Noite do Pijama escrita por Biax


Capítulo 27
Ajudar


Notas iniciais do capítulo

Palavra do dia 27: Falca.
Tábua da borda dos barcos moliceiros, para evitar a invasão da água.
Pedaço da borda das faluas que se tira na hora de receber a carga.
Toro de madeira falquejado, com quatro faces retangulares.


Boa leitura!



— Como? — Thalita foi a primeira a perguntar, abismada.

— Vamos pra sala... — Mônica virou-se para Marcus, que levantara. — Você está bem?

— Vou ficar com uns hematomas, mas tô bem. Valeu.

Todos foram para fora, passando por objetos usados na peça de teatro, como uma falca, remos e bandeiras. Tomaram cuidado ao voltar e entraram um por um na sala, sem chamar atenção. Voltaram ao seu lugar.

Mônica observou o cristal por uns segundos.

— Eu sou médium, mas sempre evitei por medo... Não estavam mais me deixando em paz.

— Quem?

— Os mentores. Eles precisavam da minha ajuda e eu tive que ir.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Noite do Pijama" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.