Comentários em Tambores da Bruxa

Avah

08/03/2015 às 18:49 • Pound me the witch drums
O que mais gostou no capítulo?
Omg o q foi isso? Q one maravilhosa, amo o assunto. Tá demais

.

Resposta do Autor [Lady Morgana]: Hey, Avah (amo esse nome)! Fico mega feliz que tenha gostado Acredito que não seja um tema abordado com frequência, e sempre despertou minha curiosidade. Valeu muito a pena escrever, pois aprendi bastante coisa *-*
Muito obrigada por ler e comentar, sua linda!! ^^


Pythonissam

09/03/2015 às 13:13 • Pound me the witch drums
Só de pensar na grande quantidade de coisas que você deve ter tido que pesquisar para fazer essa one a preguiça já toma conta de mim. Sério, como você conseguiu?
Mas, enfim, me apaixonei pela sua escrita e pelo conteúdo.
Sou extremamente contra abusos e acho até que deveria ter uma Bokor aqui no Brasil, hahaha.


Resposta do Autor [Lady Morgana]: Olha, foi uma semana pesquisando sobre kkkkkkkkk' Felizmente, encontrei alguns sites e um filme (inspirado em fatos .-.) que aborda maravilhosamente bem todo a religião Voodoo, mas não foi fácil. Gosto bastante de pesquisar antes de escrever, e esta me deu uma canseira xD
Que ótimo que gostou, flor É um tema muito interessante e rico, que não vejo ser abordado com frequência (não só em fanfics). Estou com ideias para mais uma, mas preciso sossegar um pouco esse fluxo de ideias que já tenho uma fila de originais para escrever kkkkkkkkk'
A Erzulie e Joséphine deram uma boa lição nesses "ômi" que acham que mulher é um objeto qualquer, para ser usado quando eles bem entenderem. "deveria ter uma Bokor aqui no Brasil" Quem sabe. Talvez tenha...
Muito obrigada por ler e comentar, Vasilissa (Esse nick é por causa de "Vampire Academy"???)!! ^^
P.S. Desculpa pela demora em responder, mas o meu teclado não está funcionando direito e tenho que usar o Teclado Virtual :((


Maria Jane da Holanda

15/03/2015 às 15:03 • Pound me the witch drums
Simplesmente sensacional! Perdi o ar em algumas partes, porque eu queria ler mais e mais e mais. E essa Erzulie? 100% sensacional! Fiquei com muita raiva desses omis, e acho que tiveram o fim que mereceram. MARIE LAVEAU, É VOCÊ?!!?!?! HAUSHUAHSUHA, essa fic tá no heart, gente! ♥
Conforme lia, não pensei que a Erzulie era uma entidade, achei que só tava morta mesmo. Mas foi a maior surpresa! E olha que eu sou de prever as coisas que leio ou assisto, cheguei a ficar arrepiada! Cara, e esses mortos-vivos? Os tambores ecoando? Esplendoroso, tô apaixonada! Chegou a dar medinho, viu?!
E quanto a escrita, tenho sempre que ressaltar que você é diva-mor da escrita, né, amiga? Perfeito, capaz de criar um filme na minha cabecinha pouco imaginativa. Dom que poucos tem. Ficou demais, cara. Parabéns! ♥


Resposta do Autor [Lady Morgana]: Sabia que tu iria gostar! Mas olha, que fanfic enjoada de escrever. Passei uma semana só pesquisando sobre o assunto. Não é muito fácil achar informações sobre, especialmente em português, mas o que encontrei foi bem interessante
Erzulie *-----* Ela dá uma boa lição de moral no final.
Marie Laveau linda e diva, servindo de inspiração para minha Joséphine
Pois é, ela é uma entidade bem poderosa do Panteão Haitiano. A sua face amorosa é correlacionada, pelos adeptos do Voodoo, com a própria Virgem Maria (mas sem o conceito errôneo de "virgindade"). Ah, sempre quis falar de necromancia, pena que não deu pra eu me aprofundar muito no assunto. Acho que vou aproveitar que deixei a fic em aberto, e criar mais um capítulo abordando isso e mais duas entidades que achei interessantes.
Ah, Mari, sua linda ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ Muito obrigada, viu? *-------*


Huning

15/03/2015 às 16:39 • Pound me the witch drums
Caralho, que enredo foda.
Adorei o desenvolvimento da história, não decepcionou em nada.
Irei acompanhar.
J.V.Huning


Resposta do Autor [Lady Morgana]: Ah, muito obrigada!!! ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ É um enredo diferente, eu acho, já que o tema não é muito abordado (eu, pelo menos, nunca vi uma fic abordando Voodoo). Fico muito feliz que tenha gostado. Pretendo fazer mais um capítulo apenas, mas ainda estou decidindo se estarão interligadas, porque pretendo abordar outras entidades do Panteão Haitiano *-----*
Muito obrigada por ler e comentar, J. V. !! ^^


Itan Quirana

20/03/2015 às 17:19 • Pound me the witch drums
Uauuuu, lindo demais adorei tudo na sua fanfic, nunca tinha lido nada a respeito apenas quadrinhos e um seriado de terror, então ler sobre foi uma experiencia incrivel, é uma pena que a história não tenha uma continuação me apaixonei demais história, demorei a comentar por que li duas vezes, e que coisa passou muito rapido, parabéns


Resposta do Autor [Lady Morgana]: Aike ótimo, Itan!! Fico muito feliz que tenha gostado, porque essa foi uma fic bem complicada de ser escrita. Realmente, não é uma tema muito abordado por aqui (Nyah), o que é uma pena, pois as possibilidades são muitas Pois é, não penso em escrever uma continuação, mas como (por um descuido) deixei a fic em aberto, estou pensando em escrever mais um capítulo original. No caso, iria abordar mais duas entidades do Panteão Haitiano.
"demorei a comentar por que li duas vezes, e que coisa passou muito rapido" *ooooooo* Não sabe quão aliviada fiquei em ler isso. Eu, por exemplo, não gosto de Ones muito grandes, mas não teve como escrever algo menor que isso. Acho que o número de palavras pode acabar assustando a maioria dos leitores. Tentei ao máximo deixar a estória fluida para não cansar ninguém *-----*
Muito obrigada por ler e comentar, Itan!! (Quem sabe) Nos vemos no próximo capítulo ^^


Bilbel

25/04/2015 às 01:58 • Pound me the witch drums
Lady Morgana, entre o que eu costumo ler, classificaria seu capítulo como gigantesco, mas não são apenas as cinco mil palavras, são o gigantesco talento em dar atenção aos detalhes que nos fazem imaginar as cnas, e o gigantesco não-posso-parar-de-ler, e o ginantesco e-agora-? No final. Eu resovi ler sua história, não pela capa, não pelo facrbook, e não pelo grupo, este foi só o caminho, há algum tempo eu queria ler algo sobre Bruxas, porque comecei uma fic sobre e não soube levar em frente e queria achar um rumo. Não achei, acho que fantasia não é "a minha", mas achei seu texto que me foi muito bom, e estou felz por achar uma fic com tanta cara de livro por aqui. Espero que seu gigantesco nunca diminua, porque assim, poderei continuar gostanto gigantescamente da sua escrita. Obrigada Morgana, pela oportunidade de ler Isso. Até mais o/


Resposta do Autor [Lady Morgana]: Aike comentário mais perfeito ♥ :3
Meu maior receio com essa One foi o tamanho do capítulo. Sei que muitas pessoas passam longe quando veem a quantidade de palavras, por isso minha felicidade é ainda maior quando alguém comenta.
"há algum tempo eu queria ler algo sobre Bruxas, porque comecei uma fic sobre e não soube levar em frente e queria achar um rumo." Poxa, que pena :((( É tão difícil achar boas histórias sobre bruxas por aqui. Eu amo Fantasia, tanto ler quanto escrever. Quem sabe você não mude de ideia no futuro?
"mas achei seu texto que me foi muito bom, e estou felz por achar uma fic com tanta cara de livro por aqui. Espero que seu gigantesco nunca diminua, porque assim, poderei continuar gostanto gigantescamente da sua escrita." Nossa, muitíssimo obrigada *-------------* Fiquei muito feliz em saber que gostou tanto da minha história, e desejo que a minha gigantesca vontade de escrever nunca se perca entre as decepções...
Muito obrigada por ter lido e comentado, Bilbel!! ^^


Anne Lander

29/05/2015 às 19:49 • Pound me the witch drums
O que mais gostou no capítulo?

Cultura



Estou abismada com a sua história! Perdi o fôlego algumas vezes e quando o encontrei, voltava a perdê-lo. É sensacional! Adorei cada detalhe, pausei algumas vezes para pesquisar e ter uma noção de alguns deles e me surpreendi. O trabalho ficou muito vivo. Realmente, eu me senti dentro da história, cada som, cada cor, mínimo detalhe.
Parabéns, ficou incrível. Simplesmente incrível.
Estou sem palavras.


Resposta do Autor [Lady Morgana]: Aike felicidade em saber disso, Anne! Essa foi uma história que gostei muito de escrever, por abordar um assunto que considero super interessante (e porque nunca vi algo parecido por aqui). "[...] pausei algumas vezes para pesquisar e ter uma noção de alguns deles e me surpreendi." Wow, isso me deixa ainda mais feliz!!! Pode soar um pouco prepotente da minha parte (juro que não é o que desejo), mas gosto de escrever não só por divertimento, mas para instigar os leitores. Para que se interessem por coisas novas e pensem um pouco mais sobre os assuntos que leram *-*
Muito obrigada pelos elogios, flor, e por ler e comentar ♥


Sober

29/05/2015 às 23:44 • Pound me the witch drums
O que dizer dessa fic tão curta, mas que já considero muito (embora tenha demorado pra comentar)? Se a experiência de ler foi fascinante, imagino o quão mágico não deve ter sido pesquisar sobre a cultura haitiana.
Adorei a fic. Não consegui parar de ler. Ia devorando linha por linha e acabou. Eu sentia tensão de tudo e as coisas iam rolando e eu imaginando o fim e você vai e coloca um final que me faz querer saber mais. Saber o que rola com ele depois que começa a aprender as coisas e... '-' Era um dual, né? Dual envolve dois capítulos '-' Então poste o outro, por favorzão. Esse merece. Raramente acho fics boas e aí, quando encontro, são pequenas.
Enfim, amei, adorei, é isso aí, não pare de escrever nunca. Beijo ♥


Resposta do Autor [Lady Morgana]: Hey, Blackheart! Que bom vê-lo por aqui :3
Foi maravilhoso pesquisar sobre, saindo um pouco das lendas europeias. Ainda quero falar sobre a Cultura Africana (Orixás) e Mexicana (La Catrina)
Olha, escrever suspense é um desafio grande. Adoro histórias do gênero, mas acho tão difícil escrever sobre. Tentei, ao máximo, transferir a tensão através das palavras e espero ter conseguido. "Saber o que rola com ele depois que começa a aprender as coisas e... '-'" kkkkkkkkk' Juro que terá uma continuação, mas cê sabe como as coisas estão complicadas, né? *Faculdade*Cof cof* O enredo já está quase pronto, na minha cabeça, só falta tempo para colocar no papel. Irei apresentar mais três entidades do Panteão Haitiano *-*
"Enfim, amei, adorei, é isso aí, não pare de escrever nunca." Aike lindo, cara!! Muito obrigada Pode deixar! Deixar de escrever seria o mesmo que parar de respirar para mim.
Beijos xoxo


Evo Gonzales

16/06/2015 às 23:11 • Pound me the witch drums
Puxa vida, realmente só me resta dar os parabéns. Tua escrita e tua criatividades são dignas de uma rainha das fics, muito obrigado por existir!!!!


Resposta do Autor [Lady Morgana]: Evo, seu lindo ♥ ♥ ♥ "Tua escrita e tua criatividades são dignas de uma rainha das fics, muito obrigado por existir!!!!" #chorando Nossa, não sei nem o que dizer. Me esforço muito para escrever boas histórias que acrescentem algo, mesmo que minimamente, na vida das pessoas que leem. Por isso um comentário como esse me faz tão feliz!
Muito obrigada por ter lido e comentado, meu querido!! ^^


Akhanta

18/06/2015 às 13:04 • Pound me the witch drums
Muito Foda! Tu pretende escrever mais um conto desses? Fiquei fascinada com a estória toda, os detalhes sobre a cultura da cidade, quanto os religiosos. Realmente gosto desse tipo de assunto, muito bem escrito. Tudo muito bem desenvolvido! Gostei mesmo! Adoraria outro conto!


Resposta do Autor [Lady Morgana]: Pretendo sim e estou quase fazendo como continuação do primeiro capítulo, mas pretendo abordar outros Loas do Voodoo *-* É a segunda vez que coloco Nova Orleans em uma das minhas histórias (postadas). Não gosto muito dos EUA, mas esse é um lugar que pretendo visitar um dia, pela cultura e mistérios que guarda E poder abordar a Mitologia Haitiana foi tão legal! Voodoo sempre foi algo que despertou curiosidade em mim (uike esquisita xD), mas nunca tinha parado para pesquisar sobre. Essa história foi um bom motivo.
Quero muito postar outro, e espero fazê-lo nessas férias o/
Muito obrigada por ler e comentar, Betahz!! Nos vemos no próximo ;)


Alexeievna

09/07/2015 às 10:00 • Pound me the witch drums
O que acha que precisa ser melhorado?

Esta pergunta é inútil aqui.



O que mais gostou no capítulo?

Toda a história hahah sério, eu gostei de tudo!



Menina!

Eu tô assim, óh, de queixo caído! Eu tinha lido essa onde há algum tempo, mas li pelo celular e depois esqueci de comentar huehue sorry! Mas de qualquer maneira, vim aqui ler novamente e novamente me surpreendi por essa maravilhosa one. Toda a pesquisa, a mitologia, o enredo, os personagens... Nossa, simplesmente, UAU. Sério, super bem escrita e ao mesmo tempo aborda um tema que estamos e não estamos acostumados, como bruxas e a cultura haitiana. Eu simplesmente amei os personagens, mesmo os malvados. E Joe, um amorzinho! Erzulie linda, maravilhosa, poderosa, gosto assim! haha fico até sem palavras, eu amei tudo. Principalmente essa citação "Por fim, pelas jovens que não têm direito de se divertirem sem que alguém aproveite-se da situação, como se as roupas que usam, os gestos que fazem, e sua beleza fossem um convite aberto para serem invadidas por qualquer homem que assim desejar fazê-lo." Eu vou tatuar isso na minha testa! adklshadskjgads sério, perfeito, parabéns. Parabéns pela capa maravilhosa, pela ideia original, pelos personagens críveis e também pela lição que sua one passa. E agora, "não parabéns" por nos deixar querendo mais hahah ♥


Resposta do Autor [Lady Morgana]: Eike linda ♥ ♥ ♥
Essa One foi tão maravilhosa de escrever! Tive que passar umas duas semanas pesquisando, todos os dias, sobre o assunto.
Infelizmente não é uma mitologia abordada com frequência, mesmo sendo riquíssima. Eu sempre gostei de Nova Orleans e desse lado místico (e não é a primeira vez que abordo isso em uma história). É um dos poucos lugares que desejo visitar nos EUA (junto com Salem e o Parque do Harry Potter, porque né kkkkk'). Quando surgiu a oportunidade de escrever sobre, fui com tudo xD
Pois é, o que deu certa visibilidade para essa área foi American Horror Story: Coven. Honestamente, tomei horror dessa temporada, porque o que surgiu de fanfics sobre "bruxas" seguindo a linha equivocada dessa série ¬¬' E é um tema que AMO-DE-PAIXÃO-PRA-TODA-VIDA-E-ALÉM escrever e conversar sobre.
Joe é um fofo Erzulie é diva, né? Já chegou lacrando os idiotas u.u
Isso foi um desabafo em nome de todas as mulheres que precisam passar por isso todos os dias. Vamos fazer uma blusa! kkkkkkk'
Ah, muito obrigada, flor!! Muito feliz que tenha gostado, porque essa fic foi muito engrandecedora para mim.
"E agora, "não parabéns" por nos deixar querendo mais hahah" kkkkkkkkkk' Eu quero muito voltar a escrever sobre, mas já tenho uma long e uma short em andamento, então, por enquanto, a ideia precisará ficar arquivada.
Muito obrigada por ter lido e comentado!!


Alice

01/08/2015 às 18:09 • Pound me the witch drums
Amei muito essa fic. Pena que acabo, por mim historias boas como essa nunca deveriam terminar. Parabéns!


Resposta do Autor [Lady Morgana]: Aike linda, você! Eu até queria fazer uma continuação, mas, por enquanto, está enviável. Mais pra frente, quem sabe
Muito obrigada por ter lido e comentado, Júlia!! ^^


sweetheart

04/10/2015 às 17:31 • Pound me the witch drums
Olá! Hihihihi, você foi a ganhadora do sorteio. Segunda o post vai estar na nossa página, mas vamos ao que interessa.
Devo confessar que nem sempre eu comento a história que vou resenhar (por falta de tempo, e às vezes para não estragar a surpresa), mas depois eu volto e comento com mais calma. Mas, na sua história, senti a necessidade de comentar logo.
Meninaaaa, eu adorei! Meio que me fez lembrar um pouco da Marie de AHS:Coven. Não sei se você já assistiu ou se pegou de inspiração, mas enfim, adoreeei mesmo.
Além de estar impecável no quesito escrita, construção, achei a ideia bem original mesmo.
E me senti super vingada com esse final, nojentos. Estupro é uma coisa que repudio muito. E acho que um estuprador merece sofrer da pior coisa possível, rs.
Deixando o lado pessoal de lado, falando mais sobre a sua história mesmo, você está de parabéns! Me senti super familiarizada com o ambiente, a caracterização e as personagens. Essa one foi um achado. Entrou facilmente na minha lista de favoritos. s2


Kalaschnikow

25/02/2016 às 01:10 • Pound me the witch drums
CARAMBA!Moça você realmente tem o dom, bem que eu sabia que ia adorar no momento em que vi você divulgando no outro post, só me arrependo por não ter me interessado pelo gênero antes, e lido logo essa maravilha.
Agora sério, as vezes da uma vontade e baixar a Erzulie e sair por ai vingando todas as mulheres que sofrem abusos, porque de verdade, não é fácil não!
Bom é isso, haha, beijão.
P.s. Escrevi pelo celular, então se encontrar qualquer palavra esquisita, saiba que não foi intrncional.


Wendy Fernandes

11/03/2016 às 14:28 • Pound me the witch drums
Foi perturbador, mas de um jeito eletrizante. Não serei hipócrita: a vingança foi mais que merecida, entendo a dor daquelas que foram violada e a reação a desgraça do agressor sempre será, para mim, de alegria.
No Sagrado Feminino, minha Deusa de culto me consola de modo diferente, mas estaria sendo hipócrita se dissesse que nunca pensei na possibilidade de usar a magia desse modo. A história foi muito bem construída, me prendeu até o final, e eu digo: obrigada, Joséphine.