Cherry Pitch > Recomendações

Entrevista Com Leo Valdez

Cherry Pitch

26/10/2013 às 19:14
Nessa história de Debby Valdez, fala sobre um programa de entrevistas na TV Hefesto, Entrevistas com Leo Valdez.
A fic é cheia de comédia, romance e super revelações, que você ficará de boca aberta quando descobrir o que os personagens na quais você é fã, ou você tem vontade de matar esconde "através das câmeras".
Já li várias fics, entre elas Hermione para Draco, A Marriage?, Coisas que Sirius Black não deve fazer... são tantas fics que perdi até as contas! Mas essa se destaca. Está na lista das favoritas das favoritas, das deusas das favoritas, das deusas das deusas das favoritas!! Debby Valdez, Leo Valdez e Nico di Angelo: vocês são demais! ++ Percy Jackson e Annabeth Chase, meus ídolos!

A Marriage?

Cherry Pitch

26/10/2013 às 21:39
A história é muito boa! Apesar de alguns erros de grafia, nos quais percebi enquanto lia, com a velocidade que meus sonhos e meus olhos bons para a literatura me permitiam. A história é muito envolvente, apesar de eu estar puxando os cabelos, socando o laptop e jogando meus brinquedos, almofadas, cadeiras e edredons no chão, histérica, para que lance o 23º capítulo (e eu espero que penúltimo capítulo).
Desde o início achamos Afrodite chata. No final, a achamos má. Ficamos com muita pena de Atena, apesar dela ter falado de Percy e termos vontade de socar a cara dela, sim, ela é legal, justamente porque lê romances adolescentes também, e não só clássicos como Shakespeare e Alexandre Dumas. Acho que a historia pega um tiquinho de modernidade quando você coloca uma deusa escolhendo lingeries e lendo Meg Cabot.
A história é ótima, e essa é uma super recomendação, não sei se você percebe. Anne Sophie nos envolve na leitura, como se fossemos os personagens, e quando ela acaba a história e vemos o sarcasmo dela nas notas finais deixa um pouco de nervosismo, pois queremos tanto o próximo capítulo e tem as drogas de notas finais atrapalhando, mas bem que às vezes elas são boas, como elogiando pessoas que postaram comentários para a fic ou a autora afirmando que a história não vai acabar por falta de tempo, sem a história ter um final bom, na qual a personagem principal não irá morrer por uma espadada, luta de poderes ou de depressão, que são as mais prováveis.
Beijos,
PercabethS2.

One Shot-Photograph

Cherry Pitch

12/03/2016 às 15:39
A história é muito boa, adorei! Os trechos da música do Ed (te amoooo, Ed Sheeran!! s2) encaixaram perfeitamente nos pedaços da história em que se encaixaram, e eu realmente consegui visualizar cada cena descrita pela autora. É realmente uma fanfic muito boa, eu recomendo muito para os fãs de Instrumentos Mortais e, principalmente, os fãs de Clace (Clary+Jace, amo vcs!!!).

Wrong Number

Cherry Pitch

12/03/2016 às 16:01
Adorei a ideia do Magnus e do Alec se conhecerem por um erro de número de telefones... Achei super criativa, e achei bem fofa a história, e realmente me deixou curiosa pra quem vai se contatar antes, se o Alec vai falar alguma coisa pra Izzy... Eu realmente adorei a história, tirando o fato de que eu sou uma Malecnática (existe esse nome?? Enfim, se não existe eu tô inventando!). Parabéns pela fic. Me grudou mesmo que eu tenha lido apenas dois capítulos, e eu adorei a criatividade. Consigo reconhecer uma história criativa quando eu vejo uma.

Midnight Kiss

Cherry Pitch

09/08/2016 às 11:54
Amei essa história!!
É a primeira fic SnowBaz que eu vejo aqui, e estou doida para que já coloquem a opção de dizer que a história é "Carry On", e não "Fangirl", que aí fica mais fácil de procurar...
Enfim, vamos à história.
É maravilhosa. Me deu a entender que é au/ua (universo alternativo, para quem não sabe), porque eles não falam nada de serem bruxos, e não fazem feitiços e nem falam de seres fantásticos (FANTASTIC BEASTS AND WHERE THEY LEAVE *-*.)
Mas achei SnowBaz bem legal nessa fic, e EU SUPER SHIPPO WELBELUNCE (Penelope e Agatha, pra quem não sabe... - Wellbelove, sobrenome da Agatha e Bunce, sobrenome da Penelope)!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Bom, espero que leiam - e gostem - da fic como eu gostei! :)

Who We Are

Cherry Pitch

10/08/2016 às 19:35
Eu não sei porque ainda não recomendei essa história antes. Na verdade, sei, sim. Porque quando eu terminei meu computador quebrou e eu perdi essa história, e fiquei até hoje procurando (e, finalmente, ACHEI!). Enfim, TODOS OS CASAIS DESSA HISTÓRIA ME CONQUISTARAM COMPLETAMENTE! Essa é a primeira fic que eu comecei a ler. Eu vim por James/Lily, mas eu fiquei TAMBÉM por Sirius/Lene e por Remus/Dorcas. Essa fic é escrita com maestria e realmente me conquistou! Parabéns!! s2

Paralelos

Cherry Pitch

24/08/2016 às 22:07
Não faço muitas recomendações, só quando a história realmente me marca. Normalmente deixo para recomendar no final da história, mas para essa eu não aguentei. Já escrevi um comentário "estilo textão", e provavelmente vou falar muito aqui! hahaha
A história é maravilhosa! Várias referências à "Hobbit", "Senhor dos Anéis", "Harry Potter" e "Alice no País das Maravilhas" são apresentadas, e o enredo é maravilhoso. A escrita é perfeita! É uma leitura super leve, que flui maravilhosamente bem. Eu estou morrendo de curiosidade para o que vai acontecer.
As sensações descritas pela personagem também são partes bem marcantes. E o são, porque nós nos identificamos por esses sentimentos, essas sensações... O desejo da protagonista de que algo extraordinário aconteça na vida dela (como de fato aconteceu) está muito bem apresentado, tal como faz com que nosso (acho que falo por todos que lerem essa história, pois é impossível não sentir isso) coração se aquece ao vermos que não estamos sozinhos nesse mundo de leitores que desejam que uma carta de Hogwarts passe por debaixo da nossa porta quando fizermos onze anos, que um sátiro venha nos buscar quando fizermos doze, que possamos cair numa toca de coelho e visitar o País das Maravilhas, ou esperar o Gandalf bater à nossa porta aos 50 (quem sabe?). É sempre bom saber que existe alguém que compartilha de uma coisa que sentimos, é sempre bom saber que não estamos sozinhos nessa.
Por esses diversos motivos, eu indico ler essa história, pois é algo tão fantástico que eu mal estou conseguindo acreditar até agora que li algo tão maravilhoso, tão perfeito, como essa história. Eu realmente indico, e indicaria mais um milhão de vezes se fosse necessário.

Uma Historia Para Dormir

Cherry Pitch

06/09/2016 às 19:49
Essa história é tão maravilhosa ♥ ♥
Eu quase nunca recomendo histórias, só quando a história é realmente muito boa, como essa. O Scorpious é tão fofinho criança, e o Draco falando sobre si mesmo e sobre o Harry também é tão fofo!! E essa fic é... FOFA! Essa é a palavra da fic. Fofura. ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
E... Bem, por que alguém iria querer Cinderella se pode ter Potterella, não é? ;)

A propósito, o que você está fazendo perdendo tempo lendo isso?! Vai logo ler a fic!

Culpada

Cherry Pitch

18/09/2016 às 17:53
Essa história é maravilhosa! Adoro o jeito que a trama se desenvolve!! Amei a Lily nessa fanfic, e como o James ajudou a Lily, se arriscou por ela, confiou nela..
Só não acho o Snape babaca. Porque nessa fanfic ele foi colocado como psicopata, mas em universo alternativo tudo conta ;)
Enfim, acho que todos deveriam ler essa história!! :)

(Percebe-se que eu não sou boa em escrever recomendações, mas não liguem, só leiam.)

Starry, Starry Night

Cherry Pitch

18/09/2016 às 17:59
Eu não sei o que dizer aqui, só senti que deveria escrever uma recomendação para essa one, e cá estou eu.
A leitura é leve, singela, e flui tão bem... A riqueza de imagens poéticas nesse texto é quase assustadora, e a maestria com a qual Feluriana conduz essa história... As palavras escolhidas por ela conseguem passar tantos sentimentos, tristeza, melancolia, faz nos sentirmos confortáveis, mas também desprotegidos, pois as palavras dela podem nos atingir de qualquer forma...
Acho que o que eu quis dizer nesse texto todo é que não temos o que esperar de Feluriana em suas histórias. E isso, de alguma maneira, é o melhor de suas histórias.

La Vie En Rose

Cherry Pitch

18/09/2016 às 18:07
Bom.. O que dizer de "La Vie en Rose"?

A Rose e o Scorpious estão muito fofos nessa fanfic.
A amizade dos dois.
O romance dos dois.
Mas, particularmente, o Scorpious.

Achei uma história de amor tão leve, tão singela, tão... Inocente... Adoro histórias que têm como foco a parte do amor deles que tem o companheirismo, a amizade, a confiança, o início do romance deles, sem colocar as partes do desejo carnal, e tal.

(Não estou dizendo que não gosto das fanfics um pouco mais.. Eróticas. Eu gosto! Mas também gosto de fanfics como essa, que são tão inocentes... E, pra falar a verdade, não consigo decidir entre esses dois tipos de fanfics românticas. Ainda assim, recomendo que você leia essa história o mais rápido que puder. Isso se você gostar de Scorose. Senão... Bem, senão é melhor que não leia.)

Coming Out

Cherry Pitch

18/09/2016 às 18:57
Juro solenemente não fazer nada de bom.

"Coming Out" é uma das minhas fanfics preferidas. Por que? Bom, vou listar alguns motivos aqui.
Albus e Lorcan não é um casal comum. Acho que a Lily (a autora, não Lily Luna) fundou esse ship, inclusive. E, além de não ser um casal comum, é um casal que inspira você a escrever mais. Foi isso que me inspirou a escrever uma história para eles. E, através dessa recomendação, eu estou agradecendo à Lily Lupin por ter me inspirado a escrever uma história, e por ter me apresentado esse casal tão fofo e... Inspirador, e... E.. E... Muito mais coisas. (Fascinante, maravilhoso, super "shippável", complexo - ocasionalmente...).
Lily consegue escolher as palavras certas para fazer você sentir o que ela quiser. Se ela quiser que você se apaixone por um casal, você vai se apaixonar. Se ela quiser que você chore, você vai chorar. Se ela quiser que você odeie tal personagem, você vai odiar.
E por esses e por vários outros motivos que eu não vou contar agora senão essa recomendação vai ficar muito grande, eu estou aqui agora recomendando "Coming Out", de Lily Lupin.

Malfeito feito.

Crucio

Cherry Pitch

18/09/2016 às 19:07
Eu não sei descrever direito o que eu senti ao ler "Crucio".
Sei que eu senti raiva de Peter, senti ódio dele, por ter traído os amigos que sempre o tinham apoiado. Sei que senti nojo dele por ter se aliado ao Voldemort, senti todas essas coisas que Lily sentiu. Fiquei enojada, cheia de ódio, desprezo por Peter por ter sido a causa da morte de James. Senti a tristeza que Lily sentiu pela morte de James, senti o desespero dela, senti como se estivesse quebrando por dentro, como ela sentiu.
"Crucio" é uma fanfic excepcional a esse ponto.
A história fez com que eu sentisse tudo que os protagonistas sentiram, como se eu estivesse sofrendo a traição em minha própria pele, como se eu estivesse olhando para o corpo morto do meu marido, como se eu estivesse olhando para o rosto da pessoa que causara a morte dele, e essa pessoa também era um dos melhores amigos do meu marido. Como se fosse o meu filho que cresceria sem a imagem de uma figura paterna, como se eu que fosse criar meu filho sozinha.
A autora fez magia com as palavras, fez com que eu sentisse tudo que os personagens sentiram, descreveu tudo, fez parecer como se eu estivesse não só vendo a cena, mas participando dela. Como se eu estivesse dentro do corpo de Lily, e murmurando cada palavra que ela dizia, sentindo cada sentimento que ela sentiu.
Se eu fosse listar as dez melhores fanfics que eu já li na minha vida, essa estaria entre elas.
A fanfic não tem nenhum defeito, e se você ainda não leu... O que você está fazendo aqui, lendo a minha recomendação?! Leia essa fanfic AGORA!

Fragile Crystal

Cherry Pitch

18/09/2016 às 20:28
Uma coisa que eu amo: histórias que contam algo por trás de um vilão. O porquê dele ter ficado mau, como ele se sente fazendo aquelas coisas... O estudo da mente de alguém que foi vilanizado - essa palavra existe? - é algo que eu amo. Muito.
Personagens como a Drew, o Draco, entre outros, não eram de fato vilões realmente.Eram vilões no ponto de vista das pessoas que contavam a história, os protagonistas, ou até mesmo o narrador.
Enfim, essa história é maravilhosa, e eu recomendo às pessoas que a leiam porque.. Bem, porque mostra que todos nós temos tanto um vilão quanto um herói dentro de nós, e que não devemos julgar as pessoas pelo lado vilanesco dela. E que, se você fizer isso abertamente, você pode transformar alguém normal em um vilão real.

Como nasceu o mito Priestley

Cherry Pitch

19/09/2016 às 18:59
Adoro histórias que contam o início da história de uma personagem, o que fez com que esta personagem se tornasse o que ela é no filme/série/livro em que participa. E essa é uma história assim.
Miranda Priestley é uma personagem forte, e que abre bastante espaço para que escrevam, produzam mais coisas sobre ela.
A história é muito boa, a Kori Hime faz o leitor sentir o que a personagem sentiu em determinado momento, sem ao menos precisar dizer o que [a personagem está sentindo]. A história é realmente maravilhosa e envolvente, e são esses motivos pelos quais eu recomendo a leitura desta história.