This Is My Gang! escrita por Metal_Will


Capítulo 118
Capítulo 118




Capítulo 118 - Mistérios pré-palco

  Enfim chegou o grande dia do concurso. Seria em um sábado, fora do horário de aula, com o colégio Megatec cheio de enfeites, propagandas, essas coisas de eventos. A grande passarela das competidoras do Miss Megatec estava ali bem no meio do pátio, cheia de faixas e ornamentos exagerados. Como grande parte do concurso foi organizado pela agência, a direção da escola não precisou mover uma palha ou desembolsar um centavo para montar o circo todo. E lá estávamos nós, sábado, ás nove da madrugada, prontos para encarar o desafio de derrotar Patrícia em seu próprio jogo. Claro que havia a presença de todos os pais e eu já podia ver de longe o pai da Paty paparicando a filha antes do concurso começar. Pelo que parecia, o vestido dela estava escondido a sete chaves. Tudo bem. Afinal de contas, nossas concorrentes também estavam guardando segredo sobre seu figurino. Se bem que, conhecendo a Patrícia, ela certamente entraria com um vestido bem caro, algo caro o suficiente para deixar qualquer princesa com inveja (é, era típico dela). Se isso for possível, né? Sei lá. Como eu já disse antes, sou o tipo de cara que não manja nada de roupas e moda, afinal, isso é coisa de mulherzinha. E, como todos vocês sabem, eu sou muito macho!

- Daniel? - disse Karina, chegando atrás de mim de repente.

- Aaaaaah!! - gritei com o susto. Como sempre, ela chegava do nada. Mas um sustinho ou outro não muda o fato de que eu sou muito macho e...ah, você entendeu.

- Não se assuste. Sou eu - disse ela, com o semblante sério de sempre e com as roupas casuais de sempre. Na verdade, acho que nem o cabelo ela mudou. Estava sozinha.

- Percebi - falei - Veio sozinha?

- Sim. Meus pais tinham muito trabalho para fazer hoje - disse ela, totalmente indiferente a não contar com a presença dos pais em seu concurso - Além disso, acho que não vai demorar muito.

- Por que você acha isso? - perguntei.

- Durante essas duas semanas desde o início das inscrições, não ouvi muitos comentários de meninas querendo participar. Acho que não haverão muitas concorrentes.

- Olhando por esse lado...também não ouvi muitas pessoas comentando - falei com ar pensativo - Será que ficaram com medo de enfrentar a Patrícia?

- Se elas ficaram com medo eu não sei - disse Demi, chegando de repente segurando dois cabides, certamente  com os vestidos das duas ali - Mas eu estou pronta para acabar com ela lá em cima!

- Ah, Demi! - exclamei. Ela também estava vestida casualmente. Na certa, deixariam para se arrumar nos camarins.

- Oh. Daniel. Há quanto tempo? - disse a mãe dela com um sorriso simpático - Hoje a Demi vai relembrar seus tempos de modelo.

 Ela falava como se a filha não tivesse treze anos, mas tudo bem.

- Eu não gostava muito daquele ambiente, mas...aprendi uma coisa ou outra - disse Demi confiante - E se isso for suficiente para furar o ego da Patrícia, já fico feliz.

- Vocês estão diante de uma futura protagonista da novela das nove - disse a mãe dela, apertando as bochechas da filha - Essa menina tem futuro!

- Mãããe...para! - reclamou Demi.

- Oh, desculpe. E, ei, você também está participando? - disse ela, agora voltando-se para Karina, que apenas balança o rosto positivamente.

- Legal. Bom saber que a sua turma está dando apoio para as meninas - disse a mãe de Demi, sem perder o bom humor. E por falar em turma, cadê aqueles outros dois?

- Hey! E aí, gente? - disse Wilson, chegando acompanhado de Jorjão (que já vinha carregando um saquinho de pipocas).

- Wilson - cumprimentou Demi.

- Oh, dona mãe da Demi! Como vai? Está bonita como sempre. Se o concurso não fosse só para alunas, poderia participar dele - disse ele, sem perder a oportunidade de puxar saco (como sempre).

- Huhuhu. Como é gentil - disse ela.

- Achei que fosse chegar mais cedo - comentei.

- Estava fazendo uma pesquisa de campo - disse ele - Parece que vocês não terão muitas concorrentes.

- É...olhando bem, não vi muitas meninas falando do concurso por aí - disse Demi.

- Exatamente. Isso pode aumentar nossas chances - falou Wilson.

- Ou diminuir, dependendo de como a Patrícia estiver - disse Jorjão.

- Deixa de pessimismo, rapaz - falou Wilson - Temos boas armas, lembra?

- Espero que funcione - disse o nosso fofinho amigo, enquanto virava as últimas pipocas goela abaixo.

- Confiem na Demi - disse a mãe coruja de nossa linda amiga - Quando se trata de palco, não tem como ela perder.

- A menos que a Patrícia me faça tropeçar no fio do microfone de novo - reclamou Demi.

- Relaxe. Vai dar tudo certo - a mãe de Demi continuava otimista - Escuta. O concurso não vai começar.

- É verdade. Ka! Hora da gente se arrumar! - disse Demi, puxando Karina, que, como sempre, passava a maior parte do tempo em silêncio.

- Ah, sim, os vestidos ficaram bons? - perguntei à mãe de Demi.

- Minha irmã é incrivelmente habilidosa - respondeu ela - Aqueles vestidos, se unidos à maquiagem certa, podem se fazer passar por vestidos de grife mesmo com um tecido barato. Quanto a isso não precisam se preocupar!

- Além disso, o concurso não é apenas de beleza - disse Wilson - E temos muito mais vantagens no quesito talento do que no quesito beleza.

 Bem, isso se o que planejamos e treinamos durante todo esse tempo der certo. Também ajudaria se a Karina sorrisse, mas isso é algo difícil até mesmo de imaginar. Enquanto olho para o lado, vejo as duas escravas, digo, amigas de Patrícia, aquelas cujos nomes não importam, conversando sobre as roupas dela. Na verdade, elas não deveriam estar lá junto com ela?

- Ei, vocês não estão participando do concurso? - perguntei, aproveitando que elas estavam passando.

- Nós? - disse uma delas - Nem pensar, não tem como ganhar da Paty em um concurso de miss!

 Devia imaginar que a chefe não daria vez para as servas. Mas, a outra coisa que elas falaram, me deixou mais surpreso.

- E todo mundo na escola sabe disso - falou a outra - Na verdade, acho que só vocês tentaram desafiá-la.

- Isso mesmo - concordou a outra garota - É só olhar para os lados. Praticamente todas as meninas da nossa escola desistiram. Até mesmo as mais velhas.

 E olhando para o pátio, de fato, muitas meninas bonitas estavam apenas assistindo. Será que a pressão da patricinha foi tão grande a ponto de assustar todas? Era um concurso mirim, voltado para alunas do fundamental, então não contamos as alunas do Ensino Médio (na certa, isso foi sugestão da Patrícia), mas mesmo assim, para ninguém participar além da gente...muito estranho. Por outro lado, eu podia ficar tranquilo quanto a uma certa pessoa. Emília. Sim, se ela foi pressionada pela Patrícia a não participar, então não qualquer encontro com aquela maluca estava fora de cogitação. Pelo menos quanto a isso eu estava salvo. Respirei aliviado e cerca de meia-hora depois, o início do concurso foi anunciado.

- Senhoras e senhores. Alunos, amigos e pais. Sejam bem-vindos ao primeiro Concurso Miss Megatec! Muita emoção e tensão nessa competição! Quem será a gatinha que levará a faixa de garota mais talentosa dessa escola? - o apresentador era um cara jovem e tinha cara de ser daquele tipo de apresentador eloquente, porém chato e cheio de fazer comentários sem-graça.

- Deve ser algum cara da agência - comentou Wilson.

- É um dos apresentadores oficiais de lá - disse a mãe de Demi, que ainda estava ali, ansiosa para ver a filha em ação. Também estava curioso para ver como Demi ficou no vestido azul. Pelo desenho de Karina, na teoria, tinha tudo para ficar bem. Mas...não tinha a menor ideia de como estava o vestido da Patrícia. Tá legal. Duas contra uma, se realmente não havia nenhuma outra competidora, mas mesmo assim, ainda tinha minhas dúvidas.

- Então..vamos começar! - anunciou o apresentador. O Miss Megatec começaria agora!





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "This Is My Gang!" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.