Forever My Girl escrita por Rock Princess


Capítulo 1
FOREVER MY GIRL




FOREVER MY GIRL

 

- Alo? – uma moça de cabelos róseos e olhos verdes esmeraldas atende o telefone

 

Sakura Haruno: 20 anos, estudante de Direito, terceiro ano. 1.65 de altura, cintura fina, seios médios fartos, coxas grossas. Trabalha durante o dia no escritório de Advocacia Hyuuga, como estagiária de Hiashi Hyuuga, pai de uma de suas melhores amigas, Hinata Hyuuga, está de férias da faculdade. Agora está em casa.

 

- Sakura? – uma voz grave e digamos sexy fala do outro lado da linha – É Sasuke.

 

Sasuke Uchiha: cabelos negros e olhos ônix, 25 anos, 1.80 de altura, porte atlético, arranca suspiros femininos onde passa, empresário, filho do dono da Uchiha Corporation´s. É melhor amigo de Sakura.

 

- Ah...oi, Sasuke-kun. Tudo bem? – sorri ao saber quem é

 

- Tudo sim! E você? Estou te incomodando?

 

- Eu estou bem, e você nunca me incomoda.

 

- Bom saber, estou te ligando pra te convidar a ir a um jantar de negócios comigo. Você está disponível?

 

- Claro. Quando é?

 

- Sábado às oito horas da noite.

 

- Ótimo!

 

- Eu passo pra te buscar!

 

- Tudo bem!

 

- Era só isso, agora tenho que ir. Beijos, até sábado.

 

- Beijos. – desliga

 

_____________________________________________________________________________

 

SEXTA-FEIRA

 

Sakura está em sua casa junto com suas amigas, Ino, Tenten, Hinata e Temari conversando sobre o jantar de sábado.

 

- E ele te convidou assim do nada? – Ino está sentada no sofá de três lugares junto com Hinata e Tenten. Ino está no meio das duas.

 

- Foi, do nada. – Sakura está sentada em frente a elas no sofá de dois lugares junto com Temari

 

- Aí tem coisa! – Tenten faz uma cara pensativa

 

- Quando você vai se declarar para ele? – Temari encara a amiga

 

- Nunca, nós somos só amigos, é assim que ele me vê! – diz abaixando a cabeça

 

- Eu não acho. – Hinata encara a amiga – Eu acho que ele gosta de você.

 

- Será? – indaga meia duvidosa

 

- Eu tenho certeza. – Hinata sorri

 

- Você já sabe que roupa vai usar? – Ino pergunta

 

- Ainda não.

 

- Ótimo vamos até o teu quarto te ajudar a escolher um vestido. – a loira se levanta

 

Sakura e as outras meninas seguem Ino até o quarto, ficaram durante horas escolhendo um vestido e conversando.

 

_____________________________________________________________________________

 

SÁBADO – 5:00 DA TARDE

 

Sakura está assistindo televisão quando a campainha de sua casa toca, ela se levanta, desliga a TV e atende a porta, fica surpresa ao encontrar suas quatro melhores amigas a sua porta.

 

- O que vocês estão fazendo aqui? – pergunta ao ver as amigas entrarem em sua casa

 

- O que você acha testuda? – Ino a encara com as mãos na cintura – Viemos te produzir pra o jantar!

 

- Mas são cinco horas ainda, o jantar é as oito.

 

- Sabemos, por isso viemos logo para ter tempo o suficiente para te deixar linda. – Tenten diz

 

- Linda não, espetacular. – Temari sorri

 

- Vá tomar banho enquanto nós arrumamos as coisas aqui. – Hinata diz a amiga

 

- Que coisas? – Sakura pergunta as olhando

 

- Maquiagem, unhas, cabelo e etc. – Ino diz contando nos dedos – Então vá logo tomar banho!

 

- Tá bom, estou indo! – segue para o banheiro

 

MEIA HORA DEPOIS

 

Sakura está de roupão, sentada no banco de sua penteadeira no seu quarto, com Ino fazendo um penteado no seu cabelo, Tenten as unhas de sua mão, Temari as unhas do pé e Hinata a maquiagem. As sete e meia ela estava pronta. Usava um vestido preto tomara que caia com um curto, em camadas, seu cabelo está preso num coque com algumas mechas caindo em seu rosto, as meninas pintaram suas unhas de prata, nos lábios tem um batom rosa, não muito escuro, blush um pouco rosa, sombra prateada, o rímel preto destaca bem os seus olhos verdes, calça uma sandália prateada com salto de 8cm.

 

- Você está maravilhosa! – Ino diz a olhando com os olhos brilhando – O Sasuke vai ficar doido quando te ver assim! – sorri

 

- Ino é melhor irmos. – Tenten diz ajeitando as coisas na maleta

 

- Você tem razão, o Sasuke não pode ver agente aqui.

 

- Bom jantar Sakura-chan. – Hinata sorri a amiga

 

- Obrigada meninas. – sorri para as amigas

 

As meninas se despedem dela e saem da casa. Às oito horas em ponto, Sasuke tocava a campainha da casa de Sakura. Sasuke está vestido um smoking preto.

 

- “É ele!” – pensa um pouco nervosa quando abre a porta da casa – Oi Sasuke-kun. – sorri

 

- Oi. – a olha de cima a baixo – Você está linda! – pega na mão dela e dá um beijo

 

- Obrigada. – cora um pouco

 

- Vamos?

 

- Claro. – fecha a porta da casa

 

Ao chegarem à casa de seu sócio, Záion Tamura, 25 anos, ruivo dos olhos azuis. Ele avista Sasuke chegar com uma moça muito bela em sua opinião, segue até eles.

 

- Sasuke-san. – Záion o cumprimenta – Como vai? – sorri

 

- Muito bem. – o moreno responde

 

- E quem é essa bela dama? – encara Sakura pegando na mão dela e dando um beijo

 

- Sakura Haruno, amiga de Sasuke. – sorri – Prazer.

 

- O prazer é todo meu. – sorri malicioso

 

Sasuke percebeu o olhar do sócio em Sakura e fechou a cara na mesma hora. Como ele ousava em olhar assim para a sua menina? E desde quando Sakura era sua menina? Era sua menina desde sempre, se apaixonou quando a viu pela primeira vez, mas nunca quis se declarar para ela, por isso tornou seu melhor amigo. A conheceu quanto ela tinha 15 anos, era uma menina ainda, mas agora tudo mudou, sua amiga a seu ver continuava sendo uma menina, mas no corpo de mulher e que o estava deixando louco.

 

É despertado por seus devaneios quando Sakura o puxa para sentarem em uma mesa e pra seu azar junto com Záion, ele não parava de encarar a pernas bem torneadas de Sakura e ela nem percebia isso. Era tão pura e inocente sua menina. E pra pior a situação Záion convidou Sakura para dançar e ela aceitou, Sasuke só ficou observando ela dançar com seu sócio e não gostou nada, Záion a segurava pela cintura, ninguém podia tocá-la assim, só ele podia, ela era de Sasuke Uchiha. Não agüentando mais em vê-la nos braços de outro, se levanta e segue até eles.

 

- Será que eu posso dançar com ela? – coloca a mão no ombro de Záion

 

- Claro. – Záion sai

 

- Você está muito sério. – o enlaça pelo pescoço – Você está bem?

 

- Estou sim. – enlaça a cintura dela

 

- Mas não parece. – arqueia uma sobrancelha – Eu te conheço Sasuke-kun, tem alguma coisa te incomodando. Só não sei o que é.

 

- Tá bom, tem uma coisa me incomodando, mas aqui não é o melhor lugar para conversarmos.

 

- Tudo bem, quando você me deixar em casa agente conversa. – deita na cabeça no peitoral dele

 

- Tá bom. – descansa sua cabeça no topo da cabeça de Sakura

 

Ficam dançando em silêncio, um sentindo o outro.

 

Para Sakura era mágico estar assim com ele, é apaixonada por Sasuke desde os 17 anos, mas acha que ele a vê só como sua amiga, queria ter coragem para falar a ele que o ama.

 

Para Sasuke era uma tortura ter ela assim em seus braços e não poder beijá-la ou tocá-la mais profundamente. Ele sabia que ela era virgem ainda, mas mesmo se um dia ela venha a se tornar mulher, ela continuaria sendo sua menina, seria sua menina para sempre.

 

Logo depois o jantar é servido, Sasuke estava se segurando para não voar em cima de Záion e socar aquela cara safada dele, não estava suportando o olhar dele em Sakura, só ele poderia olhar assim para ela.

 

No carro de Sasuke o silêncio predomina, ele estava com uma cara mais séria que o normal e isso estava deixando Sakura curiosa. Por fim, chegam à casa de Sakura, descem e entram na casa. Sasuke vai logo sentando no sofá.

 

- Até que enfim esse jantar terminou. – fecha os olhos – Foi uma tremenda chatice, se eu soubesse não tinha ido.

 

- Vai me falar agora o que estava te incomodando tanto na festa? – senta ao lado dele e tira as sandálias

 

- Záion. – abre os olhos

 

- Por quê? Ele me pareceu um rapaz bem legal. – o encara

 

- Então você não percebeu os olhares dele em você?

 

- Olhares? Que tipo de olhares? – pergunta meia confusa

 

- Vamos dizer maliciosos.

 

- Ah! – fica um pouco vermelha – Eu não percebi.

 

- É claro que você não iria perceber, você não vê malicia nas pessoas. – pega no rosto dela – Mas o problema é que eu não gostei como ele te olhava, porque só eu posso te olhar assim. – aproxima seu rosto do dela

 

- Sas... – é calada pelos lábios de Sasuke, no principio se assusta, mas aos poucos vai se entregando ao beijo, dando passagem para a língua ávida dele explorar sua boca, Sasuke a traz para seu colo, ela coloca uma perna de cada lado da cintura dele, se separam por falta de ar.

 

- Eu amo você. – acaricia o rosto dela

 

- Eu também amo você. – sorri

 

Sasuke sorri e a puxa para mais um beijo, aproveitava para passar as mãos pelas costas, apertava a coxa dela que soltava gemidos baixos, passa a beijá-la no pescoço.

 

- Sasuke-kun me faça mulher. – murmura, ele a encara – A sua mulher. – o olha nos olhos

 

- Você tem certeza? – pergunta olhando profundamente naqueles olhos verdes que tanto o fascinam

 

- Absoluta. – leva as mãos até o zíper do vestido e o desce – Eu quero ser sua.

 

Ele não responde nada, somente a beija se levantando com ela em seu colo e se dirigindo ao quarto, onde a deposita na cama e fica por cima dela, a noite seria longa, ele a amaria como nunca amou ninguém antes, porque ela era a sua menina, pra sempre sua menina.

 

OWARI



Notas finais do capítulo

Deixem reviews.

Kisus, ja ne!