Jardim dos Anjos [ Sendo reescrita] escrita por Senhorita Black


Capítulo 14
Demitida




Tudo estava bem.

Respirei aliviada ao ver Leah e Jacob conversando como bons amigos, Leah estava tranquila e não tinha mais um olhar melancólico, seu olhar era alegre, mesmo não entendendo nada sobre relacionamentos e amor, Rafael sempre me dissera que muitas vezes depositamos nossa felicidade sobre um único ponto e acabamos sofrendo erramos o alvo, assim que era Leah,toda a razão da sua alegria e felicidade por anos se resumia a Jacob e agora ela finalmente havia se libertado.

Se por um lado Leah havia recuperado seu juízo Jacob parecia perder a cada dia que se passava, mal havia terminado um relacionamento e já estava apaixonado por outra? Ouvir aquilo havia me ocasionado sensações que não conseguia descrever, resolvi ir cuidar de Alicia e focar na minha missão.

Ao chegar ao quarto Alicia estava acordada, um grande sorriso se fez em seu lindo rostinho ao me ver pulando em meu colo.

— Sentiu saudade? Perguntei a abraçando forte, ela respondeu balançando a cabeça positivamente.

Apesar da grande melhora, Alicia tinha dias de reclusão, dias os quais ela pouco falava, mas a psicóloga dizia ser normal então eu apenas tentava anima-la.

A ajudei a tomar banho e se vestir,arrumei seus cachos colocando um lindo laço e em seguida busquei sei café da manhã, enquanto ela tomava comecei a arrumar seus brinquedos, ainda precisava trabalhar em Alicia sua organização, ela nunca arrumava os brinquedos, estava na hora de ensina-la.

Ouvi então a voz de Jacob, estava se despedindo de Alicia, e como estava tão distraída com os brinquedos não havia percebido sua chegada ao quarto, ele explicou que precisava ir, respondi, mas não o olhei, porque eu estava agindo assim? Não conseguia olhar para ele, na verdade desejei que ele fosse embora.

“Ele se despedia e eu apenas respondia mecanicamente,” pelo amor Renesmee, o que você tem?”perguntava a mim mesma, então assim que ele finalmente se foi respirei fundo”.

Deixei Alicia na escola e em seguida fui encontrar com Sam, tinha algumas coisas para resolver sobre o contrato para a campanha, o meu cachê ajudaria a ONG a manter suas atividades e assim ajudar crianças com autismo, assinei o contrato e então liguei para Isa avisando que agora ela tinha uma empresa parceira.

Já estava no horário de ir buscar Alicia quando sai do escritório de Sam, como ela sempre chorava quando passava do horário peguei um taxi as pressas, o transito estava ruim, segundo o motorista havia ocorrido um acidente, olhei para o relógio e estava com mais de trinta minutos de atraso, começava a me preocupar mas o taxista conseguia sair daquele sufoco.

Passei pela entrada principal da escola as pressas, sorri ao ver a professora na recepção, mas não vi Alicia, deve estar na sala de brinquedos, pensei ao me aproximar da professora.

— Oi, desculpa o atraso, onde esta Alicia? Perguntei de forma gentil.

— Como assim? Alicia já foi para casa, vieram busca-la!

— Bella? Perguntei confusa – Somente Bella sabia que Alicia estava na escola pensei.

— Não, foi o pai dela, a propósito fico feliz que tenha conseguido convencê-lo que é importante para ela estudar.

— Jacob, há claro! Respondi sorrindo timidamente.

Me despedi da professora e respirei fundo, como ele havia descoberto sobre a escola de Alicia, com certeza as coisas não seriam fáceis quando eu chegasse na casa dele mas eu sabia dos riscos então teria que enfrentá-los e assim eu fiz.

O taxi parava e eu saia, olhava para o prédio me preparando para a fúria de Jacob Black, então entrei pela primeira vez eu conhecia o sentimento chamado medo, então assim que abri a porta Jacob estava sentando no sofá e me olhou com uma cara de poucos amigos.

— Onde esta Alicia? Perguntei timidamente.

— Na cozinha, almoçando com Leah! Ele respondia de forma seca.

— Há claro! Sussurrei- Jacob eu...

—Porque mentiu pra mim? Ele perguntava me interrompendo.

— Não menti, eu ia falar para você, mas...

— Quando? Quando minha filha entrasse na faculdade?

— Jacob, eu sinto muito, mas você nunca quis ouvir quando eu falava da possibilidade de Alicia ir à escola e...

— Renesmee não sei se percebeu, mas Alicia é MINHA filha, você não pode tomar decisões sobre á vida dela por mim! Ele novamente me interrompia falando de forma grosseira.

— Quem bom que agora se lembra disso! Respondi calmamente.

— Esta demitida! Ele falava dando as costas para mim.

Suas palavras entravam como punhais em meu coração, Jacob Black havia acabado de me lembrar de o que eu era apenas a babá, ao mesmo tempo lembrei que era apenas um Querubim.

Permaneci calada e apenas caminhei até a porta, pensei em dar um beijo em Alicia, mas aquilo só dificultaria as coisas, deixei a chave do apartamento sobre a mesa de centro e sai sem olhar para trás.

Começava a chover, mesmo assim decidi voltar caminhando, Alicia estava bem, Jacob havia mudado e dado mais atenção a filha, eu poderia encerrar a missão e retornar ao Jardim, talvez fosse a hora de fazer isso.

Cheguei em casa e troquei as roupas molhadas indo para a sacada, fiquei olhando as luzes da cidade, as estrelas ofuscadas, então eu senti algo escorregar em meu rosto, eu estava chorando.

— Esta apaixonada! Rafael aparecia sentando ao meu lado.

Passei as mãos em meus olhos – Eu falhei! Sussurrei.

— Sua missão apenas começou Renesmee!

— Quero voltar ao Jardim! Falei o olhando.

— Talvez seu lugar não seja mais no Jardim dos Anjos, seja no mundo dos mortais.

Ele falava antes de desaparecer.

Rafael tinha razão, eu não era mais a mesma, e nem meu coração.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Jardim dos Anjos [ Sendo reescrita]" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.