Efeito Lazuli escrita por Pur


Capítulo 1
Visões


Notas iniciais do capítulo

Olá! Já faz um tempo, certo?
Espero que não tenham se esquecido de mim, sei que deixei muitas histórias sem final para trás e não me orgulho disso, mas aconteceram tantas coisas em tão pouco tempo na minha vida que não tive motivação para terminá-las.
Algumas eu exclui - infelizmente -, outras mantive em hiatus, quem sabe um dia?

Por agora, fiquem com minha mais nova história, Steven Universo é meu cartoon de conforto e meu hiperfoco desde 2018 e sempre quis fazer algo sobre, só recentemente tive coragem.

Aproveitem o prólogo!



Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/810826/chapter/1

Azul.

Era somente isso que ela conseguia ver ao seu redor enquanto um espelho gigante flutuava levemente em sua frente, o piso a lembrava àgua, ondulando levemente onde ela pisava mas nunca molhando seus pés ou o belo vestido que abraçava sua forma esguia e delicada.
Fazia quantos ciclos que ela estava presa ali? Ela não sabia, talvez éons? Quanto mais ela iria ficar presa? Somente observando o espelho brilhar quando alguém pedia algo à ele, vendo as imagens levemente distorciadas sem poder dizer nada, apenas tentar entregar aquilo que lhe era solicitado: informação.

"Onde fica a base das Crystal Gems?"

Na terra, talvez?

"Onde está Rose Quartz?"

Ela nunca havia visto a criminosa na vida, apenas boatos.

"Quais os planos dela? Mostre agora!"

ELA NÃO TINHA IDEIA!

Ela não sabia de nada, absolutamente nada sobre a guerra! Ela apenas estava de passagem, observando a beleza dos mares e rios da terra como ela sempre fez. Ela não era uma Lapis Lazuli que fazia seu trabalho e ia embora, ela adorava passear e admirar as colônias, mas sabia que um dia isso traria problemas.
Quer dizer, não imaginava que seria tamanho problema, talvez uma reprimenda de sua Ágata e um pouco de deboche das outras Lapis que terraformavam com ela, mas nada igual a ser pega no meio de uma guerra no qual ela não tinha nada a ver, ser pufada e sua gema rachada, colocada num espelho e usada como fonte de informações por gems que achavam que ela estava com Rose Quartz.

Nesse meio tempo ela aprendeu o que era dormir, mesmo sem saber a palavra exata do que ela fazia enquanto não havia movimento nenhum, ela apenas fechava os olhos e não pensava em nada, desligando sua mente de tudo e... sonhava.
Sonhava com quando era livre, voando pelo espaço, pelo céu multicolorido de homeworld, pelos belos planeta-colônias em que sua diamante trabalhava.
Mas também sonhava com  a guerra, com as pedras quebradas no chão, a fumaça no ar, a terra tremendo e com os gritos de guerra e pavor. 

Mas, às vezes... Sonhava com flashes, cenas estranhas, coisas que nunca aconteceram.

Nunca durava muito tempo, eram apenas alguns segundos antes de acordar repentinamente, eram coisas como estar numa nave, ou em um lugar repleto de água, deitada em algo confortável e abraçando alguém - quem? -, observando o céu estrelado ao redor de uma fogueira - como ela sabia o nome disso? -, cantando uma canção enquanto uma melodia doce acompanhava.

 Cada um desses sonhos traziam sentimentos diferentes: medo, vazio, conforto, pertencimento, amor.

Por que ela sentia que conhecia isso? 

O que eram essas visões? 

Por que ela estava tendo isso agora?

Não era nada como um observatório diamante onde ela via como um terceiro, ela participava, ela via pelos olhos de alguém, ela sentia esses sentimentos. De quem eram esses sentimentos?

Um brilho toma conta do lugar. O espelho se ativou novamente, depois de tanto tempo.

Observando atentamente, Lapis de aproxima do espelho colocando as mãos na superfície levemente gelada, esperando para saber o que haveria do outro lado.
O que poderia ser depois de tudo? Ainda estavam em guerra? O tempo dentro do espelho era mentiroso? Talvez não houvesse passado tanto tempo assim.

Na superfície espelhada logo começa a se formar uma imagem, havia uma pérola - e uma claramente pertencente à alguma gem da nobreza, o corte bonito e seu brilho arco-íris mostravam com exatidão, isso sem falar de suas roupas -, mas o local não era nada parecido com Homeworld ou com algum local Gem.

"Espelho, mostre-me a Galáxia Warp!" 

Ora, depois de tanto tempo sem lembrarem dela e é isso que querem que ela mostre? Não era justo, ao menos sabiam quem ela um dia fora? Ela era uma Lapis Lazuli, uma Gem rara e importante, não poderia ser tratada como uma... como uma Pérola.
Se recusou a mostrar qualquer coisa, não havia nada que pudesse fazê-la mudar de ideia.

"Que pena Steven, acho que está muito quebrado para mostrar algo, me desculpe." disse a pérola olhando para alguém. Mas o que era um Steven? Um corte novo de gem nobre? Talvez a dona desta pérola.

"Tudo bem Pérola, posso ficar com ele mesmo assim?" Disse a tal Steven de volta. 

"Claro, pode ficar, agora vá brincar um pouco, essa pilha está realmente começando a me incomodar." 

Ela não conseguiu ver mais nada enquanto o espelho era entregue para a outra gem.

"Então podemos dizer que a escola fechou para o verão?" Lapis escutou a gem falar em um tom estranho - "divertido" sua mente avisou -.

"Claro Steven, agora vá" Ouviu a pérola novamente. Uma pérola ordenando alguém a ir embora? Que audácia! Esse ser não poderia ser uma gem, talvez um ser inferior com consciência?

 "Olá espelho, eu sou o Steven!" Disse o ser enquanto o espelho finalmente focava em seu rosto sorridente e gordinho, ela nunca havia visto um ser tão... engraçado na sua vida.

Quando ela olhou nos olhos desse Steven, sentiu um estalo em sua mente - algo aconteceu -, simplesmente flashes e mais flashes vieram  a sua mente.
O que estava acontecendo? Porque as imagens não paravam? Ela via uma vida inteira que não aconteceu passando diante de seus olhos. Cenas e mais cenas.

O pequeno ser Steven - um humano. Não, meio-gem? - a tirando do espelho.

Ela roubando o oceano.

Steven consertando sua gem.

Ela voando de volta para homeworld.

Sendo capturada por uma Peridot e uma Jasper.

Ela e Jasper.

Uma fusão. Malaquita?

As Crystal Gems.

A Peridot.

Peridot e ela em um local. Celeiro.

Elas deitadas juntas. Uma vida nova.

Steven? 

Corrupção.

As diamantes.

Diamante azul na terra.

Diamante rosa e Steven?

Steven É a diamante rosa.

Homeworld.

O resgate do Steven.

Fusões.

Diamante branco.

Paz? Não, houve mais, mas o quê?

Depois de tudo - ou quase - acabar, ela simplesmente não sabia o que fazer, suas pernas não aguentavam seu peso, lágrimas em seus olhos e um sentimento doloroso em seu peito, tudo não fazia sentido, como poderia fazer?
Não poderia ser verdade, mas sua pedra - seu coração - dizia que tudo que ela havia visto havia acontecido - ou ia acontecer -, ela precisava fazer algo, mas o que?

Ela sabia que não podia mudar o curso das coisas, mas podia melhorar de alguma forma, certo?

O que ela poderia fazer agora?

Primeiro, ela deveria sair do espelho, tentar seguir o que houve nessa realidade paralela que ela viu, sabendo que iria ser presa, libertada, presa de novo e NOVAMENTE libertada. A Lapis de suas visões era traumatizada, amarga, mas também era esperançosa, protetora.
Ela iria ser sua melhor versão, iria lutar por aquilo que ela viu, um futuro melhor, uma vida melhor, iria cuidar de seus - futuros - amigos, de seu querido Steven, das Crystal Gems, de Peridot.

Mas, no momento, ela fez a única coisa que poderia ter feito.

Ela desmaiou.


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

Minha escrita tá bem enferrujada, fazem o quê? 4 anos que não escrevo de verdade. Sinto muito pela história fraca, tentarei melhorar!
Obrigada por lerem até aqui, aguardo feedbacks e gostaria de saber o que vocês esperam dessa história, adoro ler teorias :)



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Efeito Lazuli" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.