09/11/2018 às 21:10

Para todos os leitores que já amei

Eles chegam as vezes como quem não quer nada, começam lendo uma história ou duas. Você responde os comentários, aguardando ansiosa quando publica um novo capítulo, esperando a notificação que, quando chega, te faz vidrar os olhos na tela ao ler minunciosamente cada detalhe do comentário.

Quando você vê, está trocando mensagens de madrugada sobre o que está por vir na sua história, compartilhando ideias, pedindo sugestão. A pessoa do outro lado da tela se torna sua amiga ou amigo, confidente, beta (desculpe por abusar da boa vontade), fonte de estimulação inesgotável e a pessoa que vai por a mão no seu ombro (virtualmente) e falar “vai escrever”.

As vezes o leitor desaparece, vai embora, some das nossas vidas. Nós, autores, sentimos essa dor mais do que se pode imaginar. É tudo virtual, sim, mas os sentimentos são reais.

Cada conversa, cada sorriso imaginado, cada comentário desesperado ou engraçado. Tudo nos move, para bem e para o mal. As vezes conhecemos leitores que conseguem nos por para baixo. Mas eu digo uma coisa a vocês, cada crítica me fortalece. E a cada dia que passa, vou aprendendo a lidar com o que recebo e o que fazer com essas críticas? Vai me inspirar aprender mais, crescer e nunca desistir. Pois se tem uma coisa que os anos 90/2000 me ensinaram, foi não desistir. Se hoje ter leitores é difícil, agora pensa antes dos sites de fanfics existirem? rsrs

Tem leitores que passam a fazer parte de nossa vida, não apenas no plano virtual, mas fisicamente. Abraçar e conversar, olhar nos olhos e rir da expressão que substitui o meme. Nada mais contagiante do que uma roda de conversa sobre qual foi a melhor treta num certo grupo de fanfic. E mesmo que não tenha tido a oportunidade de estar pessoalmente com quem a gente convive diariamente, virtualmente, não deixe que diminuam a amizade que o Nyah! Fanfiction uniu.

Aos leitores que compartilho cada pedacinho da minha vasta imaginação, eu os agradeço por dividirem comigo os minutos do dia lendo, comentando, recomendando minhas histórias. Pois, quando estou aqui do outro lado da tela, meia noite (após um longo dia de trabalho e estudo), estou também pensando em como irão receber o novo capítulo, o que vão gostar ou odiar.

Essa troca devia ser uma via de mão dupla, ida e volta, as vezes precisamos espantar os fantasmas, é verdade. Contudo, ainda que uma, duas, ou ninguém apareça, eu fico aqui na expectativa de conhecer um novo leitor, fazer uma nova amizade virtual, que pode se materializar aqui do lado de fora dessa vasta internet. Se ainda não conheceu seus leitores, não desanime, eles estão aí. E se você ainda não disse ao seu autor favorito que ele é o seu favorito, aproveite a chance e diga isso.

Para todos os leitores que eu já amei, eu desejo que continuem fazendo o que fazem de melhor, tornar nossas vidas mais felizes a cada “Amei” e “Continua”.

 

Kori Hime

 

 

editado: A ideia do texto não  é promover ranking de quantidade de comentários, vem para exaltar os laços de amizade que criei a partir do momento que disponibilizei minhas histórias online, coisa que nos anos 90 era complicadíssimo. Ao longo dos meus 20 anos escrevendo, hoje posso alcançar milhares de pessoas e interagir, compartilhar ideias, e isso me anima muito e me enche de expectativas.



Comentários

Blue Martell

10/11/2018 às 23:53

A Kori é mesmo um chuchuzinho

MoonStilinski24

10/11/2018 às 23:21

Esse post me inspirou a querer comentar mais. Eu quase nunca comento, pois acho que o comentário é mais do que opinar, é  expor-se, é  responsabilizar-se por transmitir bons momentos a outras pessoas e honestamente? Isso me apavora um pouco. É  muito mais do que o medo de ser mal interpretado e machucar o coleguinha, é saber que a pessoa vai criar expectativas que você comente sempre e  por conta da correria do dia a dia vc uma vez ou outra vai apenas ler e não vai comentar, É sobre saber que a pessoa se esforçou tanto pra escrever e na sua mente um "amei" "continua" não basta. Eu não comento muito, porque nada me impede de por a alma nesse quadradinho e isso é assustador. Eu não comentor muito pq acho que neh uma palavra é  o suficiente para alcançar o esforço daquela pessoa. Mas sério, irei rever os meus conceitos, não pq acho que vc quer que o número de comentários aumente ou blablabla, mas pq eu vi as coisas de um ângulo diferente. Tá vendo? Estou divagando! Por isso não sou MT fã de comentários, pois sou incapaz de dizer algo concreto eu sempre divago!!! 

Moon.

Ensira aqui seu nome completo

10/11/2018 às 21:51

Amei o texto!

Eu tive leitores na minha história original bem no comecinho, mas depois eles sumiram. Mesmo assim, recebo incentivo dos meus amigos para continuar escrevendo. Evolui muito na escrita.

E não tem nada melhor do que alguém comentar sobre seu livro em uma conversa, shippar e ficar ansiosx para o próximo capítulo.

Nunca vi um texto mais verídico.

Andlucs

10/11/2018 às 21:30

Eu simplesmente amei este post,foi realmente uma atitude maravilhosa. E que sempre incentiva a leitores como eu a acompanhar a historia de tantos autores fantasticos que existem aqui no Nyah.

 

Um grande abraço a todos e tenham um excelente e abençoado fim de semana!

Sherazade

10/11/2018 às 15:16

Entrei muito tímida aqui no Nyah! com todos os avisos da minha mãe sobre os perigos da Internet piscando neon na minha cabeça. Quem diria que eu conheceria minha melhor amiga no mundo por aqui?

Começou com um comentário, que virou uma MP, que virou uma troca de números, que virou uma fanfic conjunta, que virou um encontro no shopping com muitos abraços e quem diria que logo logo meu serzinho de luz @ElvishSong seria a irmã que eu nunca tive.

Tudo isso é bem real, e nunca fui tão grata por ser assim. 

Beijoooos

Shazi. 

Amanda Clarke

10/11/2018 às 13:44

Ai, que lindo! ❤️

Eu amei o seu texto, Milla! Representa muito minha história no Nyah. De uma garota que tem dificuldade de manter amizades no mundo "real" rsrsrs, mas que encontrou uma verdadeira família no Nyah. Amigas com quem converso todos os dias, troco ideias sobre a vida, já virei a madrugada conversando sobre qual a melhor maneira de fazer personagens X sofrer... Gente que eu nunca vi, e talvez nunca veja (pq moram bem longe), mas que tem um lugarzinho no meu coração. E só de pensar que essa amizade surgiu de comentários/MP no Nyah me faz ver que vale a pena tirar um tempinho pra deixar um "amei/continua" e agradecer por ter respondido um desses. 

Kori Hime

10/11/2018 às 11:47

@VWriter acredito que receber a atenção de um leitor não seja algo ruim. Na internet não estamos exposto para sermos ilhas isoladas. Crescemos e aprendemos em conjunto, acredito que o contato com o leitor proporciona ao autor a experiência de ver sua obra com outros olhos e acrescentar conhecimento a partir desses comentários. E Eu nao digo comentários com correções gramaticais (que também pode ajudar o autor, eu mesma faço comentários assim) mas trocas de informações colaborativas também podem ajudar. Uma vez escrevia sobre uma cidade de São paulo e uma leitora se identificou e puxou um diálogo maravilhoso comigo cheio de detalhes que eu pude aprender mais. Então, sim, desde os comentários de “gostei ou nao gostei” aos comentários de correção ou complementação, não vejo pq o autor se sentir mal em desejá-los, como eu disse, a gente ta na internet que chamam de rede não é? Se for uma rede do vácuo como a gente pode se relacionar e fazer desse espaço mais humano? 

Mas aí cada um tem sua opinião e objetivo sobre o que é publicar na internet e escrever histórias. O ideal é que a gente se sinta confortável com nossas escolhas.

Ero Hime

10/11/2018 às 11:02

Nada poderia descrever mais, texto incrível! ♥

Fefa Rodrigues

10/11/2018 às 09:34

Exatamente assim!!!

V Writer

10/11/2018 às 09:26

Desde que cheguei aqui para praticar minha escrita em português tive a impressão de que as pessoas aqui escrevem para "receber comentários" ou ganhar algum tipo de atenção que seja. Não me leve a mal, ter outras pessoas compartilhando ideas não requisitadas para o que você está fazendo não é ruim, mas está longe de ser o núcleo de motivação para escrita. Depois de ler isso aqui... minhas suspeitas sobre todo mundo estão praticamente confirmadas. Qual é a de vocês galera? Se estão aqui somente para receber notificações, por que escrevem em primeiro lugar?