Lorde Barão > Recomendações

Garota rara e diferente

Lorde Barão

27/06/2015 às 11:50
Olá pessoal, como cês vão?
Entonces, após meses lendo e acompanhando essa fic enfim tô escrevendo minha recomendação. É meio estranho isso porque nunca antes fiz uma recomendação. Mas senti que tava na hora.
Sabem, nem me lembro direito como eu conheci essa história. Acho que tava procurando umas originais para ler ao acaso, e buscando pelas histórias mais recentes eu acabei vendo a imagem da Applejack de My Little Pony com uma camisa do Nirvana. Aquilo com certeza despertou minha curiosidade, pelo menos o suficiente pra ler a sinopse e o primeiro capítulo. Depois disso não teve mais volta: botei a fic nos acompanhamentos e desde então eu morro de ri a cada novo capítulo.
O que era pra ser uma simples paródia de uns poucos capítulos acabou se tornando numa saga. Talvez não chegue aos pés de Senhor dos Anéis ou Crônicas de Gelo e Fogo, mas com certeza é melhor que a saga Crepúsculo e Cinquenta Tons de Cinza juntos.
Julieta representa todas (ou quase todas) as protagonistas das fics clichês, e nesse contexto fic clichê é toda história que segue a fórmula da protagonista que de rara e diferente nada tem, alguns boys magia que servem pra paquerar a heroína (um deles é obrigatoriamente o badboy), uma vadia desalmada que quer destruir o navio, ops eu quis dizer, o ship lindo e maravilhoso na história, e mais algumas coisas como mãe que viaja e nunca mais volta, sexo selvagem só pra atrair leitores, e outros clichês que não me lembro no momento.
A história é divida em arcos, e cada arco zoa com um tipo de fic clichê diferente. Não posso revelar muitos detalhes, mas essa história já zoou com as fics clichês de Harry Potter e as fics clichês com Justin Bieber traficante (e não me perguntem o motivo por essa tara pelo Bieber traficante). Enfim, essa fic é zoação do início ao fim. Ou você gosta pela zoera ou não gosta pela zoera. Não há meio termo.
Para aqueles que tiverem a sensação de que vão amar a história, fiquem a vontade. Essa fic foi feita especialmente pra você.

Alien Panic

Lorde Barão

06/01/2016 às 11:44
Tá legal, tô acompanhando essa fic quase desde o início (só soube da existência dela quando tava no segundo capítulo), então acho que já é uma boa hora pra recomendá-la.
Então, eu conheci as fics do Metal_Will muito recentemente, há um ano, mais ou menos, eu comecei com "This is My Gang", meses depois eu li "Mind Clock", e depois disso fiquei meio que afastado do perfil de Metal_Will. Então, quando eu retornei e percebi que tinha uma fic nova, pensei: "Meu, vou ler esse troço! Já li duas fics desse cara e não me arrependi, não vai ser diferente dessa vez".
Eu estava certo. Logo de cara conhecemos a sofrida vida de Vitor, o garoto mais azarado do mundo das fics. E pouco depois conhecemos a segunda protagonista: Estrela. A princípio você pode achar que Estrela é só mais uma garota bonitinha, sem grandes habilidades...
SURPRISE!! Ela é uma máquina (metaforicamente, óbvio) de combate. Ela veio de outro planeta e está na Terra para impedir um desequilíbrio ecológico em escala universal.
Por algum motivo, Estrela aceita Vitor como seu sidekick (ou ajudante, no bom e velho português), e juntos eles irão se aventurar, procurando por espécies alienígenas que foram parar na Terra por um misterioso motivo, e coloca-las de volta no lugar de onde vieram.
Ao longo da história, conhecemos novos personagens, novos amigos e novos inimigos. E não sei se é impressão minha, mas acredito que, ao longo da aventura, Estrela vai se tornando cada vez mais humana, e Vitor conhece um pouco mais sobre o universo e suas peculiaridades.
Personagens cativantes, aventuras eletrizantes, situações cômicas e uma agradável leitura. Alien Panic é mais uma fic que tenho o imenso prazer de recomendar.

Presente Complicado

Lorde Barão

10/06/2017 às 21:50
Alguns meses após ler essa fic, decidi lê-la novamente e me lembrei do quão legal ela é. E aqui estou, escrevendo uma recomendação, pois eu já postei um comentário.

E por qual razão um ser humano qualquer leria essa oneshot? Porque é sobre uma autora do barulho e seus amigos da pesada que vão se meter em altas aventuras e correr contra o tempo para criarem uma história para uma pessoa especial. Tá na verdade não há altas aventuras, mas a zoação tá garantida.

Então é isso, amiguinhos, se estão entediados e querem uma história show de bola pra alegrar a noite, essa one vai dar conta do recado.

A Fic Mais Sem Sentido Do Mundo

Lorde Barão

11/06/2017 às 17:24
Mano, nem sei o porquê eu não recomendei essa oneshot antes. Ela é simplesmente lendária.

Pra você que ama super-heróis de coração, mas já está cansado dos velhos filmes da Marvel e da DC Comics, conheça Mulher Coruja e Ligadis, os maiores heróis do Nyah. Juntos, eles vão impedir os planos do malégno Laranja Mecânica e seu exército de zumbis.

Uma batalha épica nunca antes vista, que bota aquelas batalhas do Senhor dos Anéis no chinelo. Esqueça a lutinha que teve em Gondor, nessa fic nós temos um robô de 200 metros de altura, isso mesmo, 200 metros!!

A Fic Mais Sem Sentido Do Mundo é um verdadeiro espetáculo do início ao fim. Sem sombra de dúvidas uma leitura inesquecível.

Super-robôs não te deixam colar na prova

Lorde Barão

17/06/2017 às 08:41
Olá, pessoas, tudo bem?

Então, o que dizer dessa one que conheci recentemente e já considero de montão?

Imaginem um mundo onde as aulas são ministradas por robôs. Maravilha, hein? Parece até coisa dos Jetsons ou de qualquer outra mídia que é ambientada num futuro utópico. Mas as coisas não são tão bonitinhas quanto parecem. Agora imaginem se o Robocop fosse na verdade um Roboteacher. Pois é, se você já viu o filme clássico do Robocop, vai saber mais ou menos do que tô falando.

Leitura ideal para aqueles que são interessados no tema "Relação humano x máquina"

Jean e a história de Garolf, O Pirata

Lorde Barão

17/06/2017 às 08:47
Ahh, as férias. A melhor época do ano para as crianças, que finalmente podem dedicar dias inteiros para a diversão.

Com o pequeno Jean isso não é muito diferente, ele também gosta de se divertir. E é por isso que ele sempre vai passar um tempo com o avô para ouvir histórias fantásticas. E dessa vez, o avô de Jean contou sobre a épica aventura de Garolf, o pirata.

E que épica aventura é essa?

Bem, recomendo que vocês deem uma passada na casa do avô de Jean para descobrirem. Esse velhote é o melhor contador de histórias que há.

Não pise nos tijolos amarelos!

Lorde Barão

17/06/2017 às 08:51
Para aqueles que estão chegando, gostaria que imaginassem um cenário hipotético por um minuto. O que aconteceria se Douglas Adams, o criador do Guia dos Mochileiros das Galáxias, fosse também o criador de O Mágico de Oz?

Conseguiu imaginar? Ótimo, parabéns, fera! Não conseguiu? Então recomendo que deem uma lida nessa oneshot.

Uma história cômica e que nos ensina sobre um montão de fatos fascinantes. Vocês sabiam que os ciclones tem rostos? Pois é, eu também não sabia, mas essa historinha abriu os meus olhos para a verdade.

Então não perca o seu tempo e embarque nessa fantástica aventura.

O Canto do Dragão

Lorde Barão

17/06/2017 às 08:56
Rapaz, eu vou te contar uma coisa. Essa oneshot aqui é fantástica elevada ao cubo.

Uma parte de mim não sabe exatamente o que me fez gostar tanto da história, mas eu também sei de uma coisa: não é todo dia que você encontra um romance impossível entre um mago e uma dragonesa.

Sim, aqui dragonesa foi usado como feminino de dragão.

E o melhor é que a narrativa contém pontos de vistas dos dois personagens, e mesmo assim não ficou confuso como muitas histórias que abusam dos famosos POVs.

O Canto do Dragão, que honra estar vivo para ler essa fic.

Vulpes vulpes

Lorde Barão

17/06/2017 às 09:01
Você gostou do filme Zootopia?

Gosta de imaginar o que aconteceu depois do filme?

Não apenas gosta de imaginar o que aconteceu depois do filme, como também shippa a Judy com o Nick?

Vulpes vulpes foi feita especialmente para você!

Então essa fic é JudyxNick? Por favor, me diga se o Nick vai ficar com a Judy no fim.

Calma, amigão. Recomendo que leia o texto se quiser descobrir. Vai por mim, você vai se amarrar na história.

A incrível jornada de um lírio doente.

Lorde Barão

29/08/2017 às 10:33
Olha, tem algo nessa história que me despertou a vontade de escrever uma recomendação.

Não sei se é por causa do protagonista que é super simpático ou se foi a simplicidade de um daqueles contos que mamãe, vovó, titia ou algum outro parente contava de cabeça.

De qualquer modo, "A incrível jornada de um lírio doente" é uma leitura boa, agradável e cheia de lições importantíssimas para a vida.

Sério, leiam essa história, ela é show de bola.

O belo adormecido.

Lorde Barão

02/09/2017 às 14:54
Ok pessoas, aqui estou com mais uma recomendação show de bola do Lorde Barão.
Mas afinal das contas, porque um ser humano (ou alien) como você devia ler "O belo adormecido"?

Então, quando eu bisbilhotei o perfil de Mestre do Universo dos Vermes e vi essa historinha aqui, a princípio pensei: "Legal, a história da Bela Adormecida só que com aquela boa e velha troca de sexo dos personagens principais. Daí eu fui ler e...

Uau, que história! Uma verdadeira desconstrução dos contos de fadas que conhecemos e com aquele humor de qualidade. Sem contar que os personagens são cativantes (o rei nem tanto, eu acho) e a fic tem uma cena pós créditos (mas calma, o Nick Fury não aparece).

Então a questão é, eu amei essa história de montão e por isso que dei meus motivos para lê-la.
Sério, leiam esse conto de fadas, cês vão amar.

Histórias do cara do balcão.

Lorde Barão

28/12/2017 às 11:47
Recomendações. Como eram mesmo as instruções pra escrever uma?
Lembro que alguma coisa a respeito da sinopse pescou minha atenção. Acho que era sobre uma tal de guerra pós-apocalíptica.
Nessas horas costumo imaginar algo no melhor estilo Mad Max, com direito a uns sujeitos vestindo roupas extravagantes e carros irados.
Mas a fic tá longe de ser uma cópia de Mad Max. Ainda bem.
Ao longo dos capítulos, acompanhamos um simplório cara do balcão contando sobre suas desventuras, que envolvem tentativas de empregos fadadas ao fracasso. E acredite, ao longo dessas histórias suas dúvidas a respeito dessa guerra pós-apocalíptica vão sendo respondidas.
A propósito, perceberam que até agora não comentei o verdadeiro nome do protagonista dessa fic? Bem, digamos que esse é um dos mistérios da história.
Ah, quase me esqueci das importantíssimas lições de vida que 'Histórias do cara do balcão' me ensinou. Sabiam que quando diz na receita pra acrescentar um tanto de colheres de sopa de açúcar, isso não significa dizer que você tem que necessariamente preparar uma sopa de açúcar? É, também fiquei boquiaberto.
Então se vocês tiverem um tempinho livre, procurem pelo cara do balcão nessa fic. Vão por mim, ele é um ótimo contador de histórias.

Bom dia, vamos roubar um banco?

Lorde Barão

03/09/2018 às 12:12
Olá, sou eu de novo com mais uma recomendação.
Não sei quanto a vocês, mas essa fic tem algo de mágico, algo que lembra os filmes que eu mais gostava de ver na Sessão da Tarde. E olha que nem lembro direito daqueles filmes, mas recordo que assistí-los era um dos meus momentos felizes da infância.
Essa fic utiliza alguns clichês de histórias protagonizadas por pre-adolescentes, como o fato de Roberto, o protagonista, ter uma equipe de cinco membros (contando com ele): o líder, a garota doce, a garota durona, o esquisitão e o mais novo. Mas esses clichês são usados com maestria, tornando impossível que o leitor preveja os próximos passos da trama.
Sem contar que a escrita é agradável, o que faz ser mamão com açúcar a tarefa de ler as mais de cinco mil palavras dessa one. Eu a li toda e fiquei com a sensação de que podia ler mais cinco mil, não, mais dez mil palavras contando as loucas aventuras da turma de Roberto.
Me esqueci de algo? Ah, claro, graças a essa fic descobri a existência de uma linda palavrinha do nosso Português: mancomunação.
Pronto, eis meus motivos para ler "Bom dia, vamos roubar um banco?". Se quiserem ler para se divertirem, aqui é o lugar certo.

O Jantar da Família Wicked

Lorde Barão

12/09/2018 às 12:29
Super-vilões, famosos personagens presentes em muitas mídias, sejam elas quadrinhos, livros ou filmes. Quase sempre fazem papel de antagonista, sempre prontos para ficar no caminho dos protagonistas e detê-los de alguma maneira.
Muitos acreditam que eles são maus que nem pica-pau, que eles são incapazes de amar, de sentir empatia com os outros, que eles moram num covil sinistro ou numa dimensão paralela onde a noite é eterna, que eles só sabem assaltar bancos, destruir cidades, nações ou planetas, de tocar a campainha do velho Jenkins e correr pra longe... Enfim, a maioria tem uma visão bem unidimensional dos vilões.
Mas essa oneshot traz um ponto de vista um pouco diferente. Ela mostra que super-vilões também tem família e moram numa casa, eles também se preocupam com os filhos e querem o melhor pra eles. Mostra a alegria e o drama de viver numa família de vilões.
Pra fechar, "O Jantar da Família Wicked" nos ensina que vilão é gente como a gente.

Sons of Theolen

Lorde Barão

06/12/2018 às 11:32
Mermão, pensa numa história lendária.
Pensou?
Então pensou em Sons of Theolen. Um prato cheio para aqueles que são fãs de RPG medieval.
É repleta de missões mirabolantes e cenas de ação de tirar o fôlego. Mas também há conflitos, de herói contra vilão e herói contra herói. Ao longo da narrativa, é possível notar que heróis e vilões possuem suas tonalidades de cinza. Um exemplo disso é a protagonista, Dorothy. No começo ela é apresentada como "A Escolhida", uma heroína sem nenhum tipo de falha ou defeito.
No entanto, não são raras as vezes que ela vacila, como quando permite que um garoto participe da jornada, que consiste em explorar um reino amaldiçoado. O vilão, um misterioso necromante, é outro exemplo do quão multidimensional os personagens dessa história podem ser. Ele foge do clichê de bruxo malvado cujo plano é espalhar dez mil anos de escuridão pelo reino e além.
O mistério é outro tempero que dá sabor a Sons of Theolen. Steve, tio da Dorothy, é um desses mistérios. Onde ele está? Ainda está vivo? Ele está bem? E quais exatamente são os verdadeiros planos do vilão?
O fato é que Sons of Theolen é uma história com pacote completo. Tem bons personagens, é complexa sem ser chata e possui uma grande variedade de seres fantásticos.
Vale a pena ler.