Sexy Daddy!! escrita por Sweet Lips


Capítulo 3
Cap II




 

 

 

Durante o almoço os meus pais ficavam sempre tentando puxar assunto,sobre o meu primeiro dia de aulas e pelo fato de eu ter estado tão feliz com isso.Decidi ocultar a parte do pai de Claire.Se eles soubessem que eu tive uma pancada por ele,das duas á uma:ou iriam se rir da minha cara ou então ficariam chocados.Fui para o meu quarto,fazer os deveres e tentando esquecer do assunto,mas parece que ele não conseguia sair da minha cabeça.Cada vez que eu tentava tirar a bendita imagem da minha cabeça,aparecia sempre o mesmo...o seu porte,a sua postura,o seu olhar,até os seus lábios!!Nossa,estou ficando doente só pode.Me deitei na cama,me preparando para outro dia...

 

*´*´*`*´*´*´*

Acordei de manhãzinha.Me arrumei e meu pai já me esperava no carro.Cheguei ao colégio e encontrei Claire na entrada da sala.Olhei atentamente para ela.Tinha coisas dele.Talvez o olhar e o sorriso.Abanei a cabeça e cumprimentei-a,entrando á sala seguida por ela.O professor chegou minutos depois,já anunciando um trabalho de grupo!!!

 

- Caraca,é meu 2º dia e esse cara já decide mandar trabalho!_reclamei baixinho para Claire,que sorriu com meu comentário.

 

- É vá se habituando.O senhor Doneey,está sempre mandando trabalho._disse,rindo._Quer fazer comigo?_perguntou.Arqueei a sobrancelha,como se fosse bastante óbvio.

 

- Mas é claro...você é a única amiga que conheço nesse lugar._e sorrimos.O senhor Doneey se virou e a gente se calou de imediato.Claire ficou com um olhar distante na sala,e de vez em quando eu a apanhava olhando para o garoto ao lado da nossa carteira.Assim que ela reparava que eu estava a olhando,desviava o olhar para o caderno.Estranho.Irei perguntar sobre isso mais tarde....

 

A aula acabou e a gente foi novamente para o pátio.Olhei para todos os cantos,vendo se encontrava um certo alguém,mas nada dele.Claire notou.

 

- Procurando por alguém?

 

Olhei para ela,esbugalhando os olhos.

 

- Não,não claro que não!Impressão sua!_minha resposta foi demasiado desesperada para o meu gosto.Como sou idiota.Claire arqueeou a sobrancelha,me achando louca,o que de fato era.Não é qualquer uma que se apaixona pelo pai da amiga!

 

- Ei,aonde a gente vai fazer o trabalho?Na sua casa?_perguntou Claire,interrompendo meus pensamentos.

 

- Hum...acho melhor não.Ainda estamos de mudanças,por isso está uma enorme confusão lá.Que tal na sua?_sugeri e só depois dei conta do erro que cometi.Não queria estar no mesmo lugar que ele.Sabe-se lá o que iria acontecer!E se eu não me contesse?

 

- Claro.Por mim tudo bem._disse Claire para minha desgraça._Mas meu pai hoje vai trabalhar até tarde por isso temos que ir a pé.Se importa?_suspirei alíviada.

 

-Claro que não.Podemos ir._falei.Mandei um torpedo á minha mãe que veio com a conversa que todos os pais tinham de me portar bem,ligar assim que chegar e blá blá blá...Chegamos a casa de Claire num instantinho.Ficava apenas a uma rua de distância do colégio.Morava numa pequena vivenda bastante bonita.Entramos lá e pude reparar que tinha uma decoração bastante moderna para a gente daquela cidade.Um sorriso involuntário surgiu no meu rosto.Fui até uma estante e uma coisa me chamou a atenção:um pequeno porta-retrato.Estava Claire,ele e ....uma mulher.Muito bonita até...eles pareciam muito felizes.A familia perfeita.

 

- Não gosto nada dessa foto.Estou muito estranha aí._disse Claire de súbito á minha trás.Me assustei levemente,ainda olhando a foto.

 

- Essa é sua mãe?_perguntei com um bolo na garganta,quase fazendo as palavras falharem.

 

- É sim._engoli em seco.

 

- Ela é muito...bonita._falei finalmente.Claire também tinha coisas dela.O tom de pele e o cabelo liso e sedoso.Claire sorriu.

 

- É,não é má.Vou buscar bebidas pra gente.Fique á vontade._disse indo á cozinha.Coloquei meus livros na mesa central e continuei olhando para a enorme sala daquela casa.Porta-retratos era o que não faltava e apenas ele me chamava a atenção claro.Como era lindo,e a cada foto sua beleza realçava mais.Peguei numa onde ele estava sozinho,sorrindo com um olhar bastante sedutor e sem me aperceber,aproximei a foto cada vez mais á minha boca,quase tocando-a.

 

- Renesmee,o que está fazendo?_perguntou Claire novamente.Larguei a foto,me virando assustada.

 

- Nossa Claire...que susto que me deu..._disse sorrindo nervosa.Ela estava na mesa com uma bandeja.

 

-É,por vezes eu provoco isso nas pessoas.Agora venha se sentar,para a gente acabar com o trabalho._disse.Acenti,indo me sentar.Começamos fazendo o trabalho e sinceramente aquilo estava me dando sono.Sempre detestei História e isso nunca iria mudar.Claire pareceu não notar meu tédio e continuava escrevendo.Me aproximei tentando puxar conversa.

 

- Claire...quem era aquele garoto que você olhava sempre hoje na aula?_perguntei.Claire parou de escrever,ainda fitando o livro.Pareceu constrangida.

 

- Não foi ninguém.Deve ter sido impressão sua._e começou escrevendo de novo.Suspirei.

 

- Claire,não precisa esconder nada de mim.Somos amigas não somos?_ela riu.

 

- Nos conhecemos ontem....

 

- Mas ainda não sou digna de sua confiança?_perguntei um pouco ofendida.Claire sorriu,suspirando.Tinha se rendido.

 

- Era Quill...somos colegas desde o 1º ano,mas ele nunca reparou em mim._disse cabisbaixa.

 

- Então você gosta dele!_falei sorrindo e batendo palmas.Claire sorriu ainda mais,fazendo com que um manto de cabelo preto caisse para a frente da sua cara.

 

- Sim mas...ele nunca vai olhar para mim.Sou muito desinteressante._disse ela num tom triste.Me aproximei dela,tirando o cabelo do seu rosto.

 

- Claire,não diga isso.Você é linda.Tem uma beleza diferente e exótica.Só tem que se abrir um pouco mais e vestir algo mais...alegre._disse e as duas olhamos para as vestes pretas e super carregadas que ela vestia.

 

- Acha?_perguntou olhando para ela própria.Acenti.

 

- Tenho a certeza.Queriam muitas garotas ser como você.E sorrimos as duas até que o barulho da porta a abir,nos fez parar e olhar para ela.Meu coração foi fundo.Ele havia entrado em casa,com o casaco e a pasta na mão.Assim que nos viu,nos olhou surpreso,mais por mim talvez.

 

- Pai.Esta aqui é Renesmee,a nova colega que te falei.Estamos fazendo um trabalho da escola._disse Claire.Ele sorriu,se virando para mim e assim que senti seus olhos presos aos meus,minhas faces ruburizaram de imediato,ainda mais quando ele se aproximava.

 

- Prazer.Sou o pai de Claire.Jacob Black._disse ele se inclinando e me cumprimentando.Meu deus que cheiro é esse?Hugo Boss??Além de gostoso e lindo é cheiroso!Se controle Renesmee,se controle!!

 

- Renesmee..._falei meio embriagada,tentando me recompor o mais rápido possível.Ele sorriu e foi dar um beijo á filha.

 

- Espero que se sinta á vontade._disse ele.Como você aqui não conseguirei!!

 

Eu e Claire continuamos fazendo o trabalho enquanto que Jacob preparava o seu café na cozinha.Se já não me concentrava imagina agora com ele naquela casa!De vez em quando,olhava discretamente para ele,mas desviava rapidamente sempre que via que ele ia me olhar.Ele bebeu seu café e subiu para cima.Suspirei assim que ele fez.Minha sanidade havia voltado.

 

- Bem,a gente já acabou.Quer que eu peça ao meu pai para te levar a casa?_disse Claire.Por mais tentador que isso fosse,meu instinto mandava recuar.Não queria me portar como uma perfeita idiota com ele!

 

- Hum,não precisa,eu mesmo ligo ao meu pai._sorri sem jeito e peguei meu celular,discando o número,até que o barulho estridente vindo de fora me interrompeu.Claire se levantou,abrindo a corina.Uma tempestade torrencial estava começando.Era horrível.

 

- Xi,não sei se é boa ideia ir para casa.É perigoso andar assim.Porque não dorme aqui em casa?É mais seguro._sugeriu Claire,numa alegria só.Engoli em seco com outra proposta ainda mais tentandora.

 

- Bem...eu mão quero incomodar..._tentei desculpar.

 

- Não é incomodo nenhum,imagina!_e foi até a escada._Pai vem aqui!_gritou e então Jacob apareceu minutos depois.Agora estava com uma camisa cinza colada no corpo e uma calça de treino preta.Mordi o lábio sem querer.

 

- Pai,começou uma tempestade horrível,não acha melhor Renesmee dormir aqui hoje.É perigoso o pai dela andar nesse clima._disse ela.Jacob olhou para mim e depois sorriu.Morri.

 

- Acho uma ótima ideia.Pode deixar que eu explico tudo ao seu pai Renesmee._senti um calafrio assim que ele disse o meu nome.Suava diferente com ele,não sei,ou então eu estou ficando doida.E então pegou seu celular,me pedindo o número.Claire,se mostrou preocupada.

 

- Pai,não sabe que é perigoso falar no celular nesse clima?_disse.Jacob se virou sorrindo de leve para ela como se dissesse " eu sou o pai,eu é que sei".

 

- Boa tarde,é o senhor Cullen?Aqui é Jacob Black,pai da colega de Renesmee.Só liguei para sugerir que Renesmee durma aqui.Não é aconselhável vir buscá-la com essa tempestada.Imagina,não será incomodo algum.Minha mulher está numa viagem de negócios e até é bom para Claire,assim ela fica com compania.Imagina,o prazer é meu.Passe bem._disse Jacob,desligando.Até falando ao celular é sexy,cruzes!!Meu coração sofreu um enorme aperto assim que ouvi ele dizendo "minha mulher".Também queria o quê?Esse homão,nunca poderia estar sozinho!

 

Claire sorriu,pegando no meu braço e me fazendo correr até lá em cima.Entramos no seu quarto e pude ver que preto era definitivamente sua cor favorita.Mas ao menos a luz não o tornava tão sombrio.Ela abriu o armário,tirando algo de lá.

 

- Tome,aqui está um pijama para você.Não sei se vai te servir,mas é o maior que eu tenho._sorri.Eu era um pouco mais alta e corpulenta que Claire,mas o pijama tinha me acentado que nem uma luva.Era azul e branco para meu conforto.

 

A gente ficou batendo papo por várias horas,até que Claire,preparou minha cama no chão e foi se deitar.

 

- O papo estava bom,mas amanhã tem aula.Durma bem Renesmee._disse Claire,se deitando.

 

- Durma bem._estava sem sono algum,mas decidi me deitar.Fechei os olhos aguardando o sono e nada.Fiquei me revirando por um longo tempo.Abri os olhos e vi que Claire já estava no 5º sono.Me levantei sem fazer barulho e desci até a cozinha.Tinha o péssimo hábito de beber leite antes de dormir desde criança.O caminho estava livre.Fui até a cozinha,pegando no leite e num copo,enchendo-o.Reparei numa foto da mãe de Claire,com um vestido vermelho muito bonito e algo escrito lá.

 

 "Para a mulher e mãe mais maravilhosa do mundo!Jacob Black"_Suspirei,pegando na foto.Que sorte que essa mulher tem.A luz se acendeu e eu me virei assustada.

 

-Renesmee....está tudo bem?_era Jacob,com o tronco nú e uma calça de pijama.Susti a respiração para não gritar.Abanei a cabaça com sofreguidão.

 

- Tudo._saiu um gincho para minha aflição.Tentei disfarçar._Tudo...eu só vim beber leite...é...um hábito que tenho!_falei,erguendo o copo.Agora sim ele vai me achar uma autentica idiota.Jacob sorriu para meu espanto.

 

- Como eu.Só durmo assim._disse ele,pegando num copo e enchendo-o de leite também.Depois reparou na foto da mulher,me olhando.

 

- Eu estava vendo.Sua mulher é muito bonita._falei,tentando engolir o bolo com o leite,quase me engasgando.Ele deu um leve sorriso.

 

- É,eu sei....gosto muito dela,desde adolescente.Quando a vi soube que seria a mulher da minha vida._disse ela,olhando para a foto.Olhei para o chão cabisbaixa.

 

- Que bom,fico muito feliz pelos dois..._falei num sussurro.

 

- Obrigada.Espero que esteja gostando de ficar aqui.Claire não costuma ter muitas amigas,por causa do jeito dela._disse.Olhei para ele.

 

- Jeito?_ele acentiu.

 

- Sim,dela sempre vestir preto e estar sempre calada.Normalmente os outros não se relacionam com ela por causa disso._acenti.

 

- Imagina,Claire é uma garota fantástica,gosto muito dela._falei.Jacob sorriu e uma enorme fileira e dentes brancos surgiu.Me apoiei na bancada para não cair.E forçei minha visão para não descer até seu peito.Aí,sim iria passar mal.

 

- Fico feliz por pensar assim.Tenha uma boa noite Renesmee._disse ele,saindo da cozinha.

 

- Boa noite..._falei.Irei ter sim...sonhando com você.

 

 

`*`*`*`*`*`*`