Star Black

10/01/2019 às 01:53
“Tu menina,
É a exceção da regra,
A filha do impossível,
É o cristal que não quebra,
Até o avesso da tua alma é força”
Victor H. Machado










Dificilmente, minha atenção é prendida assim tão facilmente. Assim como facilmente amo pequenas coisas, meros detalhes, até amá-las por completo. Até quando não amo, eu amo, e isso normalmente dói, pois dificilmente é recíproco, e foi assim que passei a amar livros e histórias, lá não era recíproco, porém era menos doloroso, pois mergulhar em outros mundos era de uma maneira surrealmente mais simples do que continuar a me decepcionar com o mundo real, mundo tão costumeiramente normal.
E então numa tarde aleatória, essa fanfic me apareceu, singela, a mesma veio de mansinho, no começo achei que seria mais uma fanfic, possivelmente boba sobre alguma irmã de Harry Potter, e mesmo meu cérebro me dizendo para parar ali, meu subconsciente continuou a vasculhar a página aberta na tela do meu computador, uma capa tão bonita, uma sinopse tão interessante e que me prendera tanto sem que eu nem percebesse, e então veio um capítulo, mais outro, um acompanhamento, um favorito, e então, sem mais nem menos me vi dentro daquela estória, me peguei sentindo o que Tori sentia e me apaixonando tanto pela fanfic tanto pela escrita, e sentia milhares de coisas diferentes a cada capítulo, e tudo o que a autora queria passar eu captava e sentia, eu me angustiava, eu ria e chorava, eu temia e aprendia, eu era tocada por aquela escrita, pela maneira como a estória trazia inocência quando necessário ou quando trazia sombriedade a mesma. Tudo o que vemos, sentimos, ouvimos, vivemos, nos toca e nos muda, muito ou pouco, de forma óbvia ou de maneira tão discreta que nem mesmo percebemos, e está fanfic me tocou, me fez sentir e aprender, me fez crescer e até mesmo adquirir uma certa maturidade, Caboosey, ou Thais, ensina que devemos ser fortes, lutar e cair, e então levantar, e tudo bem se em algum momento você fraquejar, você vai levantar. Você sente o quão forte Tori é, o quão Lino é sábio e o quanto os gêmeos são amigos e leais, vê que todos podem amadurecer, crescer, aprender. Lendo você sente a dor dos personagens, o medo, o amor, a amizade, e agradeço imensamente a essa autora tão maravilhoso e que eu tanto gosto, por escrever essa fanfic, por nos presentear com cada palavra escrita, acredito que nada que eu disser aqui poderá em algum momento expressar meu amor por essa estória, e espero que tenham sentido minha honestidade em cada palavra, pois guardo essa fanfic no meu coração partido pela mesma, assim como restaurado pela mesma. Leiam, e tragam cultura para si mesmx, tragam emoção, e sentimento, tragam tudo o que puderem trazer à lendo….
E tudo o que digo, é me referindo somente ao primeiro livro, que eu já tanto amo, quem dirá os próximos, que sei que serão tão incríveis quanto!
Isa ♥