Simple Love escrita por Katy Clearwater


Capítulo 10
Capítulo nove





Capítulo nove:

Bella

- Mike me solta! – eu gritei me debatendo, mas ele me jogou na parede fazendo meu rosto bater num quadro.

- Eu mandei calar a boca. – eu não tinha visto que ele estava armado até agora.

     O Mike parecia possuído, muito mais louco do que quando ele ficava bêbado... E ainda armado. Eu não podia deixar ele chegar perto do Josh ou do Jake dessa forma.

- Bella! – eu chorava encolhida no chão quando Jake apareceu na sala.

- Sai daqui! – quando gritei Mike pisou na minha mão que estava no chão e colocou todo peso em cima dos meus dedos. Eu senti alguma coisa quebrar, mas não importava. Eu não podia deixar nada acontecer com o Jake e com Josh.

- Seu desgraçado sai de perto dela! Senão... – o Jake empurrou o Mike, mas logo deu um passo para trás quando ele apontou a arma para seu rosto.

- Senão o que mauricinho? Agora você não vai querer me bater né? Eu devia estourar seus miolos, melhor os dela, ou... – Mike sorriu maldoso e continuou apontando a arma para mim e para o Jake. – Cadê o fedelho?

- Fica longe do Josh. – Mike acertou um soco no olho do Jake assim que ele gritou. Jake iria revidar, mas ele me puxou pelo cabelo e ficou com arma apontada para minha cabeça.

- Eu já vi que você não tem amor pela sua vida seu merda, mas e pela dela você tem? – vi Jake bufar de raiva, mas ele ficou parado enquanto Mike falava. – Bom garoto. – eu chorava desesperada enquanto Jake bufava de ódio e encarava o Mike.

      Eu passei os olhos pela sala e não vi o Josh. Fiquei mais calma com isso, agora eu só precisava tirar o Jake dali.

- Eu não sei o que você quer, mas a gente pode conversar sobre isso. É só você soltar a Bella e...

- E o que? Sou eu que mando agora e eu não vou soltar ninguém. – enquanto gritava com Jake Mike tirou a arma da minha cabeça e apontou para ele.

     Antes que eu pudesse dizer não, Jake pulou em cima do Mike e os dois começaram a brigar pela arma e me jogaram longe. Bati com a cabeça na parede e fiquei meio tonta. Eu ouvia os baques quebrando os móveis da sala, mas o que me despertou foi o disparo.

     Mike levantou atordoado vendo as mãos sujas de sangue enquanto o Jake se contorcia no chão. Depois do choque passado Mike fugiu correndo. Eu ainda estava vendo tudo embaçado, mas consegui cambalear até onde Jake estava deitado.

- Jake, fala comigo, por favor. – eu trouxe sua cabeça para meu colo e enquanto eu o embalava vi Mike voltar correndo para dentro do apartamento.

- Fique parado e coloque as mãos onde possamos ver. – Mike obedeceu aos policiais que entraram atrás dele e foi levado algemado.

- Precisamos de uma ambulância aqui. – um dos policiais gritou e daí tudo começou a correr diante dos meus olhos.

     Josh apareceu correndo e me abraçou se encolhendo no meu colo. Ele tinha ficado no quarto a mando de Jake e ligado para policia. Acompanhamos Jake na ambulância até o hospital, mas logo a Leah apareceu e ficou com ele no quarto.

     Os médicos disseram que foi um tiro de raspão no abdômen, mas tinha tanto sangue. Eu não conseguia parar de pensar que tinha sido minha culpa. E eu achava que nada podia piorar até que ela apareceu.

- Qual é o quarto de Jacob Black?

- No fim do corredor.

      Ela sorriu para recepcionista e passaria direto se não tivesse me visto.

- Indigente, ainda por aqui? – ignorei sua presença e ela sorriu debochando. – Perdeu a língua mendiga ou perdeu a coragem de falar depois que o Jake foi baleado por sua causa? Aposto que isso nunca teria acontecido se ele não andasse com gente da sua “categoria”. – ela se virou para sair de perto, mas depois me encarou mais uma vez com um sorriso no rosto. – Porque não aproveita a ausência do Jake e vai embora de vez? Estaria fazendo um favor para ele e para você mesma.

     Fiquei encarando seus passos pelo corredor enquanto tinha certeza de que ela estava com razão.

- Mãe não chora. – Josh passou a mão por minhas lágrimas e eu ainda não tinha fala só pude abraçá-lo.

- Sr.ª Newton? – um médico me chamou fazendo com que eu me separasse de Josh.

- Sim. – limpei o rosto e peguei a posta que ele me oferecia.

- Parece que não houve fratura na sua mão, apenas uma lesão muscular. É só evitar de fazer esforço com as mãos nos próximos dias e ficará bem. – o médico sorriu e se afastou.

     Senti ainda mais culpa ao saber que comigo estava tudo bem e com o Jake não. Talvez aquela megera tivesse mesmo razão.

     Eu sabia o que devia fazer só não sabia que iria doer tanto. Suspendi Josh no meu colo e voltei até a casa do Jake. Os policiais me deixaram entrar para pegar alguns objetos pessoais, eu vi quando Josh pegou o carrinho que o Jake deu para ele começar sua coleção e colocou na mochila. Eu não podia proibi-lo de gostar do Jake ou de sofrer com o que eu estava fazendo.

      Escrevi um bilhete, pendurei na geladeira e deixei aquele apartamento com a mesma mochila que eu entrei, mas muito mais partida do quando cheguei.

- Mãe, a gente ainda vai ver o Jake? – eu não consegui responder apenas balancei a cabeça num não.

      Josh soltou minha mão e escreveu algo no bilhete que eu havia posto na geladeira. Deixei que ele fizesse tudo que precisava e depois fomos embora. Eu sabia que estava fazendo a coisa certa só esperava que Jake entendesse isso também.

Jacob

- Eu sabia que você ia levar um tiro. – apesar das palavras Leah não parecia irritada e sim preocupada.

      Ela e Nessie não se suportavam, mas as duas estavam a horas no meu quarto sem se matar. O médico estava terminando de avaliar meus exames para me liberar para ir para casa. No fim o tiro foi só de raspão e sobrou apenas o susto.

- Meu bebê!

- Ah eu não acredito! – a voz da minha mãe conseguiu me assustar mais que o susto. – Mãe o que você esta fazendo aqui?

- Jacob Black o que você estava pensando quando levou uma operaria para dentro da sua casa? – fuzilei Nessie com os olhos e ela fez cara de inocente para mim.

- Mãe eu não sou mais criança e acho que posso fazer da minha vida o que eu quiser e bem entender. – a minha mãe era um amor, mas se eu não fosse grosso ela não ia parar de ataque.

- Senhor Black já pode... – o médico entrou no meu quarto falando, mas parou quando deu de cara com a minha chorando feito louca.

- Meu filho vai morrer? Ai meu Deus. – Lee abafou o riso com ela quase desmaiou no colo da Nessie.

- Na verdade, o Senhor Black já está de alta e pode ir para casa. – eu vi que o médico também se controlava para não rir.

      Minha mãe ficou dando piti até chegarmos ao meu apartamento. Eu não sabia se ia poder ficar lá porque iriam investigar o local e tudo mais, mas logo deixei claro que se fosse o caso ia me hospedar com a Leah ou a minha mãe era capaz de me enlouquecer.

     Quando cheguei a casa ainda estava cheia de policiais, mas nada da Bella nem do Josh. Eles disseram que em algumas horas iriam embora e uma viatura iria ficar em frente ao prédio. Eu não precisaria sair de casa, amém. Fui para o quarto procurar Bella e Josh, mas também nada.

- Jake. – Lee me chamou da porta do quarto com um papel na mão.

- Que foi? – ela não me encarou quando eu perguntei apenas me entregou o papel.

      Assim que abri não conheci a caligrafia, mas a assinatura era o nome dela. Ninguém seria tão cruel a ponto de forjar isso.

“Jake sinto muito tudo que ti fiz passar. Vou fazer a coisa certa e sair da sua vida antes que eu e meus problemas te causem algo pior.

Ass: Bella

P.S.: Eu queria muito mesmo que você fosse meu pai, vou sentir saudades. Josh”

- A Bella foi embora? – as palavra saíram como navalhas cortando a minha boca e sem sentir as lágrimas começaram a rolar e manchar o bilhete que havia em minhas mãos.

     Eu não sabia o que fazer, meu mundo de uma hora para outra pareceu perdeu o sentido. Não havia mais chão sobre meus pés. Não havia mais nada além da dor e da pergunta que me mataria por dentro sempre: Porque ela me deixou?



Notas finais do capítulo

N/A: Oi povitchho, pensaram que eu tinha ido embora de vez né? Naninanão! Voltei para vocês ^^. A saudade da minha Best é grande, mas temos que continuar.
A parte de falar da fic eu vou deixar para Ale que se empolga nas suas justificativas fajutas para Bella. Eu já avisei que a Bella é bisca é só ela aceitar isso....rsrsrsrs.
De praxe deixem um review para me fazer feliz ^^.
Bjks, Katy Clearwater
N/B: Oi Pessoal! Faz tempo né? Pois é... A vida não dá trégua pra gente, mas estamos sobrevivendo...
Agora o capítulo... Nossa nunca vi tanta gente que não prestam reunidas, essa Nessie dos infernos, o Mike FDP, e essa mãe chiliquenta chamando a minha bellinha de operária... Tá louco meu, vamos soltar uma bomba nessas pestes!
Jakee como assim Porque ela me deixou? pirou rapaz, tá escrito no bilhete cara! Pq ela te ama e não quer complicar a sua vida! Foi uma atitude precipitada é claro, mas foi de boa fé tadinha! Aiai eu sou team Bella mesmo!kkkkkkk
É isso ai gente, mandem reviews e algumas recomendações tbm? *.*
Bjs
Alemorais