postar pelo celular, mas se rolar vai ser ótimo


Resposta do Autor [Makita Sama]: Awn *-* essa carta eu adooorei escrever, melhor turn down for wait (carinha com o óculos).
Eu não sei se vou conseguir postar pelo celular, mas se rolar vai ser ótimo


ABottmann

28/08/2016 às 13:36 • Carta 2
Ah, então o tema do desafio era HIV? Interessante! Eu amei. Amei a Ema. Não deveria, ela queria que o Pedro pegasse o vírus! Mas, bem, eu amei ela, talvez porque não ache que ela estivesse errada.
Suas cartas, histórias, insultos e sentimentos(nos dois capítulos que li até agora) são fantásticos! Nunca fui muito fã de cartas, achava sem graça, clichê, mas essa fic mudou completamente minha opinião. Cartas podem ser incríveis, com certeza.


Resposta do Autor [Makita Sama]: Era sim, tinham umas 5 opções e eu escolhi essa, já que eu sei o tanto de gente que não usa o preservativo por achar inútil. A Ema é aquela pessoa que "me ferrou, só espera que você não será perdoado sua ameba".
Obrigada, eu adorei fazer as cartas, pois eu quase nunca escrevo cartas para ninguém e esse desafio me ajudou muito a acabar com esse problema. O clichê pode ser algo bom, se o autor souber desenvolver e não usar receita de bolo em tudo o que faz. 


ABottmann

28/08/2016 às 14:17 • Carta 3
Ai, os seus personagens são tão estupenmaravilincrívperfefantás... Ah, esquece, não consigo me decidir por só um. Eles são bem desenvolvidos e criativos, assim como as situações, as cartas, etc. Dá para perceber tão bem a personalidade deles nos capítulos que eu chego a ficar chocada! Acho que é por isso que a sua história mudou tanto a minha opinião à respeito de cartas.


Resposta do Autor [Makita Sama]: Obrigada, essa carta foi feita com todo o meu ódio do coração, duas pessoas que eu gostava e passei a odiar, principalmente o Igor, nome do meu ex-crush que me tratou mal durante dois anos, até que eu aprendi a parar de ser trouxa. Fala seu top 5, assim não dá tanta dor no coração. Que autor não fica feliz quando seus personagens são elogiados? Sua linda ♥ 
Cartas com relatos são a melhor coisa de escrever, ainda mais pelo meu amor em escrever em 1ª pessoa.


Chicobo

13/01/2016 às 14:03 • Carta 4
Olá!
Acabei de ler todos os capítulos e sinceramente, você escreveu e expressou o tema com maestria. No primeiro capítulo foi inevitável o ódio pelo Henrique e pela maneira que ele tratava sua amada, Mariana, cujo a personalidade forte me cativou. Digo no segundo capítulo passei raiva, maldito seja Pedro. Ema é uma menina que me fez recordar meu primeiro namorado. Não tenho aids, mas namorei com um safado igual a Pedro. A terceira carta mudou drasticamente o sentindo da história, contudo o nível de envolvimento apenas subiu! E o que falar dessa última carta e maravilhoso capítulo? Palavras me faltam para responder. É simplesmente incrível a sua escrita, vocabulário e desenvolvimento. Seus personagens são reais, intangíveis. Eles nos tocam, nos emocionam. Parabéns por essa obra incríveil!


Resposta do Autor [Makita Sama]: Olá!
Henrique pior pessoa everrrrr(paulista), nem dá para falar que ele realmente amava ela ou sentia algo afetivo, mas ela sentia e isso que dava mais raiva desse fdp. Já a senhora Mariana merecia um beijo de todos os jeitos possíveis, best personagem everrr. Aquele momento em que eu percebo que só fiz o Igor sendo um cara mais legal e o marido da Maria, de resto os outros machos eram tudo fdp e machistas.
Ai eu lembrei que fetiches podem trazer esse problema se não feitos de maneira certa. E esse ai é um bom exemplo. (fetiches com dor podem trazer problemas se a pessoa fizer errado, não só AIDS como ferimentos graves, queimaduras, até a morte).
Assim você me deixa sem palavras ♥
Eu agradeço, cartas são mais fáceis de escrever do que eu imaginava e eu adoro primeira pessoa por poder mostrar mais os sentimentos dos personagens, não só o superficial, mas o que se passa em suas cabeças loucas.
Fique alerta que a carta 5 não vai demorar!