O Retorno Quando Chama o Coração. escrita por Olivetti


Capítulo 2
Capitulo 2


Notas iniciais do capítulo

O filme citado com historia semelhante chama-se perdão e graça, trata-se em perdoar diante de sofrimentos cruéis por ser algo melhor para quem sofreu deixar e não sofrer ainda mais por ódio, o amor e capaz de trazer paz.



Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/795105/chapter/2

Quando as irmãs viola e Elizabeth dormiram, Jullie leu.

Meu nome é Elizabeth Thatcher, vivo com meus pais Willian e Mary e o meu irmão Willian. Temos uma dolorosa e amável lembrança dos irmãos  Benjamin, Anthony e David. Imagino como seria nossa família se não tivéssemos perdido tão cedo.

A vida dos meus irmãos foi muito dura, porem sempre marcada por aceitar a hostilidade sendo ridicularizados sem revidar com mal, sempre oferecendo o melhor para todos mesmo para aqueles que tem ódio gratuito, o amor constrange

O diário indica a leitura bíblica. Porquanto o amor de Cristo nos constrange, porque estamos plenamente convencidos de que Um morreu por todos; logo, todos morreram. E Ele morreu por todos para que aqueles que vivem já não vivam mais para si mesmos, mas para Aquele que por eles morreu e ressuscitou. …

Então Julie fez uma reflexão imaginando as dificuldades de se estabelecer no Canadá que os peregrinos desbravadores tiveram.

Jullie estava cansada então escondeu o livro em seu quarto e das irmãs e no dia seguinte planejou continuar a leitura.

No dia seguinte novamente, logo que suas irmãs dormiram Julie pegou o diário para ler.

Havia uma historia como no filme  perdão e graça. Aconteceu na escola que Willian e ela estudava, eles perderam a professora e muitos amiguinhos,  um vizinho que por ódio gratuito praticou esses assassinatos e suicídio.

Julie ficou consternada, e pensou porque Deus permitiu uma vida tão difícil para a tia Elizabeth seus irmãos incluo o pai dela¿

Julie continuou a ler e ao final com todas as reflexões d os relatos de gratidão a Deus que a tia Elizabeth escreveu, Jullie sentiu se motivada a ir em busca de um propósito maior, mesmo entendendo que isso incluiria deixar a riqueza e a família.

A irmã  Ellizabeth acordou e perguntou o que ela estava lendo, assustada Julie disse que não era nada, Elizabeth e Jullie correram e lutam pela pose do diário e acordou também Viola a irmã mais velha.

Viola ficou com o diário considerando que tinha direito por ser mais velha, e Elizabeth insistiu a Jullie contar para ela o que leu.

Jullie estava muito impressionada com a coragem da tia desbravadora e exagerou em tudo convencendo Elizabeth que e sua missão ir para uma terra distante para causar o brilho do ensino e do amor.

No outro dia Viola devolveu o diário para a sala do pai, e logo em seguida Elizabeth e Jullie se ajudaram em um plano para despistar o pai para deixar a sala vazia e resgatar o diário.

Elizabeth e Jullie conversaram sobre muitas historias de desbravadores e leram muitas historias de desbravadores do oeste no diário,  Elizabeth planejou com Jullie, na madrugada desse mesmo dia fugiu com apenas uma mala, havia no jornal uma proposta de emprego feita pelo Sr Higgins, ela consegui o emprego sem dificuldade era a única candidata e foi avisada que a viagem seria longa e o local não daria condições de conforto. Elizabeth não se preocupou estava muito determinada, Jullie ajudou a irmã enviando o baú com muitas roupas e livros que ela precisaria para a escola. Ela só conseguiu enviar uma semana depois que a irmã partiu na diligência, os pais e irmã Viola concordavam que por fugir não e mais da família.


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!




Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "O Retorno Quando Chama o Coração." morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.