pra onde você quiser

Autor(es): Giulia Correia


Sinopse

Republic City estava a salvo, e ela estava com Korra.


Notas da história
Primeiro, essa fic faz parte do Amigo Secreto da Liga dos Betas. Não vou dizer quem eu tirei aqui, yey, maaaaaas se eu te tirei e você está lendo isso, espero que goste s2
Segundo, ainda Aécio.
Terceiro, por um acaso descobri que ontem fez um ano desde que a finale foi lançada, so Happy Korrasami Anniversary s2

Essa one é mais um recorte do último episódio, pelo pov da asami. Tem spoilers~



(Cap. 1) Ela Queria que Korra Estivesse Segura pra Sempre

— Pra onde você quiser.

Asami sorriu. Não alegremente, claro, não quando acabara de perder seu pai, não depois de tudo o que acontecera, mas um sorriso mesmo assim. Depois de tudo o que passara — e pensara — considerava-o uma pequena vitória no meio de uma perda tão grande.

Ela sentava com Korra nas escadarias, e, na sua frente, Republic City brilhava sob a luz do recém-aberto portal para o mundo dos espíritos. Os prédios estavam destruídos e a cidade ainda estava vazia, mas era lindo mesmo assim. Atrás de si, o barulho da festa e das risadas indicavam que, para muitos, a noite tinha acabado de começar...

... mesmo que Asami desejasse que terminasse logo. Ela lançou um olhar para o portal, no coração da cidade em que vivera por quase toda a sua vida. Quando respondeu, seu tom era quase brincalhão.

— Bem… eu sempre quis visitar o mundo dos espíritos.

Foi a vez de Korra sorrir.





Foi Korra quem segurou sua mão enquanto andavam até o portal. As lembranças da batalha ainda estavam frescas — das mortes e do momento em que ela quase acreditara que perdera Korra para sempre, também. Ela se perguntava se um dia conseguiria superar o medo de perdê-la para o mundo. Se, como Katara, ficaria viva para ver o mundo mudar e o próximo avatar surgir para tomar o lugar do antigo.

Esperava, de coração, que não. Não sabia se suportaria olhar para o substituto e desejar que o antigo ainda estivesse entre eles.

Mas, naquele momento, enquanto o calor da mão de Korra transbordava em seus dedos e o amarelo do portal iluminava seu rosto, nada disso importava.

Ela se virou para Korra quase no mesmo instante em que Korra virou para si. Ela sorria, e seus olhos verdes brilhavam em antecipação. Naquele momento, naquele milésimo de segundo em que a luz as engolfou e transportou para o desconhecido, nada daquilo importava. Nem a tristeza, nem as mortes, nem as batalhas: nada.

Asami estava em paz.

E com Korra.





Todas as histórias são de responsabilidade de seus respectivos autores. Não nos responsabilizamos pelo material postado.
História arquivada em https://fanfiction.com.br/historia/666545/pra_onde_voce_quiser/