Comentários em Kuro-chan

stars lovely

04/10/2014 às 15:44 • Capítulo Único
O que mais gostou no capítulo?

Fay T^T



Até quando a pessoa faz um poema sem rimas a coisa fica lindae-e (não vou nem comentar esse seu talento estranho e divo u.u). Fay, seu fofo!!! A culpa não foi sua ok? T-T Poema muito bom, muito Kuro-Fay, muito Clamp (porque não basta ser divo, tem que ter algo trágico e o fim feliz e meio que 'o que houve aqui?'). Acho que de tudo, a parte que eu mais gostei foi "Ele assistiu seu amor quebrado. E trouxe das cinzas um sorriso fraco.". Simplesmente perfeito demais, como tudo que você faz, sua autora diva! Faça mais fics (mas fics de verdade, com bilhões de capítulos!) desses dois, okay? Arrasou! ^^ Bjos.


Resposta do Autor [Blue Butterfly]: Stars Lovely, sua linda fofoleta^^
Prepare-se, em breve vem uma linda fic KuroFay quentinha e doce saindo do forno cheia de capítulos - tá, deve ter uns quinze, mas tá valendo ^^
Bjs


Marcondes

28/11/2014 às 13:17 • Capítulo Único
Apesar de ser curtinho, o seu poema possui um lirismo bem agradável e intenso. Achei bem legal da sua parte você retratar um pouco da convivência do Fay e do Kurogane com palavras tão belas.
Parabéns!


Resposta do Autor [Blue Butterfly]: Ah, obrigada. Fico feliz por ter gostado ^^


teffy-chan

24/02/2017 às 19:07 • Capítulo Único
Gente, que poema mais lindo! 
Ultimamente eu ando muito viciada nas obras da Clamp... o último anime que eu vi foi justamente Tsubasa, aí ele não tem final né, eu fui procurar o mangá, e meu deus, ele acabou comigo... e agora eu estou aqui feito uma louca, atrás de fanfics KuroXFye e TouyaXYukito (eu sei, eles apareceram pouco no anime, mas despertaram meu shipp por esse casal fofo ♥ ) Eu preciso de mais fics deles! Escreve mais fics deles, por favor! Se esse poema curtinho já é lindo, imagine uma fic inteira, com vários capítulos? Ahhh como eu adoro esses dois! ♥  Você está de parabéns, mais uma vez o/
Kissus^^ 


Yumi flowers

14/07/2024 às 20:49 • Capítulo Único
O que mais gostou no capítulo?
Seu sorriso falso se esconde através da dor, um ódio inexplicável de si, sendo resumido ao um amor quebrado, que se descostura nos imensos olhos azuis que refletem uma tristeza profunda.

.