Destinada - Hiatos escrita por Mandy Blanche


Capítulo 6
Capítulo 6


Notas iniciais do capítulo

Gente desculpem a demora.Agora que começou as aulas eu vou tentar postar uma vez por semana.
Tomara que gostem do capitulo, e deixem reviews.
Beijoos




Eu, Gabi e Anna já estávamos conversando há algum tempo quando percebi que nunca havia visto nenhum Marcado nas ruas.Será que eles nos mantinham trancados aqui por quatro anos ?!

- Nos podemos sair daqui? – perguntei

- Sim, mas há um monte de regras a seguir - disse Anna

- Regras? Que regras? - perguntei. Agora que seria uma deles tinha que saber de tudo.

- Bem você não pode usar nenhuma peça do uniforme escolar... - de repente Gabi parou subitamente. – Caraca! Isso me fez lembrar. Precisamos correr. O jantar será daqui a minutos e você precisa se trocar - Anna arregalou os olhos e as duas deram um pulo e começaram a procurar pelas roupas do meu lado do quarto.

Então se viraram para conversar comigo.

- Neferet mandou entregar umas roupas aqui ontem a noite. Não se preocupe com os números das roupas. Eles sempre dão um jeito de saber nosso número antes de nos ver. É meio doido de ver como os vamps adultos sabem mais do que deveriam saber. De qualquer forma não tenha medo os uniformes são bonitinhos e você pode acrescentar outras peças.

Olhei para elas. Anna tinha um estilo meio country, não precisei olhar para baixo para saber que ela estava usando botas de caubói. Ficava bonitinho nela, ficava uma mistura caipira e chique,porque ela usava uma blusa de algodão preto de manga comprida com um suéter que tinha um símbolo prateado e calça jeans skinny escura com as barras enfiadas dentro das botas.Gabi era mais clássica usava uma blusa social branca como a minha e por cima um suéter igual ao de Anna, uma saia de xadrez justa com as cores azul marinho,preto e prata e lindas sapatilhas pratas nos pés .

Eu estava com minha calça jeans skinny favorita que era escura e tinha pequenos strass nos bolsos, uma blusa social branca simples e minha bota de camurça cinza sem saltos.Então Gabi me jogou um coletinho preto muito bonitinho .

A luz vacilante dos abajures iluminou uma linha do ornamento prateado no colete que eu vestiria bem na altura do peito.O ornamento tinha a forma de uma espiral que cintilava para  todos os lados em um delicado circulo projetado para ficar sobre o coração.

- É nosso símbolo - disse Anna

- Nosso símbolo? - perguntei

- Sim toda turma tem um símbolo, aqui nós chamam de terceiros-formandos, quartos-formandos, quintos-formandos e sextos-formandos. Somos do terceiro ano então nosso símbolo é o labirinto de prata da Deusa Nyx.

- O que significa? - perguntei mais para mim mesma do que para elas enquanto passava o dedo nos círculos prateados do meu colete.

- Representa nosso novo começo enquanto iniciamos a caminhada pela Senda da Noite e os aprendizados dos caminhos da Deusa e das possibilidades dessa nova vida. - explicou Gabi

- Essa é uma das primeiras coisas que aprendemos em Sociologia Vampírica 101. Essa é a aula de Neferet. - disse Anna - Enfim ouvi falar que Neferet e sua mentora, o que é muita sorte sua. Ela dificilmente aceita novatos, e alem dela ser a Grande Sacerdotisa ela é a professora mais legal daqui - disse ela sorrindo para mim, enquanto Gabi assentia também sorrindo

- Meninas porque vocês não me perguntaram sobre minha Marca?Tipo fico feliz que vocês não tenham me bombardeado de perguntas, mas é que todo mundo ficou olhando para mim e Scarllet  tocou no assunto logo quando ficamos a sós,mas você praticamente não olharam para ela.

- Você divide o quarto com a gente e achamos que você diria o que esta rolando assim que estivesse pronta para dizer. Bem vamos dividir o quarto por quatro anos... - Anna parou de repente, porque acho que ela se lembrou que, nós dividiríamos o quarto por quatro anos se nenhuma de nós morresse durante a Transformação. Vi ela engolir a seco e então Gabi falou:

- Acho que o que nós queremos dizer é que queremos que sejamos amigas.

Sorri para elas. Elas pareciam tão jovens assim como eu não era nada que eu esperava de futuras vampiras, nenhuma beleza sobre-humana, e sim uma beleza natural que nós normalmente temos super velocidade ou dons extraordinários. Quem sabe eu poderia me encaixar por lá mesmo.

- Também quero ser amiga de vocês!

Então elas deram um sorriso que me fez me sentir como se eu estivesse em casa, e que me lembrou que nos estávamos passando pela mesma coisa.

- Mas vamos lá que não podemos nos atrasar. - disse Gabi.Então ela olhou nos meus olhos e ofegou.

- O que aconteceu? - perguntei preocupada

- Seus olhos Bella! - disse Gabi - Eles mudaram de cor estão azuis!

- É verdade!E estão parecendo pedras de lápis-lazúli - disse Anna

- Mas isso não acontece com vocês? - perguntei. Eu pensava que isso era uma coisa de Marcados.

- Não Bells, acho que é só com você mesmo. - disse Gabi - Mas depois nos vemos isso!Nós temos que ir.

- É vamos

Então o nervosismo voltou com tudo, eu tinha começado em uma nova escola como a estranha da Marca diferente e dos olhos que mudam de cor. Por que as coisas não podiam ser fáceis para mim.

A sala de jantar era bonita. O salão era quentinho e agradável. As paredes eram feitas da mesma mistura de tijolos e pedras pretas da parte externa do edifício, e o recinto estava repleto de mesas de piquenique de madeira com assentos e encostos acolchoados. Cada mesa acomodava cerca de oito jovens e no centro do salão, uma grande mesa irradiava, na qual ninguém estava sentado, quase transbordando de frutas, queijos e carnes e uma jarra de cristal cheia de algo suspeito, vermelho como vinho tinto. O teto era baixo e a parede de trás tinha janelas e uma porta de vidro no centro.

A maioria das mesas já estava cheia de jovens comendo e conversando, que olharam com evidente curiosidade quando Gabi, Anna e eu entramos. Seguimos em frente e fomos nos servir.

- Para que é aquilo no meio do salão?  – perguntei curiosa

- A oferenda simbólica a Deusa Luna Nyx. Sempre há um lugar a mesa para ela. Parece meio esquisito no começo mais logo você se acostuma. - disse Anna

Na verdade nem parecia esquisito para mim. A Deusa estava tão viva neste lugar. Sua Grande Sacerdotisa era minha mentora e eu tinha que admitir que já me sentia muito ligada a Nyx.

- Não se preocupe - Gabi sussurrou para mim - Não vão te fazer beber sangue,comer carne crua nem nada do tipo.

- Nós não bebemos sangue? - perguntei

- Não, ainda não. Só começamos a ter desejo por sangue a partir do quinto ano. - esclareceu ela

Comecei a pegar macarrão e pensei, se eu iria ficar igual aos Cullen, será que eu teria que ficar presa em algum lugar por causa da sede de sangue, ou com os Marcados as reações a sangue são diferentes.

Então Gabi e Anna me guiaram ate outra mesa onde uma jovem comia calmamente. Claro que ela parou de fazer tudo o que estava fazendo quando nos chegamos, e eu senti o meu habitual rubor cobrindo minhas bochechas. Quando eu me sentei em frente à Gabi, Anna começou as apresentações com seu sotaque de Oklahoma.

- Ei, quero apresentar nossa nova colega de quarto, Isabella Swan. Bella, esta é Laila Lewis – disse apontando para a loira platinada ridiculamente linda e que tinha grandes e expressivos olhos azuis. - Considere a Laila a “linda” do grupo

 

 - Olá Bella, estamos muito felizes por você finalmente ter chegado aqui. Anna tem enlouquecido o pessoal desde que soube que ela e Gabi iam ganhar uma nova colega de quarto, especulando como você seria, quando você ia chegar...

-Se você seria uma dessas garotas que acham que ser vampira significa apostar quem consegue ser mais infeliz – disse Gabi revirando os olhos

- Ou se você é uma delas – completou Laila e indicou com os olhos a mesa a nossa esquerda

Tive uma crise de nervos ao reconhecer de quem ela estava falando.

-Esta falando de Scarllet?

- É – Gabi disse – E aquele bando de seguidoras aduladoras

- Ahn? – perguntou Laila

- Adulador é um puxa-saco servil – disse Gabi

- Que seja. Elas me dão vontade de vomitar. – disse Laila sem tirar os olhos do espaguete

- Elas?- eu perguntei

- As Filhas das Trevas – esclareceu Anna, eu percebi que ela automaticamente abaixou o tom de voz.

- Considere-as um clube de mulheres – disse Gabi

- De malditas do inferno – completou Laila

- Não devemos influenciar Bella contra elas, quem sabe ela não se da bem com as garotas – disse Gabi

- Acorde G... são malditas do inferno – disse Anna

- Olhe a língua, Anna, querida é com ela que você come - disse Gabi recatadamente

Eu estava pronta para pedir mais explicações quando uma garota veio correndo e se sentou ao lado de Anna, olhei para ela e paralisei.Ela tinha longos e lindos cabelos castanhos claros,grandes olhos verdes e feições muito conhecidas por mim,que lembravam uma fada.Ela assustadoramente me lembrava Alice,podia notar diferenças, como os cabelos e alguns traços do rosto, mas eu ainda podia dizer que se Alice fosse humana ela poderia ser muito parecida com a garota a minha frente.

- Ashley – chamou Anna – nossa colega de quarto finalmente chegou. Esta é Isabella Swan, mas a chame de Bella. Bella esta é a colega de quarto de Laila, Ashley Brandon.

- Oi - eu disse feliz por já estar recomposta do susto inicial.

- Então, Bella, qual é a da sua Marca completa? Você é ainda novata não é? - todo mundo na mesa ficou chocado com a pergunta de Ashley.Ela olhou ao redor. – O que é? Não vão fingir que não estavam curiosos.

- Podíamos estar, mas somos educados o bastante para não perguntar – disse Anna com firmeza

Então todas elas viraram para mim esperando uma explicação. Então eu inventei uma desculpa qualquer por ainda não entender o porquê da maldita sensação que me dizia para não contar do sonho.

- Na verdade eu não sei. Minha Marca estava normal só que eu desmaiei e bati a cabeça, então quando eu acordei ela já estava assim.

- Hum – Ashley bufou. – Esperava que fosse algo mais interessante. Algo que desse fofoca das boas.

- Cuidado Ash – disse Laila a Ashley, e inclinado a cabeça em direção as Filhas da Trevas – Do jeito que você esta começando a falar parece que estaria melhor naquela mesa.

Ashley fez uma careta.

- Nem morta viva eu me meteria com aquelas vacas – disse ela

- As Filhas das Trevas são, numa versão resumida um bando de riquinhas que se dizem donas do espírito da escola e coisa e tal. – explicou Gabi

- Na versão resumida é que elas são malditas do inferno – disse Ashley

- Vocês duas não estão ajudando – disse Gabi – Onde eu estava?

- Espírito da escola e coisa e tal – eu recapitulei

- Isso mesmo. Dizem que elas formam esta grande organização pró-escola e pró-vamp. Alem do que também dizem que sua líder esta sendo preparada para ser a Grande Sacerdotisa, de modo que todos comentam que ela é o coração, a mente e o espírito da escola; bem como a futura líder da sociedade vampirica etc.etc, blá-blá-blá. Imagine como o Mérito Escolar Nacional assumindo a Sociedade de Honra, misturando-se a lideres de torcida.

- E jogadores de futebol; não se esqueça que também há os Filhos das Trevas – disse Laila

- Ahã. É um verdadeiro crime e uma vergonha que aqueles caras lindos de morrer se deixem sugar... – disse Anna

-E ela quis dizer literalmente – disse Laila

- Pelas malditas do inferno – Ashley concluiu.

- Hello! Até parece que eu ia esquecer dos garotos. Só que ficam me interrompendo.

As três garotas deram sorrisos apologéticos e ficaram quietas para Gabi terminar.

- Mas o que as Filhas das Trevas são mesmo é um bando de idiotas metidas que gostam de exercer poder sobre todo mundo. Elas querem que todos sigam e concordem com suas idéias malucas sobre o significado de se tornar vampiro. Sobretudo, elas odeiam os humanos e não querem ter a menor ligação com quem pensa diferente.

- A não ser que você lhe cause dificuldades – acrescentou Anna.Me lembrei de como ela pareceu apavorada quando viu Scarllet no quarto.Depois tinha que perguntar o que aquela garota fez a ela.

- Mas não deixe que elas lhe metam medo – alertou Ashley – Apenas fique de olho quando estiver perto delas e...

-Olá, Bella. Que bom revê-la tão rápido.

Não foi difícil reconhecer esta voz. Era como mel; escorregadio e extremamente doce.Todo mundo na mesa pulou, inclusive eu.Ela usava um colete como o meu, só que sobre o coração havia as silhuetas prateadas de três mulheres feito deusas, uma delas segurando o que parecia ser uma tesoura.Ela estava com uma saia preta de pregas muito curta,calças colantes pretas com brilhos prateados e botas negras ate os joelhos .Tinha duas garotas atrás dela, vestidas quase do mesmo jeito.Uma era negra e tinha cabelos muito longos,que só podia ser um aplique e a outra também loura,só que olhando suas sobrancelhas,deu para concluir que ela não foi sempre loura.

- Oi, Scarllet - eu disse

- Espero não estar interrompendo nada – disse ela sem sinceridade

- Não esta. Estávamos falando sobre o lixo que precisa ser recolhido da escola – comentou Laila com um grande e falso sorriso.

- Bem você tinha mesmo que entender disso – replicou Scarllet com desprezo, virando as costas para Laila de propósito, que estava com os punhos cerrados parecendo pronta para voar por cima da mesa e dar em Scarllet uns bons tapas. – Bella, eu devia ter lhe dito uma coisa, mas acho que simplesmente esqueci. Quero lhe convidar para fazer parte das Filhas das Trevas em nosso ritual particular da Lua Cheia, amanha a noite. Sei que não é comum alguém que esta aqui á pouco tempo ser convidada para tomar parte em um ritual, mas sua Marca mostrou claramente que você é, bem, diferente das novatas comuns – ela desdenhosamente apontou seu nariz perfeito para Anna. – Já falei com Neferet, e ela também acha que seria bom para você se juntar a nos. Mais tarde lhe darei os detalhes, quando você não estiver tão ocupada com... hum...com o lixo -  ela deu seu sorriso sarcástico para o resto da mesa, jogou seus longos cabelos para trás e partiu junto com suas seguidoras.

- Malditas do inferno – Anna e Laila disseram juntas.