Miss Jackson

29/07/2015 às 14:33 • Capítulo 1 Gente nova
Oie adorei a ideia e foi fazer uma ficha.
Daqui apouco mando uma de Feminina veterana okay
bjos


Resposta do Autor [AlexaLF]: Ah, ok, beleza! Vou esperar ansiosa!!!


ADivas

29/07/2015 às 14:44 • Capítulo 1 Gente nova
Olá, pessoa! Gostei da proposta da história. Confesso que estava procurando algo do tipo. Sua forma de escrever é bem legal também.
Tenho uma história já em mente, só falta escrever, para mandar como ficha. Vai ser de um veterano masculino. Pode aguardar!
Abraço!


Resposta do Autor [AlexaLF]: Ah legal! E obrigada, se tem algo que prezo é a escrita em si, e não só a proposta da história, então gosto quando dizem que minha escrita é boa! E eu tive umas ideias legais para a história! Fico esperando!!!


Sr D Black

29/07/2015 às 16:28 • Capítulo 1 Gente nova
interessante , vou tentar sorte ,minha ficha:
Nome Completo: Lex Blood
Sexo: Masculino/Hetero
Idade (De 12 à 18): 18
Aparência: Ator Taron Egerton
Foto: https://36.media.tumblr.com/57c869634a0522caebd412f969055c63/tumblr_njyjqdgUiI1td9snko1_500.png
descrição: altura 1,90 , corpo musculoso ,cabelos curtos e ruivos bem escuros quase negros, olhos verdes fortes e com olhar forte q intimida as pessoas (muitas sentem um frio na nuca), sorriso cafajeste , voz rouca gentil , mãos grandes e anda sempre com cabeça erguida sempre olhando nos olhos das pessoas.
Mutação(P.S.: Não é "Superpoder" é uma mutação, que pode até trazer alguma vantagem, a Maitê por exemplo pega fogo, é uma maldição e uma dádiva ao mesmo tempo): fica invisível tendo pouco de controle
História: abandonado ainda bebe , nunca soube quem eram seus pais , cresceu dentro do orfanato em Dublin na irlanda que era uma prisão aonde todos tinham q se portar conforme as regras.
lá tinha q usar uniformes e desde de pequeno todos trabalhavam limpando , varrendo e lavando e lá era a lei dos mais forte q mandava entre os internos , apreendeu a não depender de ninguem e a lutar por tudo .
com 14 anos fugiu passando a viver nas ruas sobrevivendo com roubos e dormindo em lugares abandonados , convivendo com viciados , bebados e loucos sem se ligar a ninguem.
Varias vezes foi espancado por outros ladrões , quase foi preso pela policia em outras , sendo q sobrevivia no limite ate q foi encontrado e levado para o Instituto.
Manias: roubar comidas dos outros.
vícios: de olhar a bunda das mulheres e dar um elogio bem cafa
Medos: de ficar invisivel eternamente , lugares fechados e relacionamentos serios.
Algumas coisas que gosta: climas quentes ,de Rock(AC/DC , ZZ Top e Rolling Stones) ,beber cerveja , quebrar regras ,da noite ,de lugares altos e sentir o vento no seu rosto, espaços abertos ,chuva ,nadar pelado , comer carne (muito carnivoro), de dormir muito ,mulheres , gente bem humorada , aberta a conhecer gente nova , q não tenham medo de se aventurar , com carater forte.
Algumas coisas que não gosta: odeia climas frios , piercings (tem vontade de arrancar) , chá ,comida vegetariana, roupas de couro , de acordar cedo , dormir fora da sua cama(fica com insonia) ,musica pop e odeia perder , racistas de sangue ou contra trouxas , gente certinha ou medrosa demais para se arriscar , fofoqueiros , mal-humorados e frios sem sentimentos.
Par romântico, sim ou não(P.S. Quem decide quem vai ser sou eu MUAHAHA)? Não , só flertes e cantadas
Arma preferida: facas e facões militares
Comida preferia: Pizza e comida chinesa(frango no molho agridoce com arroz)
Observações:
*sempre veste bem basico com camisetas , calça jeans e tenis sem luxos.
*praticante de parkour extremamente agil e rápido.
*Mãos leves e rapidas
*lutador de rua (extremamente sujo , chute no saco , dedo no olho etc)
abrçs


Resposta do Autor [AlexaLF]: Ok, ok, o personagem em si é tri, legal, envolvente e tudo o mais, na sua ficha nem precisei pedir personalidade, Porém... A sua escrita é... complicada, para não dizer pior, é sério tchê! Sem abreviações!
Mas em todo o caso o personagem está aceito, mas você disse que ele tem 18, certo? Nesse caso ele foi encontrado pelo Instituto já com 18, pois ele será um dos novatos, Tudo bem?


Yane Lee

29/07/2015 às 19:09 • Capítulo 1 Gente nova
FICHA:
Nome Completo: Mikaela Schnee (apenas Mika)
Sexo: Feminino
Idade (De 12 à 18): 16
Aparência(Foto e descrição): https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/71/25/b8/7125b805e314677941ad0c56f6d9dee4.jpg
Apenas 1,50 de altura, corpo magro com seios pequenos e cintura fina, rosto de feições delicadas que junto com todo o resto de suas características dão um ar de boneca nela ou de uma criança, tem algo parecido com albinismo, a sua pele é alva quase translucida, cílios longos e brancos, cabelos até um pouco depois da cintura lisos com grandes cachos nas pontas também brancos, olhos azuis acinzentados, bochechas levemente corados e lábios em forma de coração sempre rosados.
Mutação: Ela congela, a si mesma e as coisas ao redor, diferente das pessoas normais ela nasceu com o sangue frio, então há de se manter a temperatura do corpo dela quente por isso sempre está usando roupas de frio não importa o quão quente esteja, perto de coisas quentes, esta consumindo coisas quentes, pois com qualquer mudança de temperatura corporal ela tende a congelar as coisa ao seu redor e a si mesma, já que não tem muito controle sobre isso, quando as emoções são muito fortes , quando está dormindo, tomando banho, esta sem proteção para o frio, ou é inverno ela congela ela costuma perder o controle. O seu corpo fica frio como a neve e pode até criar uma casquinha de gelo ao redor da pele (como a que cria em algo que colocamos no congelador) e qualquer coisa que encoste congelara, se o lugar for fechado não importa o tamanho a temperatura vai cair, o ideal seria ela pegar sol mas sua pele é sensível a ele e por isso ela não o faz diretamente.
Personalidade: Apesar da aparência infantil e dócil Mika é fria e tem o pavio curto e costuma se ofender com pouca coisa se metendo em brigas constantemente, é irônica e extremamente corajosa sem medo de “atacar” quem estiver por perto, quando perde a pouca paciência costuma parti para luta com quem quer que seja e as vezes congela as coisas, mesmo sendo baixinha é muito forte e habilidosa em luta corpo a corpo o que junto a personalidade explosiva e mutação faz com que a temam, tem um jeito autoritário e orgulhoso detesta seguir regras e ama está no comando, costuma fazer tudo por vontade própria e a ideia de depender de alguém a enlouquece por causa do enorme orgulho, apesar da tendência agressiva é uma pessoa amável por dentro apenas não demonstra pelo orgulho latente e pelo passado, raras vezes mostra a verdadeira face quando está perto de uma amiga próxima quando demonstra seu amor pela amiga com abraços fortes e voz dócil (o que raras vezes é escutada já que a voz costuma está sempre elevada e autoritária e fria) mesmo demorando a partir do momento em que ela considera alguém um amigo torna-se bastante protetora com a pessoa a defendendo com garras e dentes, sendo disposta a se sacrificar pelo mesmo, é alguém leal e honesto, Mika tenta esconder muitas vezes seu lado infantil mas ele acaba escapando quando está a vontade e acaba agindo de forma doce, normalmente é estabanada e descuidada a fazendo cair e se machucar muitas vezes e se recusa a aceitar ajuda dos outros demonstrando a teimosia de uma criança birrenta, odeia qualquer coisa que envolva serviço domestico o que faz de seu quarto algo que seria a representação de um lixão no meio da antártica, tem um vicio enorme por doces e coisas quente de todos os tipos, é inteligente e sabe ser educada apenas não gosta de faze-lo, como não sabe se expressar direito acaba partindo para a o jeito agressivo como quando esta envergonhada com algo, mesmo não admitindo ela se preocupa com os outros e sempre tenta ajudar de alguma forma, por causa da mutação tão instável as pessoas se afastaram dela o que a faz ter ressentimento com todos do instituto, por causa do orgulho as vezes pode soar um pouco metida por achar que é boa em tudo o que faz (o que é uma meia mentira, já que ela é muito desastrada)
História: Não se sabe muito sobre os pais dela, para se dizer a verdade ela foi criada em proveta por meio de fecundação artificial, o pai desconhecido, a mãe então a carregou e no final do sétimo mês de gravidez se descobriu que o feto tinha graves mutações, foi feito um parto forçado, e ela nasceu prematura, a mãe sumiu pois não queria a criança que assim que saiu do útero mostrou o poder de congelamento, Mika foi enviada para um laboratório secreto na Alemanha onde estudaram-na durante anos até ela conseguir fugir, os guardas do laboratório lhe perseguiram e quem lhe salvou fora um dos agentes que lhe enviou para o instituto, por não ter controle dos poderes ela ficou em uma área isolada dos demais ate se descobrir uma forma de controlar ou amenizar eles, com doze anos passou a viver com os outros mas ainda assim a dormir no seu próprio quarto, uma menina tentou fazer amizade com ela que assustada com a atitude que ela nunca vira (já que passou quase a vida toda com adultos) acabou congelando a mesma, o que criou o medo das outras crianças que passaram a lhe tratarem mal e a persegui-la, ela se tornou rude e agressiva para se proteger dos demais.
Apesar de não saber seu pai era um dos terroristas e está atualmente desaparecido, os cientistas que lhe estudaram quando criança eram da organização terrorista e tentavam entender como os poderes foram passados de forma tão idêntica ao do pai mesmo com a mistura do DNA da mãe, assim ia saber como produzir em massa mutantes com os mesmo poderes, o que é dificio.
Manias e vícios: Ela sente muito frio por causa do seu sangue, por isso adora coisas quentes e quando faz amizade com alguém costuma por suas mãos de baixo dos braços das pessoas para aquece-las, também costuma abraçar o amigo para obriga-lo a dividir o calor, e viciada em café e bebidas quentes sempre leva uma garrafinha térmica consigo onde guarda café com leite ou chá, vive falando “tá frio aqui...” não importa o lugar, só toma banho de água quente estilo pelado.
Medos: Morrer congelada, trovões, agulhas.
Algumas coisas que gosta: Calor, cores quentes, fogo, doces, café, chá, livros, musica, animais peludos (por mais cruel que seja ela imagina casacos feitos deles), carne, dormir, ser a melhor, mandar.
Algumas coisas que não gosta: Ter de se desculpar, perder, frio, cor branca, ser albina, neve, frio, crianças (não é que deteste é porque não sabe o que fazer quando está com elas), ser desastrada, ser chamada de baixinha, apelidinhos.
Par romântico, sim ou não: Sim
Arma preferida: Uma espécie de katana feita de madeira, que quando congelada fica tão perigosa quanto uma espada de verdade.
Comida preferia: Café. (ou qualquer coisa que tenha café)
Observações: Tem diversos apelidos que tem haver com seu tamanho, poderes e cor, como o principal e mais usado: “a abominável nanica das neves” , ou “branca e neve” “Yeti de bolso” “princesa do gelo” “princesa freezer” “ovelhinha” “garota gelo” “boneca de gelo” “porcelana” dentre outros, e não é preciso dizer que se chama-la assim corre o serio risco de morrer de hipotermia,
Sempre está com roupa de frio, seja mangas longas, calças, meias calças, meias longas com saias, casacos, cachecóis, gorros e etc... Mas claro que nada exagerado, só quando é inverno.
O tipo ideal de temperatura para ela não precisar usar roupas de frio seria algo entre 50 e 55 graus
Sempre está com curativos nos joelhos, cotovelos, dedos e as vezes até no rosto por ser desastrada.
Ela deve ser uma das únicas pessoas no mundo que consegue tomar café para dormir e não para ficar acordado.


Resposta do Autor [AlexaLF]: Ok, Adorei! Bem tri! O problema é que eu não sei se torno ela melhor amiga da Leah ou pior inimiga .-.
E desculpe, mas não sei se eu vou deixá-la como veterana ou como a novata e eu tenho algumas perguntas, então por favor, fale comigo por MP!!!


Vanserra

29/07/2015 às 22:21 • Capítulo 1 Gente nova
Posso participar??


Resposta do Autor [AlexaLF]: Sim, sim claro! Estou pensando em deixar 3 meninas e 3 ou 4 meninos!


Tesla

30/07/2015 às 16:46 • Capítulo 1 Gente nova
Nome Completo: Jonas DiAfar
Apelido: Sr. Sabe tudo
Sexo: Masculino
Idade : 13
Aparência : Pele muito branca, cabelos longos e grisalhos, olhos azuis e profundos escondidos por um óculos (algo assim http://im.portaisdamoda.com.br/gal135/29192ndm2.jpg, mas com toda armação preta), baixo (1,73), magro de aparência frágil, usando sempre que possível roupas pretas.
Mutação: Inteligencia sobre humana, tanta q pode até prever os movimentos de inimigos, em um jogo de xadrez por exemplo, pode prever as jogadas possíveis do seu adversário com antecedência de 2 turnos, e em uma luta pode prever os movimentos dos seus adversários ( até 3, o numero tende a aumentar ) com até 30s de antecedência. Se é de estratégia q estamos falado Jonas pode prever os movimentos de um exercito semanas antes. (ônus: partes do cérebro geralmente usadas pra outros papéis, como emoções e coordenação motora, são usada para raciocínio)
Personalidade: Praticamente não sente amor (ele ainda pode descobri um), muito menos tristeza, está quase sempre sonolento (pensar cansa), com fome (pensar gasta energia também) e com o olhar perdido no espaço a sua frente. Embora improvável, tem um grande senso de humor e sempre conta piadas inteligentes, quando encontra algo q aparentemente não tem resposta entra em algo parecido com um tranze onde ele desliga todas as funções n vitais do corpo para se concentrar em uma resposta. Também consegue ver beleza em tudo, o que uma das poucas características que não esta ligada à mutação.
História: Quando nasceu não falava, n chorava e nem interagia, seus pais achavam q ele tinha problemas mentais, mas aos 5 meses, depois de ter ouvido palavras suficientes para o seu vocabulário, ele entrou em uma discussão que os pais estavam tendo, o que os surpreendeu totalmente, Jonas aproveitando a pausa deu uma lição de moral nos dois, conforme falava os pais cada vez tinha menos argumentos, até q se calaram e Jonas foi dormir. Quando acordou viu, pelas grades do berço, que seu quarto estava com a porta fechada, tal fato nunca ocorrera antes, saiu do berço e tentou abri-la, e descobriu que estava trancada. Com o passar do tempo viu que somente sua mãe entrava lá para trocar a sua fralda, dar comida e dar banho, sempre com um olhar amedrontado, e quando ele protestava para parar de usar fraudas e ir ao banheiro sozinho ela começava a chorar e saía correndo, sempre trancando a porta. Jonas começou a se entediar e queria sair dali, um belo dia enquanto a sua mãe fazia uma visita rotineira ele pegou um grampo de cabelo dela sem ela perceber e quando ela saiu ele começou a tentar arrombar a fechadura, o q se mostrou um enigma bem interessante para ele. Quando ele saiu ja conseguia usar o banheiro e no caminho ele pegou alguns livros (que ja sabia ler, por ter lido todos os livros infantis de seu quarto). Ele repetiu o processo varias vezes, sempre que precisava ir ao banheiro, até que um dia ele pegou os pais no meio de uma conversa, onde a mãe chorava e dizia que Jonas tinha o demônio no corpo (os pais de Jonas eram muito religiosos e a um bebe de 1 ano e meio que discutia como adulto e n sujava mais a fralda sem explicação aparente, só podia ser obra do satanás) e que o levariam para ser exorcizado, mais uma vez Jonas entra na conversa para se defender, mas desta vez os pais não ficaram paralisados e sim pegaram Jonas e o levaram para o padre, depois de muitos protestos da criança o padre disse que não tinha jeito. E os pais n querendo matar o filho resolverem deixa-lo em um orfanato, e lá ficou até o seu talento chamar a atenção da PEN aos 9 anos, desde então ele tem conseguindo fugir prevendo os movimentos dos terroristas. Aos 11 ele conheceu a IPTCM e não acreditou que eles o ajudariam, pensou que eles o usariam como arma, mas mais dois anos fugindo dos homens da PEN mudaram a opinião dele e ele decidiu que era hora de contra atacar...
Manias e vícios: Jonas tem a mania de responder/corrigir qualquer pergunta/erro as vezes inconscientemente ou propositalmente, o seus vícios são resolver enigmas, sempre que pode e ainda esta sempre com um cubo magico 6x6x6 nos bolsos para caso fique entediado.
Medos: Tem medo da morte, das doenças que afetam o cerebro, e medo dos seus sentimento (que são coisas que ele n consegue explicas/resover)
Algumas coisas que gosta: gosta de resolver problemas, dormir e contar piadas
Algumas coisas que não gosta: n gosta quando pessoas não entendem as suas piadas, que o tratem como criança, e não gosta de pessoas que se acham mt inteligentes.
Par romântico, sim ou não? Vc que decide.
Arma preferida: Armas de fogo (qualquer coisa que evite combate corpo a corpo) Preferencialmente uma pistola Mark 23 ou 9mm com silenciador.
Comida preferia:Comidas bastante calóricas como massas e chocolate
Observações:precisa de treinamento para a coordenação motora, e a "inteligencia sobre humana" se restringe à lógica e um pouco a pensamentos de cunho linguístico, ou seja, uma oratória impecável que pode manipular pessoas. Para Jonas o bem e o mau só é uma questão de consequências e benefícios, se o que ele fizer tiver mais benefícios e menos consequências é o bem, caso contrario é o mau, se "empatar" ele vai preferir SEMPRE ajudar os amigos ou si mesmo, sempre priorizando á si mesmo.


WeirdLuke

31/07/2015 às 00:00 • Capítulo 1 Gente nova
O que mais gostou no capítulo?

Adorei sua escrita, e a ideia geral da história!!!



Nome Completo: Derek Backler
Apelido: Shadow
Sexo: Masculino
Idade: 17 (Quase 18, tipo, faltam uns 3 meses)
Aparência: Cabelo preto meio comprido e bagunçado, olho azul, alto e meio magrelo, com os músculos do abdome e braços pouco aparentes. Em geral usa blusas de manga comprida e folgadas sem estampa, o fazendo parecer mais magro, jeans surrados e um all star qualquer, e tem um cordão com uma amazonita que nunca tira.
https://encrypted-tbn2.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQZUxckmUHPCw6T9F-A_96me7dtzAeR6m0c9Mo_0EzcOvsQM17k
Mutação: Se transforma em um tipo de garoto demônio-sombra que pode passar por paredes, e não sofre efeito de frio ou calor, e a sombra pode se solidificar, nesse estado, possui força sobre-humana, e umas garras afiadas no lugar de unhas.

https://lh5.googleusercontent.com/-Fy-bVKEaNQA/U2u-rZV4ddI/AAAAAAAAAVI/rZZ9LYsP8B0/w800-h800/shadow+boy+oh.jpg

(Algo tipo isso, mas com os olhos azuis brilhantes)
Personalidade: Em geral, calmo, sombrio e quieto, voz baixa e tem a mania de lançar olhares afiados de esguelha ou misteriosos e é bom com olhares em geral. Levemente sarcástico, não perdoa injustiças, covardia e nenhum tipo de desaforo. Ótimo com palavras, mesmo que poucas, nunca perde uma discussão. As vezes é meio rude.

Tem mania de se esgueirar pelas sombras e ouvir conversas ou observar pessoas. Quando se trata de garotas, raramente se apaixona, mas sabe exatamente como se portar, que olhares lançar e o que falar para fazer as garotas caírem por ele. Tem uma baixa auto-estima por conta de seu passado e mutação muito bem disfarçada com um pseudo-convencimento. Adora cães, violões e rock.

É extremamente corajoso e leal, é meio inconsequente, morreria por um amigo sem pensar duas vezes
História: Derek nasceu em uma cidadezinha pacata no interior do Canadá, Viveu em uma fazenda com os pais e a tia, sempre se seu bem com os cachorros, mas teve medo dos cavalos, aos 2 anos a mutação começou a se manifestar, a tia foi a única que o aceitou completamente de início, os pais o aturaram até que com 5 a mãe morreu, o pai ficou devastado, se afundou na bebida e descontou no garoto até torturá-lo, A tia fazia o que podia para defendê-lo. Aos 8 anos, o pai de Derek foi preso, e aos 10, depois de muitos problemas com violência na escola, algumas autoridades descobriram sua mutação e o caçaram, mataram sua tia e o perseguiram pelas ruas depois que ele fugiu com pouca bagagem e apenas duas facas velhas do pai para se defender. Conseguiu se refugiar num orfanato depois dos 12 anos e de aprender a controlar e esconder a mutação, se refugiou num orfanato, até que finalmente deixou escapar com 17, e o Instituto o descobriu, e o abrigou.
Manias e vícios: Estalar o pescoço, ficar mexendo em seu cordão, e quando está tocando violão, as vezes pára no meio da música e fica tocando duas notas repetidamente por um tempo em um ritmo estranho. As vezes olhando para o nada, acaba pensando em coisas boas, e começa a sorrir involuntariamente.
Medos: Formar vínculos e de cavalos.
Algumas coisas que gosta: Chuva, neve, climas frios, fogo, ver garotas com sobretudos, pessoas ruivas, cachorros, música, comida italiana, árvores, facas e antiguidades.
Algumas coisas que não gosta: Modernismo, calor(do clima), cavalos, comida chinesa, cenouras, jogos de cartas.
Par romântico, sim ou não? Yep!
Arma preferida: Duas adagas.
Comida preferia: Macarrão ao alho e óleo.
Observações: Nop



Sr D Black

31/07/2015 às 18:18 • Introdução ao Instituto
Muito bom , adorei , personagem ficou perfeito, Beth é legal e vão tomar um porre juntos kkkkkkkkkkkkkk
pensei q o Lex seria o mal-educado , mas o Derek é mais , aonde se viu entrar sem bater na porta , corre serios riscos de ser morto kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
abrçs


Resposta do Autor [AlexaLF]: KKKK! Essa é boa! Mas no fim, os dois são meio mal educados, eu não sei... Pensei em deixar o Lex levemente arrogante e gerar treta entre ele e o Derek! KKK


Miss Jackson

31/07/2015 às 20:02 • Introdução ao Instituto
Vou falar de personagem por personagem e depois sobre o capítulo em geral tá bom?
Leah: Eu não sei por que, mas a Leah me parece uma pessoa fria de mais que acaba descontando tudo nos outros ( olha quem fala né). Mas eu gosto dela.
Aurélio: AIII QUE NOME GENIAL CARA (ta parei, juro) Ele tem uma quedinha pela Leah ou só impressão mesmo? PREVEJO UMA MEGA TRETA ENTRE ELE E O LEX, E EU A-M-O TRETA
Len: Melhor veterana na minha opinião, simpática, receptiva e tudo mais.
Sobre Mikaela e Jonas não tenho muito o que falar, mas li a ficha da Mika e adorei ela.
Derek: Menino ERIK sombrio, fica entrando no quarto dos outros sem permissão, um absurdo, não aprendeu modos não? TA EU JURO QUE PAREI. EU ADOREI ELE
Lex: DIVO, ADORO, TEM QUE DAR BEBIDA PRAS DAMAS SIM, APENAS ISSO HOMEM INVISÍVEL
Nem preciso falar da Beth né?
Sobre o capítulo: Eu adorei o jeito que você abordou minha perturbada favorita. E ela já começa fazendo o coitadinho sofrer? Que dó. EU PREVEJO MUITAS TRETAS NESSA FIC CARA, MUITAS TRETAS.
Tá agora eu parei mesmo, pq o comentário está no fim (ahhhhhhhh :( )
Eu sou meio problemática, me desculpe.
Adorei o cap e estou ansiosa para o próximo...
Bjos e até lá...

xxMissJxx


Resposta do Autor [AlexaLF]: AAAAH QUE MASSAA QUE TU GOSTOU! GAMEI nesse comentário, e nem te preocupa, as tretas virão! E já estou escrevendo o próximo cap., vejo se posto até as 2 ou 3 da manhã (Sim, eu não sei dormir cedo) Não vou poder postar amanhã até as 8 da noite por estar na casa da minha tia em Chapesó-SC e amanhã as 9 eu volto para casa (Santa Maria-RS) e a viagem é de 5 horas. E até eu chegar em casa, arrumar as coisas, e estudar um pouco para a prova de Eletro na segunda, dão 7 ou 8 da noite! Mas daí eu escrevo o 4 e quem sabe já posto, porque o 3 está em 30%, e como eu disse, pretendo postar ainda hoje, digo... Amanhã (até as 3 da manhã)... Ou hoje... Enfim...


ADivas

31/07/2015 às 20:09 • Introdução ao Instituto
Ei, para quem disse que não sabia criar títulos(eu sofro com isso, acredite), você soube escolher muito bem para esse capítulo. Nenhum outro teria ficado tão bom quanto esse ficou, afinal, ele resumiu bem o que aconteceu, que foi exatamente o conhecimento do lugar, do instituto. Uma introdução! Depois, eu entendo perfeitamente que alguns personagens, em determinados capítulos, vão sim aparecer mais que outros, isso é normal, desde que em outro, sua história seja recompensada. Claro que a gente adora ver o autor relatando e usando o nosso personagem, mas não tem como focar TODOS os capítulos em um personagem só, né? E eu acho que você vai saber lidar com isso bem, já que são poucos personagens. Quando são muitos, acho que dá confusão.
Eu ia dizer que senti falta dos relatos físicos dos personagens, à medida que você ia contando sobre eles, mas vi que você meio que compensou isso ao longo do capítulo. Como sugestão, acho que ia ser legal você postar a fotos dos personagens nas notas finais do próximo capítulo, pra gente poder visualizar melhor eles.
Quanto a história dos personagens, sei que você vai saber desenrolar também, não teria como a gente ficar sabendo de tudo logo no primeiro capítulo, né? haha Aos poucos, no entanto, acho que fica legal se nós, leitores, conhecermos eles.
A Len é a outra veterana super amiga da Leah?
Bom, até o próximo capítulo! Abraços, autora.


Resposta do Autor [AlexaLF]: Siiim! Concordo com você, e por favor, leia a minha resposta ao comentário anterior, lá eu disse quando posto os próximos, justificativa e talz)
Mas como eu ia dizendo... SIM!! OBRIGADA!!! Que bom que tu gostou! E essa coisa de postar as fotos, eu já tinha pensado nisso e vou fazê-lo!
Muito obrigada pela compreensão geral! E sobre as histórias, é bem essa a minha ideia, desenrolar lentamente ao longo da história geral, até porque eu acharia beeem chato ler uma história em que eu já sei de tudo sobre os personagens(A parte principal da história) no primeiro cap.
E finalmente, sobre as descrições físicas dos personagens, também falarei mais delas ao longo da história, pois não sei se você notou, mas o "Narrador" por si só, fala pouco dos personagens na visão "Dele", mas explica como os personagens veem uns aos outros.
Ex: "Fulano notou que sicrano era assim, assim e assado!" E não "Sicrano, era um cara assim, assim e assado"
Isso é na verdade uma estratégia de escrita, muito legal na minha opinião, que passa aos leitores a impressão de estar "Dentro" da história. Tipo, os leitores não vão chegar ali sabendo tudo sobre todos, eles terão que descobrir junto com os personagens.
É uma estratégia meio difícil de usar, e de manter em toda a história, por isso a minha não ficou muito boa, até porque eu soumeio pamonha escrevendo, mas enfim... Espero que eu tenha explicado bem e que tenha gostado!!!
Beijooos!!!