As Verdades de Leah escrita por Lari_pink


Capítulo 1
As verdades de Leah




Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/78226/chapter/1

*Espero que todas estejam ai ainda.. A one-hot ficou pronta e betada, na semana que o Nyah ficou fora do ar, então não me odeiem ok?*

 

*Quero agradecer duas pessoas que foram essenciais para que essa one-shot fosse possível: minha autora favorita, que se tornou amiga, e nesse texto BETA:

ByBlack e minha Best na vida real,que sempre me apoia e adora meus textos:

Na_Cat !!! Obrigada de todo meu coração meninas!♥*

___________________________________________________________________

 

 

Meninas sugiro como opção de música:

Evebody’s fool - Evanescence

Além da música ser bem legal, a tradução é ótima, tem tudo a ver!

____________________________________________________________________

 

 

AS  VERDADES  DE  LEAH

 

 

Desde que Jacob concordou em formar uma matilha com Leah, no final de tudo, ela tinha mudado sua forma de encará-lo.

Leah sabia que  a dor de ambos era muito semelhante, mesmo com suas inúmeras diferenças.

Diferenças porque Leah teve Sam, ele correspondera ao seu amor. Namoraram e Leah se entregou de corpo e alma. Fizeram planos de casamento, de um futuro juntos... Futuro esse roubado por um impriting. E pior, com sua prima, que fora como uma irmã, sua melhor amiga, a vida toda.

Ela não aturava ser alvo de gozação ou  ainda de piedade. E ao mesmo tempo não conseguia evitar dividir sua dor e sua amargura com o bando. Era terrível compartilhar seus pensamentos – e sentimentos - com Sam, quando sabia que tudo que ele mais queria é que ela desaparecesse.

Já no caso de Jacob, era diferente pois, apesar do amor incondicional por Bella, ela nunca fora dele realmente. Mas mesmo assim, Leah entendia sua dor. E de certa forma era bom poderem compartilhar algo, mesmo que fosse aquele sentimento doloroso.

Isso criou um elo entre eles, fez com que Leah olhasse para Jacob de uma outra forma, apreciando-o, já que agora ele conseguia entendê-la.

Para qualquer ser humano normal, seria apenas mais um relacionamento de amizade. Entretanto para os lobos, que estavam ligados de uma forma tão mágica, esse laço era muito mais que apenas fraterno, era de uma cumplicidade indescritível. Cada emoção era íntima e ao mesmo tempo comum demais. Cada um deles sentia na mesma intensidade que seu irmão, cada sentimento  como se fosse o seu próprio.

 

*****

 

Quando Jacob passou muito rápido dentro do Aston Martin Vanquish de Edward, Leah e Seth se entreolharam confusos. Mesmo de longe, a visão deles era boa o suficiente para que conseguissem enxergar a dor estampada no rosto de Jacob.

- O que será que houve agora? - Leah perguntou meio que para si mesma, curiosa.

- Provavelmente, ele e Bella se desentenderam, foi o que me pareceu. Eu estava longe mas ouvi que Jake estava insatisfeito com algo...

- Esses sanguessugas precisam ouvir umas verdades. 

- Leah, não se meta! – Seth tentou parecer autoritário, mas soou apenas como preocupação.  Ele podia ouvir o que Leah planejava e tentou dissuadi-la, mas era tarde demais. Ela correu para detrás das árvores e voltou a sua forma humana.

Vestindo um short jeans velho e uma camiseta totalmente desproporcional, Leah se dirigiu à casa dos Cullen. Subiu as escadas controlando seus pensamentos por causa de Edward.

Abriu a porta num ímpeto, sem se importar em demonstrar bons modos. Irrompeu porta adentro, andando a passos largos em direção a Bella que estava deitada no sofá.  Todos na sala fixaram o olhar em Leah, que trazia o rosto franzido em uma careta por causa do cheiro dos vampiros.

Edward rosnou , colocando-se imediatamente de pé, rígido,  ao lado de Bella  quando ouviu a intenção da visita inesperada. A loba não se intimidou, e lançando um olhar furioso , dirigiu-se a Bella, em tom ameaçador:

- Isabella... – Leah tremia dos pés a cabeça e Bella abriu a boca em surpresa. Leah nunca se dirigira a ela diretamente. Mais do que isso: ela a odiava. Considerava-a uma traidora.  Leah respirou fundo e prosseguiu - Qual é o seu problema? - ela cuspiu as palavras asperamente. Edward rosnou  mais alto, fitando a loba com um olhar de censura.

- Como? – Bella perguntou numa voz  fraca que mal passava de um sussurro.

- É garota! Qual é o seu problema? Você só sabe magoar os outros. Como pode fazer isso com Jacob?

- Leah... – Edward interviu – Jacob está chateado comigo, você não deve acusar Bella por isso...

- Que se dane! – Leah rugiu revoltada olhando para o vampiro – Eu não me importo com o que aconteceu ou de quem foi a culpa. Isso não me interessa. O problema aqui é e sempre foi você, garota! – ela apontou o dedo acusadoramente para Bella – Você  é muito absurda! Contraria tudo que é normal, amando esse.. esse... - Leah engoliu em seco a palavra sanguessuga - esse vampiro! Mas quer saber? Isso é um problema seu! O que eu não admito é o que você faz com Jacob.

- Eu amo Jacob a meu modo, ele sabe disso! E eu lamento que isso o faça sofrer, é só que eu..

- CALA ESSA BOCA! – Leah interrompeu Bella – Não me venha com esse papo de amor. Você é egoísta demais para entender o que é isso. Amar traz um nível de comprometimento que você NÃO É CAPAZ de entender. Eu realmente não sei o que Jacob vê em você: uma garota sem graça e desajeitada.

- Leah, VÁ  EM-BO-RA! – Edward grunhiu, expondo os dentes em ameaça.

- NÃO! Eu não vou! Ela tem que ouvir umas verdades! - e voltando-se para Bella, continuou: - Eu não sei o que ele viu em você, mas ele te ama. De um jeito que eu sou incapaz de compreender. O nível de envolvimento dele,é maior do que você possa entender. E o que você faz? Você o magoa! Momento após momento, em cada atitude. Você o usou! Mesmo sabendo que nunca ficaria com ele, você deu esperanças. Que tipo de monstro você é?

Bella estremeceu com essas palavras e lágrimas rolaram por seu rosto.

Leah prosseguiu sem se comover:

- Eu me considerava insensível, mas conhecendo você... Você é o pior tipo de monstro que temos por aqui. Você manipula, magoa, usa e depois chuta sem remorsos. Jacob é uma das melhores pessoas que eu já conheci, e cada vez que vejo através dos seus olhos, ou em seus pensamentos, o quanto ele sofre por você, eu realmente tenho vontade de acabar com a sua raça! Eu te desprezo. Você é mesquinha e um ser incapaz de amar!

- Nã-não é verdade...- Bella choramingou, bem baixinho.

- É sim! – Leah falou trincando os dentes – Olhe pra você! No final das contas não importa quanto Jacob te ame ou o quanto ele tenha feito por você... Aliás, não importa nem o que seu marido sanguessuga sente, porque no fim quando você morrer por esta...coisa – ela apontou o dedo para a barriga estufada de Bella – nada terá valido a pena! A dor que você infligirá a Jacob, será maior do que ele pode suportar. Mas eu estarei lá, para dar-lhe o conforto e ser amiga quando a cabeça dele for o pior lugar do mundo para se estar. Então garota, se você tiver, no mínimo, CONSIDERAÇÃO por ele, peça para ele ir embora. Lógico que ele não fará, mas dê a ele essa opção. Pare de iludi-lo. Tenha respeito pelo amor que ele sente por você!

Leah virou-se abruptamente e andou até a porta, dando as costas para o inimigo – algo que a contrariava demais. Só que naquele momento sentia-se incapaz de temer por si mesma. Tudo que sentia era alívio por finalmente dar um choque de realidade em Isabella Swan...

 

                                             *****

 

Ao perceber que o sermão de Leah acabara, Bella se encolheu mais ainda no sofá, deitando em posição fetal, enquanto os soluços rompiam as barreiras de sua garganta.

Edward tentou abraçá-la. Queria consolá-la.

- Não! Ela tem razão!

- Bella, não! Leah está descontrolada...

- Chega de me poupar Edward, ela disse a verdade: sou egoísta mesmo, já que sou incapaz de pedir pra Jacob partir...

- Amor, eu não...

- Me deixe Edward! – Bella afastou os braços dele e soluçou mais alto, fazendo seu corpo tão debilitado, tremer. Ele foi sentar-se a seus pés, afagando suas pernas.

Rosalie que estivera completamente imóvel durante toda a discussão,se remexeu na cadeira,mas continuou quieta.  E Alice sentada na escada,tinha no rosto uma careta. Além de não ter gostado das acusações, ela se sentia desconfortável por não conseguir prever aquilo.

Bella chorou copiosamente, até por fim, exausta, cair no sono.

 

 

[FIM]

 


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

Eu espero reviewzinho de vocês pra saber se gostaram do saldo final! Obrigada por cada uma de vocês que lêem, e compartilham comigo essas loucuras deliciosas!Mil vezes obrigada!
Um beijinho no coração de cada uma! Vocês são demais!