Jardim dos Anjos [ Sendo reescrita] escrita por Senhorita Black


Capítulo 26
Bailarina




POV: Nessie

A briga de Leah e Cassandra me rendeu alguns dias de braço imobilizado, mesmo assim eu tinha alguns compromissos a cumprir, Jake ainda tentou me convencer a ficar em casa, mas eu sabia que ele estava bem ocupado, a campanha estava fazendo muito sucesso e isso estava rendendo a ele novos contratos.

Depois daquele lamentável episódio ainda cruzei algumas vezes nos corredores com Cassandra, ela apenas me cumprimentou educadamente, provavelmente Jake não havia sido muito gentil com ela, já com Leah ele não foi tão rude.

Parece que a paz voltava a reinar na vida de Jacob Black.

Alicia arrastou sua mochila pela entrada da escola, enquanto eu a acompanhava segurando sua lancheira estava completando oito meses de tratamento e sua melhora era algo que nos surpreendia a cada dia, ao chegar na porta de sua sala de aula a pequena dava um bom dia animado a professora e então rapidamente sentava na pequena mesa infantil falando com suas coleguinhas de sala.

Conversei alguns minutos com a professora relatando o fato de Alicia estar se saindo muito bem em matemática, ela disse que era normal uma criança com autismo mesmo que em um grau tão pequeno como o de Alicia ter uma habilidade especial ou facilidade de aprendizado em algumas disciplinas, no caso de Alicia era a matemática.

Me despedi da professora indo conversar com Isa, ela havia me ligado a alguns dias me lembrando que Alicia precisava retornar a psicóloga, eu não havia esquecido disso, os últimos acontecimento é que haviam me feito adiar a ida ao consultório.

Assim que entrei em sua sala ela sorriu em seguida me olhou um pouco preocupada ao me ver com o braço na tipoia.

— Que bom ver você Renesmee, mas o que aconteceu?

— Um pequeno acidente! Respondi dando um sorriso tentando demonstrar que estava tudo bem.

— Estou feliz em ver você, eu queria agradecer pela doação, não sabe o tamanho da nossa felicidade ao ter a ILUSION como nossa parceira!

— A Ilusion? Perguntei surpresa, não sabia que Jake havia  colocado sua agencia como patrocinadora de uma causa tão linda como o autismo, eu estava orgulhosa, Jake havia assumido sua responsabilidade como pai, não somente cuidado de Alicia mas dando um exemplo de amor.

— Sim, Jacob disse que foi ideia sua! Ela falou me puxando para um abraço – Deixa eu te agradecer por ser um anjo em nossas vidas.

— Somos nós quem temos que agradecer, desde que Isa entrou aqui ela melhorou cem por cento!

— É verdade, eu mesma me surpreendo com o avanço de Alicia, cada dia que passa esta mais independente, e é sobre isso que preciso conversar com você.

Olhei para Isa apreensiva, teria algo errado com Alicia?

— Aconteceu alguma coisa Isa?

— Não se preocupe, é uma coisa muito boa! Ela falava sorrindo – nos últimos meses Alicia tem se saído muito bem nas aulas de balé, notamos uma grande melhora em seu desempenho psicomotor.

— A professora de balé me disse isso na ultima vez que a trouxe para a aula.

— Hoje à tarde teremos uma pequena apresentação de balé, eu deveria ter avisado a vocês há dias, porém Alicia faltou escola e você ficou doente, me desculpe por falar isso assim em cima da hora mas adoraríamos que ela se apresentasse! Isa falava animada.

— Eu não sei Isa, Alicia sempre fica acuada quando vê pessoas desconhecidas! Respondi com um ar de preocupação.

— Porque não fazemos assim, você trás Alicia e se ela não quiser dançar mesmo vendo as coleguinhas ela não se apresenta.

Fiquei um pouco pensativa, será que Jake não ia achar ruim? Era somente uma apresentação de escola, Isa me olhava ansiosa, então decidi arriscar.

— Esta certo, em qual horário devemos estar aqui?

— As cinco! Ela respondia sorrindo.

Terminamos nossa conversa e segui para o shopping, pois precisava comprar a roupa de balé de Alicia para apresentação, em seguida passei na agencia aproveitaria o compromisso para preparar uma surpresa para Jake.

Entrei no prédio um pouco apressada, dei um bom dia para as recepcionistas e segui em direção ao elevador, ao me aproximar vi que Leah e Cassandra pareciam discutir ou ao menos a conversa não estava sendo nada amigável – De novo não! Sussurrei me aproximando, ao perceber minha aproximação às duas se afastavam Cassandra passava por mim sem falar nada e Leah ficava parada me olhando.

— Olha acho que se vocês brigarem novamente aqui dentro, Jake demite as duas! Falei passando por Leah.

— Não estávamos brigando! Leah falava me acompanhando.

—Não? A olhei confusa.

— Fizemos um trato! Leah respondia entrando no elevador ao meu lado.

— Que tipo de trato? Perguntei curiosa.

— Nossas agencias tem contrato direto com o Jacob, ou seja, se tivermos problemas aqui e ele se irritar vamos ficar sem trabalho, vamos tentar nos respeitar como colegas de trabalho! Leah explicava.

— Acho justo! Falei enquanto a porta do elevador se abria, em seguida saímos e caminhamos lentamente.

— E o seu ombro? Esta melhor?

— Vou sobreviver! Respondi sorrindo.

Leah seguiu para a sala de Sam enquanto eu entrava na de Jacob que estava tão concentrado em seu notebook que nem percebeu que eu havia entrado, fiquei em silencio o observando até que finalmente seu olhar se direcionou a mim, ele abriu um largo sorriso levantando da sua mesa.

— Oi! Falei o olhando fixamente.

— Oi pequena! Ele respondeu se aproximando – Aconteceu alguma coisa? Não me disse que viria aqui! Ao parar a minha frente selou meus lábios de forma carinhosa me puxando para os seus braços.

— Não, esta tudo bem, eu vim te fazer um convite! Passei meus braços em volta da sua nuca e ele fez uma cara de curioso.

— Convite? Perguntou com uma cara de desconfiado.

— Na verdade uma surpresa! Falei sorrindo.

Seu olhar agora era de curiosidade, seus lábios selaram os meus mais uma vez em seguida desceram até meu pescoço – Pode me dar uma dica sobre essa surpresa?

— Não! Falei rindo- Jake não faz isso! Tentei controla-lo sentindo que os beijos causavam alguns efeitos em meu corpo os quais eu não sabia direito como lidar, em alguns momentos ele queria algo mais que beijos, mas não avançava o sinal.

— Esta bem! Ele suspirou me olhando fixamente – Eu terei que almoçar aqui, que horas é a surpresa?

— Te espero as cinco na escola da Alicia! Falei dando um beijo em seu rosto.

— Então minha filha esta envolvida nessa surpresa?

Balancei a cabeça afirmando e rimos juntos, em seguida Jake iniciava um beijo calmo e ao mesmo tempo intenso me abraçando com cuidado.

— Eu preciso ir! Sussurrei assim que nossos lábios se afastaram.

— Te encontro as cinco! Ele sussurrou me soltando de seus braços.

Caminhei até a porta enquanto ele me olhava com um sorriso largo nos lábios, assim que sai da sala liguei para Bella e Sam, aquele momento era muito importante e queria que eles estivessem presentes.

Peguei um taxi e segui novamente para escola de Alicia, ao chegar ela me aguardava na recepção ao lado da professora, assim que me viu correu em minha direção abraçando minhas pernas.

Abaixei-me beijando sua testa enquanto a professora se aproximava.

— Desculpe pela demora, precisava resolver alguns detalhes da apresentação de hoje! Falei pegando as coisas de Alicia.

— Não se preocupe Renesmee, esperamos você as cinco.

Despedimos-nos e logo voltamos para casa, e durante toda a tarde Alicia só falava sobre dançar, fez as bonecas dançarem me fazendo rir bastante junto com Bella, as quatro voltamos para o colégio, Bella e Edward nos levaram e ao chegarmos Sam e Leah já nos aguardavam.

— Você esta linda! Sam falava pegando Alicia no colo – A bailarina mais linda do universo.

— O que deve falar agora Alicia? Perguntei e olhando nos braços de Sam.

—Obrigada tio Sam! Ele falava envergonhada.

— E o Jake? Perguntei enquanto entravamos na escola caminhando em direção ao jardim.

— Ele disse que estaria aqui as cinco, deve estar chegando! Edward respondia.

Ao chegarmos ao jardim Isa nos recebia sorrindo, havia um pequeno palco com uma decoração de castelo no fundo, balões e flores, tudo feito com muito carinho.

A professora de Alicia a levou para o camarim, faltavam alguns minutos para sua apresentação, Isa subia ao palco falando como era importante a dança para ajudar no desenvolvimento de crianças com autismo, olhei para os lados e nenhum sinal de Jake.

— Eu não acredito que ele não vem! Sussurrei.

Isa finalmente anunciava “com vocês o quebra nozes” as crianças subiam ao palco, Leah e Sam começavam a filmar enquanto Bella e Edward tiravam fotos, Alicia estava linda e parecia não estar incomodada com tantas pessoas a olhando, no final da apresentação ela fez um solo com o coleguinha de sala, assim que encerrou as crianças deram as mãos cumprimentando o publico, era lindo, era minha Alicia sendo aquilo que sempre foi uma criança como qualquer outra.

O olhar de Alicia se direcionava para outro lado e ela dava o sorriso mais lindo do universo, me virei e Jake caminhava calmamente, ele estava chorando e sorrindo ao mesmo tempo, respirei aliviada enquanto o via se aproximar do palco e Alicia corria se jogando em seus braços.

Ao ver aquela cena várias recordações vinham a minha memória, a primeira vez que vi Alicia sentada hipnotizada pelo seu carrossel, todas as vezes em que Jake foi ausente, seu primeiro sorriso para mim, quando ela disse que o amava pela primeira vez, amor, muito amor.

Sam,Leah,Bella e Edward aproximaram-se de Jake o abraçando junto com Alicia, enquanto eu apenas os observava, aquela era a missão mais longa que eu já havia tido, de todas as crianças que protegi Alicia foi a que eu passei mais tempo ao lado, ela era especial, e eu estaria ao lado dela, sempre.

— Missão cumprida Rafael! Sussurrei baixinho enquanto sorria.

O vento forte bateu balançado os balões e até soltando alguns dos cachos, eu havia compreendido, finalmente minha missão havia terminado.

Em poucos dias, eu não teria mais asas.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Jardim dos Anjos [ Sendo reescrita]" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.