The Prince Of Fire escrita por muzan cross


Capítulo 1
Capítulo 1


Notas iniciais do capítulo

Espero que gostem, deu muito trabalho fazer esse capítulo.



Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/812047/chapter/1

()

o príncipe do fogo:

Livro 1, capítulo 1:

—Desejos, O nascimento do terceiro príncipe, dobrar, manipular, condensar e executar.

 

narrador:

o fogo não é uma forma de ódio, é uma especie de vida, uma forma de energia, uma forma que pode expressar e representar o amor de uma pessoa.

 

essa era a visão de Cai, um menino de cabelos pretos olhos castanhos quase vermelhos e pele branca.

 

cai tinha uma visão bastante única e expressiva sobre o fogo, enquanto as outras pessoas costumam associar o fogo ao ódio, cai refere-se ao fogo como uma forma de vida, algo a ser explicado, estudado e respeitado.

 

Cai era um fanático por animes, embora isso não definise sua vida diária, e sim apenas uma parte do seu tempo, ele era esforçado e dedicado, estudava e jogava bola, tinha uma boa vida social.

 

embora preferi-se ficar em lugares escuros e calmos sem muita gente, ele adora ler, um de seus projetos de vida era ser bibliotecário, para trabalhar em um lugar calmo onde pudesse ler e ser quem ele era, ter suas próprias opiniões, porém aparentemente não era isso que o destino lhe guardava.

()

 

em um certo dia, cai estava saindo de casa indo ao mercado comprar algumas misturas para o almoço.

 

voltando para casa, cai teve que atravessar um farol, ele cansou de esperar e quando o último carro passou, cai começou a atravessar a rua.

 

após alguns segundos cai estava prestes a pisar na calçada do outro lado da rua, porém sem ninguém esperar, cai é atropelado por um carro.

 

ayanokoji:

é caminhão-San, seu irmão mais novo vai precisar de umas dicas suas, ele se atrasou em 5 minutos.

 

caminhão-San:

entendo, vou precisar de mais vítimas para dar dicas para ele.

 

Ayanokoji:

okay, vou providenciar isso depois, mas agora eu vou receber nosso "convidado".

 

caminhão-San:

okay.

()

 

cai:

mas que merda, logo na parte boa da minha vida? fala sério, ei seu merda aparece logo.

 

ayanokoji:

olha o respeito garoto.

 

cai:

Respeito minha bola esquerda, vocês acabaram de me matar antes que eu pudesse aproveitar a melhor parte da minha vida.

 

ednaldo Pereira:

nisso ele está certo ayanokoji a puberdade é uma das melhores partes da vida, principalmente se você é bonito e popular.

 

ayanokoji:

primeiro:

de onde caralhos tu apareceu?.

 

segundo:

isso só serve se ele for bonito e popular, o que não é o caso desse aí.

 

terceiro:

eu precisava medir as capacidades do irmão mais novo do caminhão-San.

 

ednaldo Pereira:

eu não apareci eu sempre estive atrás de você, e você tem 2 pontos bem explicados.

 

ayanokoji:

lá ele, vai atrás da tua tia.

 

ednaldo pereira:

pesado, igual a tua mãe.

 

ayanokoji:

filha da puta...

 

cai:

ei, seus paus no cú, eu ainda tô aqui.

 

ayanokoji:

okay, eu tinha me esquecido de você, muito bem você teria apenas 3 desejos antes de reencarnar mas como você foi um teste eu lhe concedo 5 desejos.

 

lembrando que você vai pro mundo de avatar.

 

cai:

okay, seu corno com Alzheimer, aqui vão meus desejos:

 

primeiro desejo:

quero ter a aparencia do yorichi junto da sua espada e sua proficiência em usar espadas.

 

Ednaldo Pereira:

Você gosta de uma espada né?.

 

Cai:

Vai se foder, e me deixa terminar filha da puta

 

Ayanokoji:

Hahaha, okay, okay, continue.

 

Cai:

Segundo desejo:

Quero ser o filho de ozai senhor da nação do fogo em avatar a lenda de eeng.

 

Terceiro desejo:

Quero poder dominar o fogo e a terra.

 

Quarto desejo:

Quero poder criar uma sub-dobra do fogo misturando a dobra do fogo com a dobra da terra.

 

Quinto desejo:

Quero que o sóka possa aprender uma forma de respiração de minha escolha.

 

Ayanokoji:

Okay, agora você pode entrar ali por aquela porta.

 

Cai:

Okay, até nunca mais seu desgraçado.

 

Ayanokoji:

Seu pai, aquele fumante.

 

Ednaldo Pereira:

Iiiih, ala, falou do pai, eu não deixava

 

Cai:

Vão se foder.

 

Ayanokoji:

Tá, tá, entra logo aí.

 

Narrador:

nesse momento cai entra por uma porta que apareceu no meio do nada e sua visão fica totalmente escura.

 

Derrepente ele recobra a visão e percebe que estava em uma cama ou melhor um berço em uma sala vermelha com alguns detalhes pretos.

 

Derepente uma pessoa aparece, na verdade, duas pequenas e irritantes pessoas aparecem, levou um tempo, mas cai conseguiu se adaptar ao idioma deles, e começou a entender o que eles falavam.

 

Criança numero 1:

Zúzú, deixa ele dormir.

 

Criança numero 2:

Mas não sou eu que estou gritando.

 

Cai em pesamento:

Mal aparecem e já estão brigando, tinha que ser vocês dois mesmo.

 

Narrador:

Apenas alguns instantes de briga foi o suficiente para chamar a atenção de uma terceira pessoa.

 

Pessoa número 3:

Zúko, azúla, parem vocês vão assustar o pequeno yoruichi.

 

Cai em pensamento:

Que coincidência, meu nome nessa vida vai ser o mesmo nome do personagem que possui a aparência que eu escolhi, o que me surpreende é eles acharem que isso vai assustar algum bebê, vou fazer uma graça pra animar.

 

Narrador:

Após esse pensamento cai tentou mexer o seu corpo e percebe que era mais fácil do que ele pensava.

 

Cai:

Olha não é tão difícil mover-me parece até que meu corpo já se desenvolveu completamente, bem vamos ver se consigo me levantar me apoiando em algo.

 

Narrador:

Naquele momento, enquanto todos estavam se destraindo com alguma coisa, cai se levanta, apoiando-se na perna do berço e começa a andar com um pouco de dificuldade e sem ninguém perceber, ele agarra a perna de ursula.

 

Nota do criador:

Ursula é o nome da mãe do zúko e da azúla em avatar.

 

Ursula:

Mas oque?.

 

Narrador:

Naquele momento ursula viu yorichi se agarrando a sua perna e olhando pra ela com um sorriso em seu rosto.

 

Ursula:

Mas como?.

Como você veio parar aqui?.

 

Falou Ursula enquanto olhava para o berço a alguns centímetros de distância deles.

 

Salto no tempo.

 

Narrador:

Após 9 anos muitas coisas mudaram na família de yorichi.

 

Nota dk criador:

Não é como se ele já não espera-se por isso, Né kkk.

 

Narrador:

Aconteceram muitas coisas nesses nove anos. Ursula foi dada como morta, azula estava perdendo sua sanidade, zúko foi expulso da nação após um agnikai contra ozai, que por sua vez tem perdido sua postura e assumiu que queria virar o rei do mundo e dominar as outras nações.

 

Cai por outro lado apenas tem treinado sua arte com espadas e suas dobras claro, mostrando para as outras pessoas apenas sua dobra do fogo e treinando sua dobra da terra em segredo.

 

Ozai:

Azúla aonde está yorichi? Ele já deveria estar aqui para a reunião de planejamento.

 

Azúla:

Conhecendo ele, ele deve estar treinando nesse momento.

 

Ozai:

Poderia ir chama-lo?

 

Azúla:

Por que não mandamos um surbordinado ir chama-lo?

 

Ozai:

Você sabe, que se um subordinado ir atrapalhar o treinamento do yorichi, ele vai apenas sair queimado.

 

Azúla:

Okay, okay.

 

Narrador:

Nesse momento azúla sai do salão de reuniões e vai para a sala de treinamento onde yorichi sempre ficava.

 

Entrando na sala azúla iria chamar por yorichi, mas para ao ver algo interessante para ela.

 

Yorichi estava em uma postura perfeita enquanto segurava sua espada com duas mãos, ele logo começa sua sequência com:

 

um golpe que forma uma única barra vertical de alta potência. 

depois gira seu corpo verticalmente para entregar um corte de trezentose sessenta graus, e logo em seguida desencadeia dois ataques horizontais.

 

sem parar ele gira em uma rotação rápida e deixa um rastro de chamas que lembra a sua imagem e dá uma cambalhota no ar para desferir um poderoso golpe de espada em rotação.

 

Logo depois ele faz um movimento de espada circular logo em seguida ele desencadeia um único ataque de impulso com a ponta da lâmina e da sequencia colocando chamas em sua espada e as misturando com a névoa formada pelo vapor das chamas, e faz um movimento de ataque muito poderoso, a sequencia não acaba por ai e logo yorichi salta e realiza um corte horizontal no ar com a espada coberta de chamas 

 

Ele não acabou ainda e logo ele desencadeia outro ataque de espada contínuo, rápido e poderoso que aparentemente assume a forma de um dragão do sol quando realizado.

 

E pra dar um fim a sequência ele faz Um golpe de dois combos que começa com uma ataque na vertical e depois um na horizontal.

 

Terminando sua performance ajoelhado e com a sua espada já guardada na bainha.

 

Após isso azúla volta alguns passos, e começa a andar de novo logo chamando por yorichi.

 

Azúla:

Yori, cadê você, o papai esta nos chamando.

 

Yorichi:

Estou aqui azúla, e quantas vezes ja falei pra parar com esse apelido?.

 

Azúla:

Qual o problema com seu apelido carinhoso,yori?

 

Yorichi:

Nenhum, mas só deixo me chamar assim se eu puder te dar um apelido também.

 

Azúla:

Vou pensar sobre isso mais tarde, bem vamos o papai esta nos esperando.

 

Yorichi:

Okay deixe só eu ir no meu quarto me arrumar.

 

Azúla:

Seja rapido.

 

Yorichi:

okay.

 

Alguns minutos depois.

 

Yorichi:

Vamos azúla, eu já estou pronto.

 

Azúla:

Okay.

()


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

Espero do fundo do meu coração que vocês tenham gostado



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "The Prince Of Fire" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.