A Insegurança de Luotto escrita por Luísa Monteiro


Capítulo 27
Luísa assume erro,mas Otto finge não se importar




Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/809077/chapter/27

Otto Narrando-A Luísa me ofendeu quando colocou dessa maneira meu amor à prova,ela ia saindo quando a fiz voltar.

—Luísa!-Eu a chamo com minha voz marcante

—O quê?-Ela pergunta nervosa 

—Jura que você está falando isso?-Você acha que eu iria te trair?

—Não sei!-Talvez se sentir muito mal por descobrir a culpa da mulher ,talvez!

—Eu não permito que você pense dessa forma ao meu respeito,eu sempre te respeitei, independente de estar acompanhado ou não com qualquer mulher, não é porque você não conseguiu se perdoar que você vai colocar toda essa culpa em mim 

—Otto!-Eu....-Ela fala mas eu a interrompo 

—Você realmente precisa pensar ,primeiro na besteira que você fez com meu irmão,e depois de desconfiar que eu possa te trair -Eu falo saindo e ela não rebate pela primeira vez 

Luísa Narrando -O Otto foi muito duro comigo,nunca ouvir falar desse jeito,fiquei na sala enquanto a Poli chega.

—Mãe!-Está tudo bem?

—Está sim filha,por quê?

—Porque eu estou te vendo tão triste,e você só fica assim quando briga com o papai, vocês brigaram 

—Não!-Ele brigou comigo

—Eu vou lá agora!-Ela fala e eu a impeço 

—Não filha!-O seu pai dessa vez está certo, a culpa foi minha 

—Como assim?-Você sempre luta pelo que acredita

—Eu luto quando eu acho que estou certa,mas dessa vez eu estou errada 

—É sério?-O quê você fez?

—Deixa pra lá filha!-Não quero que você se preocupe com isso 

—Se vocês precisarem eu vou está aqui!

—Obrigada!

Otto Narrando -Estava no computador quando a Luísa chega e eu tento não olhar pro rostinho de anjo dela.

—Otto!

—Fala!-O jantar está pronto?-Pergunto a ignorando

—Ainda não!-Eu vim falar com você

—Agora não!-Estou ocupado 

—Mas Otto....

—Eu estou ocupado Luísa!-Depois a gente conversa -Eu falo sem olhar para a cara dela,pois assim eu não volto atrás

—Tudo bem!-Com licença -Ela fala chorando 

—Senhor!-Por que o senhor tratou assim a dona Luísa?

—A Luísa precisa sentir o que eu sentir Sara ,e não quero mais falar sobre o assunto

 Poliana Narrando -A mamãe estava muito triste,sentou no sofá e não escondeu o choro.

—Mãe!-Você conversou com o papai?

—Eu tentei,mas ele não me deixou falar 

—Ele deve estar magoado com você,o que você fez?-O papai te ama tanto!

—Ele descobriu que eu trair o Marcelo,ele me perdoou e eu não quis o perdão dele por achar que ele não me amava mais,já que foi tão rápido,eu só queria que ele fosse mais severo com meu erro igual eu fui,mas eu não pensei que a severidade dele fosse doer tanto

—Eu sinto muito mãe!-Mas ele vai te perdoar

—Dona Luísa!-O jantar estar pronto!

—Obrigada Sara 

Jantar....

—Filhaaaa!

—Oi paaii!

—Você não vai dar um beijo na mamãe?-Pergunto e a mamãe desvia o assunto

—Vamos jantar!-Então Poli!-Como está na escola?-Mamãe aproveita para perguntar 

—Muito bem!-Tirei 9,0 em matemática

—Ficou feliz filha!-Mamãe diz 

—Eu também meu amor 

—Eu só consegui porque ambos me ajudaram 

—A gente te ama Poli!-Mamãe diz, 

—Sim filha!

  Dias Depois ...

Otto Narrando -A Luísa estava triste há alguns dias,mas era necessário ela entender o que eu estava fazendo.

—Bom dia!-Luisa fala 

—Bom dia!

—Bom dia!-Está tudo bem mamãe?

—Sim filha!

—Você parece muito preocupada

—Só com algumas coisas da galeria,nada demais!

—Poliana!-Toma logo seu café

—Sim papai!

—Dona Luísa!-As suas torradas 

—Obrigada Sara!-Mas não quero,vou pro quarto!-Ela diz saindo e partindo meu coração

—Você é muito duro com a mamãe,papai!

—Você nem sabe o que aconteceu,se não estaria ao meu lado 

—Sei sim!-Ela sabe que errou,já entendeu a sua indiferença

—Ela te contou?

—Sim!-Perdão a mamãe pai 

—Eu já perdoei,mas ela ainda não pode saber disso 

—Por quê?

—Porque se não ela vai achar que me ganhou sendo tão perfeita 

 

 

 

 

 

 

 

 

Continua....

 

 

 


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!




Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "A Insegurança de Luotto" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.