Meu Tormento > Recomendações

Julia Carvalho

02/08/2014 às 21:14
Eu sou a única que tem problemas pra começar a escrever uma recomendação? Nunca sei como começar.
Mas eu posso começar falando que essa fic está na minha lista Top 10 fanfics preferidas e vejo que logo ela estará nas Top 5, afinal, é uma fic da Nat sem Noção né gente, preciso dizer mais? Não preciso, mas vou dizer mesmo assim.
O Tomas é o Tormento mais perfeito desse mundo, ele é lindo, inteligente e têm paciência infinita com a Madu (e isso é uma grande qualidade), estou totalmente apaixonada por ele.
A Madu é uma bobinha temperamental muito perfeita. Faz um monte de coisas sem pensar, vive tendo chiliques e batendo a cabeça. É impossível não amar essa menina.
Eu recomendo essa fanfic para todas as meninas por aí que estão a procura de um "Logan Lerman", pois essas são as que mais vão amar essa fic, mas eu acredito que qualquer um amaria essa fanfic de qualquer jeito.
"Meu Tormento" é uma história apaixonante e totalmente viciante, cada vez que a fic é atualizada eu fico super feliz e cada vez que um capítulo acaba eu fico morrendo de vontade de continuar lendo.
Se você gosta de barracos e muito amor e ódio, você vai amar essa fic.

The Stolen Girl

06/09/2015 às 19:06
Estava lendo pelo celular, mas tive que ligar o notebook para recomendar isso aqui. Assim como em Inimizade Amorosa, cheguei quando a história já estava finalizada, mas isso não tirou o encanto. Li todos os últimos 17 capítulos de Meu Tormento em um único dia. Talvez o fato de eu ter me identificado com a história tenha ajudado. Fiquei um pouco atônita quando estava no capítulo 18 e percebi que era o último. O que me fez recomendar essa história foi o seguinte: a semelhança com a realidade. Me lembrei um pouco de Cidades de Papel, que também me trouxe essa sensação. Ambas as histórias me fizeram perceber que, por mais que um final não seja feliz como você esperava, ele não tem de ser triste. Acho que, se alguém ler essa recomendação, pode ter conclusões sobre a história, mas eu tinha que escrever sobre isso. Acontece que nada na vida é perfeito, e a Nat conseguiu trazer isso pra cá: a imperfeição e a inconstância. Mas sério, o que seria de nós sem isso? Tudo seria fácil demais, sem graça. Espero que quem leia Meu Tormento possa sentir isso que estou sentindo agora; que possa perceber que muitas coisas podem nos surpreender, e que tudo pode acontecer. Nada é eterno, nem a dor. Madu pra mim foi um grande exemplo disso, e me ajudou a me conformar com coisas que andaram acontecendo comigo. Pareceu coisa do destino eu encontrar essa fic justo agora, sinceramente. E agora, eu termino essa recomendação feliz e triste, mas muito, muito satisfeita. Obrigada por essa história, Nat.