O Poder Daqueles Olhos

Autor(es): TenYearsAfter, JustMe


Sinopse

Sétimo ano em Hogwarts e os marotos estão mais unidos do que nunca e é claro, James está mais apaixonado por Lily Evans do que nunca, e é claro que Sirius não pode deixar de zoa-lo, porem como ele se sentiria se uma nova Evans parecesse e ele conhecesse o poder dos olhos verdes dos Evans, ele finalmente iria entender o motivo da paixão do amigo? Será que os dois marotos conseguiriam conquistar as únicas meninas que não ligam para eles?


Notas da história
Harry Potter não me pertence e nem seus personagens, só a Violet. Aqui não tem o Peter, ok? Então coloquei o Frank no lugar dele e coloquei o apelido de BlackJack, o mesmo que usei em minha outra fic "os Marotos". Espero que gostem!



(Cap. 9) Amigos?

Notas do capítulo
Eu só ia postar o capitulo amanhã, mas por conta das reviews lindas e das duas recomendações que eu recebi da Gabrielle Alves Malfoy e da Carly Potter Jackson, eu tive que postar. Obrigado meninas pelas lindas recomendações, o capitulo é de vocês hoje! Espero que gostem!

Acordei na manhã seguinte, piscando levemente e vendo tudo ao meu redor embaçado. Peguei os óculos na cabeceira e tudo voltou ao foco novamente. Me levantei e vi que Moony já estava acordado.

–Que bom que se levantou, já ia te chamar. Agora deixa eu tentar acordar os outros dois ai – Ele indicou com a cabeça BlackJack e Pads que dormiam profundamente.

Ri dele mas concordei, aqueles dois tinham sono de pedra, era difícil de acorda-los, isso para não dizer impossível.

Fui para o banheiro e me troquei, me arrumei, tentei abaixar os cabelos, eu sei que a Lily se irrita quando os arrepio, mas foi missão fracassada, eles sempre arrepiavam, então deixei eles normalmente e evitei passar a mão nele.

Sai do banheiro e vi Pads molhado e BlackJack emburrado, sentado na cama e com mexendo nos cabelos, que estavam com as pontas rosas. Segurei a risada, mas sem sucesso.

–O que aconteceu aqui?! – Perguntei entre risos e sentando no chão, para segurar as risadas.

–Esses ai não queriam acordar, então eu tive que apelar, Prongs.... – Moony disse rindo comigo.

–Vai ter volta, Moony! Vai ter volta! – Sirius disse bravo, entrando no banheiro.

–E que feitiço você lançou em mim?! Eu quero meus cabelos de volta! – BlackJack bufou frustrado.

–Você é um maroto e não sabe qual feitiço ele lançou? – Perguntei com a sobrancelha erguida e Frank engoliu em seco.

–Remus John Lupin! Você não usou aquele feitiço?! Usou?!

–Vai ficar com os cabelos coloridos até o fim do dia, mas eu avisei Frank! – Moony saiu correndo escada abaixo e eu segui ele, fugindo da fúria do leãozinho irritado e do pulguento.

Quando chegamos lá embaixo, nos entreolhamos e começamos a rir mais. As outras pessoas ficavam olhando para a gente com uma cara tipo “o que esses dois loucos estão rindo?”. Mas nós dois nem ligamos e começamos a rir.

–O que é tão engraçado meninos? – Ouvimos a voz da Violet e nos viramos para a escada, aonde ela descia ao lado de Lily e das outras meninas.

–Vamos dizer que o Remus aqui assumiu seu lado maroto e acordou o Sirius e o Frank de um jeito bem... divertido – Comentei.

–O que você fez com meu cachorrinho, Remus? – Marlene perguntou irritada e Remus soltou um sorriso maroto, o qual ele dificilmente dá e eu ouvi a Dorcas suspirar.

–Vamos dizer que ele acordou um tanto molhado – Não me aguentei e voltei a rir da cara dele e as meninas começaram a rir.

–E o Frank?

–Bom Alice, espero que não tenha problema para você ter um namorado com as pontas do cabelo rosa, pelo menos por um dia.

Mais risos e quando os dois desceram, nos rimos mais, o que os fez bufar de raiva.

–Será que dá para pararem?! Ser acordado com um jato de agua não é nada agradável! – Sirius bufou.

–Ainda mais com o sonho bom que você estava tendo... Eu ouvi você suspirar nele Pads, com o que, ou quem, você estava sonhando ein? – Remus perguntou.

–Vamos dizer que foi um sonho muito bom, com uma certa menina.... – Ele deu uma olhada bem rápida e discreta para a Violet, mas só eu que percebi e sorri maroto também – Mas você tinha que me acordar bem na melhor parte Moony! – Ele deu um tapa na cabeça dele.

–Eu posso te ajudar a melhorar seu humor Sirius – Marlene disse sugestivamente.

–Quem sabe mais tarde? – Ele deu um sorriso maroto para ela.

E as meninas bufaram e reviraram os olhos.

–Bom, vamos tomar café da manhã e Frank... Amei as mechas! Eu sempre quis ter mechas rosas! – Lily zoou ele e nós rimos mais.

–Ah que ótimo, até as amigas da minha namorada me zoando.

–Ah, relaxa amor! – Alice deu um beijo nele – Eu achei que ficou um charme!

Ele pareceu melhor de humor e falou algo para a Alice que deu uma risadinha e um tapa nele, nem quero saber o que foi.

–Hã, Evans? – Chamei a Lily mas a Violet que se virou – Não, eu estou falando da Lily.

–Você tá bem Potter? – Ela perguntou e eu olhei para ela confuso – Tá me chamando de Evans desde ontem.

–Como eu já disse, você me pediu isso por anos, só estou realizando seu desejo – Disse simplesmente, dando de ombros – Será que eu posso falar com você? A sós?

Ela me olhou desconfiada e eu vi que ela ia negar.

–Não vou te chamar para sair ou tentar algo, só quero conversar, ok? Eu prometo me comportar – Disse seriamente e ela concordou enquanto os outros observavam atentamente a cena.

Então nós saímos do quadro enquanto eu ouvia o Sirius perguntar “Evans? Ele chamou ela de Evans? E não lançou uma cantada?! O que tá acontecendo?!” Eu segurei o riso e comecei a caminhar com ela até os jardins, onde ela parou na minha frente.

–Ok, fala logo o que você quer Potter.

–Ei calma Evans, eu só quero conversar, civilizadamente dessa vez.

–Fale.

–Olha Evans, eu sinto muito por ter corrido atrás de você e sempre te encher o saco e eu sei que eu não era uma pessoa muito boa, mas acredite eu mudei. Mas eu vou parar de te chamar para sair e insistir, eu só quero ser seu amigo, será que eu posso ser? – Eu perguntei a olhando diretamente nos olhos.

Ela me olhou desconfiada.

–Sem mais convites para sair? Sem mais cantadas?

–Sem, só vamos ser amigos. – Ofereci minha mão – Trégua?

Ela olhou para ela, antes de aceitar.

–Trégua. Acho que podemos ser amigos Potter, mas sem gracinhas.

–Nunca Evans. Agora mudando de assunto, quando temos que preparar os relatórios para a monitoria?

–Ah, amanha.

–Certo, nos vemos as seis então? Na sala de monitoria?

–Pode ser.... Vamos voltar pro salão? Eu ainda não tomei o café, sabe?

–Ah claro – Concordei e sorri para ela. Somos amigos agora! Eu posso finalmente mostrar a ela como eu mudei e que eu realmente amo ela.

E o que aconteceu a seguir, fez meu coração disparar, ela sorriu para mim, daquele modo lindo dela. Ela nunca tinha sorrido para mim e aquilo me deixou incrivelmente feliz e fez o resto do meu dia valer.

Fomos pro salão juntos e quando entramos as pessoas começaram a comentar, porque nós dois conversando tranquilamente e sem gritos não é algo comum. Pude ouvir uma menina perguntar “será que eles estão namorando?”.

Quando chegamos na mesa, Sirius parou de dar em cima da Violet, que estava o ignorando e todos levantaram para nos olhar.

–Ok, que milagre é esse que está fazendo vocês conversarem civilizadamente? – Sirius perguntou com uma sobrancelha erguida.

–Somos amigos agora – Dei de ombros e todos ficaram meio chocados, mas voltaram a fazer suas atividades.

–Gente! – Dorcas chegou correndo e eu reparei só agora que ela não estava na mesa – Vocês viram? Saiu o anuncio e parece que vamos ter mesmo o passeio esse fim de semana! – Ela disse animada e nós nos entreolhamos, hora do plano para juntar o casal mais tímido da Terra, começar.

–O que aconteceu? – Remus perguntou.

–Nada, por que? – Perguntei cinicamente.

–Vocês ficaram estranho de repente e se entreolharam, como se soubessem de algo que eu não...

–Sua imaginação tá fértil ein Moony? – Sirius comentou – Que tal a gente ir no passeio juntos, pelo menos no começo?

–E por que?

–Para poder mostrar a minha loirinha aqui Hogsmeade e porque faz tempo que não passeamos juntos – Sirius deu de ombros.

–Eu não sou sua loirinha, Black! – Ela falou irritada – Mas é uma ótima ideia, vocês vão né? – Ela olhou para todos nós e nós assentimos. Remus e Dorcas estavam meio desconfiados mas concordaram.

Desse passeio não passa, esses dois vão voltar como um casal, nós iremos garantir isso.





Todas as histórias são de responsabilidade de seus respectivos autores. Não nos responsabilizamos pelo material postado.
História arquivada em https://fanfiction.com.br/historia/318315/O_Poder_Daqueles_Olhos/