Ele Vai Voltar escrita por Lady_Layla


Capítulo 2
Ne Sua Estante


Notas iniciais do capítulo

Como o site de origem resolveu colaborar um pouco, aqui está o primeiro capítulo para valer.



Ela ainda não estava recuperada do choque do que acontecera, mas sabia que tinha que seguir em frente. Vê-lo sendo atacado por aquele monstro, depois não poder socorrê-lo, aquilo doía demais. Tinha conversado com Rony e ele tinha entendido (ou ela assim esperava) que aquele beijo tinha sido um impulso de alegria, um erro, mas que a história deles não iria passar daquilo. Tinha ficado triste em magoá-lo, mas tinha que dizer a verdade. Havia se passado mais de um mês desde a luta em Hogwarts e, num julgamento conturbado, ela finalmente o viu receber a absolvição completa. Ele, que fora quem mais sofreu e se sacrificou. Não que isso importasse agora, pois durante todo esse mês ele não abrira os olhos nenhuma vez. Ela sabia, pois velava por ele desde que fora liberada da enfermaria em que estivera se recuperando. Naquele momento, com um fone no ouvido e os olhos cravados nele, cantarolava uma música que calava fundo no seu coração, enquanto tinha entre as suas a mão dele.


Te vejo errando e isso não é pecado,


(e não podia ser...)


Exceto quando faz outra pessoa sangrar


(e quantas vezes ela sangrara...)


Te vejo sonhando e isso dá medo


Perdido num mundo que não dá pra entrar


( e quantas vezes ela tentara, e tão pouco descobrira)


Você está saindo da minha vida


E parece que vai demorar


(por favor, não...)


Se não souber voltar, ao menos mande notícias


(ele vai voltar!)


Cê acha que eu sou louca


Mas tudo vai se encaixar


(qualquer um acharia que ela era louca, apaixonada justamente por ele)


Tô aproveitando cada segundo


Antes que isso aqui vire uma tragédia


(e ela ficaria com ele até o fim)


E não adianta nem me procurar


Em outros timbres, outros risos


Eu estava aqui o tempo todo


Só você não viu


(e ela realmente o apoiara, apesar de ele parecer nem notá-la)


Você tá sempre indo e vindo, tudo bem


Dessa vez eu já vesti minha armadura


(e ela iria proteger o seu amor...)


E mesmo que nada funcione


Eu estarei de pé, de queixo erguido


( e seu orgulho iria protegêla de tudo...)


Depois você me vê vermelha e acha graça


Mas eu não ficaria bem na sua estante


( e ela não iria ser só “mais uma”, não se envergonharia dele, nunca!)


Tô aproveitando cada segundo


Antes que isso aqui vire uma tragédia


(e ela iria protegê-lo e amá-lo sempre, mesmo que ele não despertasse mais)


E não adianta nem me procurar


Em outros timbres, outros risos


Eu estava aqui o tempo todo


Só você não viu


(será que ele nunca notaria o seu amor?)


Só por hoje não quero mais te ver


(bem que ela tentou se convencer disso...)


Só por hoje não vou tomar a minha dose de você


(ela queria tê-lo ao seu lado não só hoje, mas para sempre)


Cansei de chorar feridas que não se fecham, não se curam


(e ela tinha muitas feridas abertas em seu peito...)


E essa abstinência uma hora vai passar...


(será?...)


Nesse momento, por trás de seus olhos fechados, uma voz a trouxe de volta para a realidade, enquanto uma mão apertava a sua.


-Só espero que seu amor por mim não passe...


*******************



Notas finais do capítulo

Espero que tenham gostado. E para que acompanhou esta história no original aviso que farei pequenas correções sobre a versão do F&B, mas é pouca coisa.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Ele Vai Voltar" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.