A história "Magia e Realeza" foi excluída pelo autor (Mira).


Confira também estas histórias


Dementia escrita por Huntress

Dementia
Afinal, queria eu carinho? Queria eu alguém que me afagasse? Queria eu alguém que se deitasse comigo e me arrancasse toda a dor na base de palavras sujas e sexo selvagem? Queria eu alguém que compusesse canções para mim? Queria eu alguém que me ensinasse a grande matemática da vida? Queria eu alguém que contasse todas as estrelas ou astros, já que nem todo astro visível e brilhante é estrela, dá-lhe Vênus! possíveis diante um pedido meu?

Eu não sabia responder.
Categorias: Originais
Gêneros: Darkfic

3 favoritaram   4 acompanhando  

 

Dados e bisturi escrita por VítorMCosta

Dados e bisturi
Qual é o valor da vida? Essa é uma pergunta a ser respondida num sonho em que um médico reflete o papel da sorte e do azar em seu ofício destinado a trazer aos olhos a visão da morte.
Categorias: Originais
Gêneros: Mistério, Songfic

1 favoritou   6 acompanhando  

 


Primeiro Beijo escrita por Witch of Death

Primeiro Beijo
História criada para o desafio de Abril.
Um estudante é transferido no início do terceiro ano para uma nova escola, lá ele encontra uma grande amiga e uma grande paixão.
Categorias: Originais
Gêneros: Yaoi, Shounen-ai, Amizade

8 favoritaram   12 acompanhando  

 

Time for Smile escrita por Slendon6336

Time for Smile
Você gosta de sorrir?
Kazuo Nanase ama sorrir e ainda por cima sente-se bem por fazer outras pessoas felizes. Ao se mudar para uma nova cidade, em um novo colégio, percebe que há um garoto logo na carteira ao lado que não parece compartilhar do mesmo pensamento. Gotou-kun sofreu uma tragédia recente então qualquer ponto de felicidade seu se esvaiu. O que resta em Kazuo é uma necessidade enorme de fazê-lo lembrar-se de que o melhor gesto que alguém pode fazer é apenas SORRIR verdadeiramente.
Com vocês, as tentativas falidas de alguém que realmente quer ver a felicidade.
...
One-shot
Categorias: Originais
Gêneros: Comédia, Shounen-ai, Amizade

1 favoritou   1 acompanhando  

 

Quem Sabe Ainda Sou uma Garotinha escrita por Luh Castellan

Quem Sabe Ainda Sou uma Garotinha
Malu é a típica "menina má", que troca cheques, muda plantas de lugar e toca o terror no Colégio Católico Santa Rita. Não tem tempo para bobeiras, como apaixonar-se. Mas o destino tem suas malandragens.

One-shot
Categorias: Originais
Gêneros: Romance, Songfic

4 recomendações   20 favoritaram   21 acompanhando  

 


Suicídio escrita por Keiko

Suicídio
Ela tinha gritado, mas ninguém a ouviu.

Então ela resolveu afogar-se sozinha em sua dor.
Categorias: Originais
Gêneros: Angst, Darkfic, Death Fic, Drama

1 favoritou   3 acompanhando  

 

O Grande Palco da Vida escrita por Celso Innocente

O Grande Palco da Vida
Regis era apenas um menino, que desde antes de completar sete anos de idade, já sonhava em se tornar um grande astro da música popular sertaneja do Brasil, por isso, sempre se dedicou a estudar muito, não só em sua escola primária, mas principalmente, aprendendo violão, canto e coreografia.
Assim como sonhara, seu sucesso, fama e riqueza, acabaram chegando muito rápido e ele então se tornara aparentemente uma das crianças mais felizes deste mundo, mas o que ele só iria descobrir aos poucos, era que o preço a ser pago por esta fama seria alto demais. Preços aparentemente inofensivos, como a perda da infância, a ausência dos pais, o convívio com adultos, que muitas vezes, mesmo sem intuito de maldade, acabava expondo o menino a um mundo perigoso, que o levaria também ao fim de sua inocência, através da exposição a bebidas alcoólicas, drogas e prostituição.
Regis, porém, em modo hiperativo, acabava se vendo obrigado, mesmo sendo apenas um menino, se tornar homem e conseguir lutar por sua felicidade, dentro da fama, riqueza e um mundo ingrato, onde muitas vezes impera também as injustiças.
Foi por amar as crianças, que me vi envolvido nesta aventura especial, diferente e muito gratificante: A aventura em me tornar um dos principais amigos desse garoto muito bonito, simples e acima de tudo, com seu coração puro, cheio de amor ao próximo e de uma grande beleza espiritual. Porém, uma aventura, onde, como todas, surgem seus momentos dolorosos e tristes.
Quero compartilhar com você, amigo leitor, a quase completa estória deste meu amiguinho, REGIS DE ASSIS MOURA, uma criança, a qual conheci por acaso e confesso, jamais me esquecerei; pois foi ele quem me ensinou a amar ainda mais a simplicidade e pureza das crianças; fez-me aprender a ser feliz: a sorrir quando é hora de chorar; a abraçar quando é hora de surrar; a amar quando pensar que é momento de odiar; a cantar quando só quer protestar; a ser simples quando quiser ser importante; a ser criança quando se sentir rabugento
Se você gosta de crianças, gostará de ler a esta estória. Procure entrar nesta vidinha simples e então irá sorrir e deixará correr lágrimas também, conforme notar o desenvolver desta minha aventura, diferente e longa.
Meu verdadeiro objetivo foi tentar mostrar o amor e simplicidade infantil, deste garotinho hiperativo, que conheci enquanto trabalhava. Na época, ele tinha quase sete anos de idade e me aceitou entre a relação de seus principais amigos. Os anos passaram e nossa amizade cresceu. Na época eu era muito jovem e sequer tinha filhos, mas mesmo assim, aprendi a amá-lo, como se ele fosse meu primeiro filhinho e ele, em sua simplicidade invejável, retribuía este amor, que me causava muito orgulho.
Categorias: Originais
Gêneros: Drama, Romance, Amizade

1 recomendação   7 favoritaram   9 acompanhando  

 

Roses And Demons: Warbloom escrita por JulianVK

A missão de William, Fernand e Samantha foi apenas o sinal para que começasse a guerra. As tropas de Empericia se preparam para atacar e o tempo se torna curto para Chesord. Não há espaço para diplomacia nesta batalha que será escrita com fogo, água, trevas, luz, terra, vento, ferro e sangue.

A história de Roses and Demons continua.
Categorias: Originais
Gêneros: Aventura

3 favoritaram   2 acompanhando  

 

Monocromo escrita por Laurent

Monocromo
"Já tive dias felizes, dias em que eu me curvei de tanto rir, em que tive dores abdominais por causa disso. Esses dias são azuis, porque azul é minha cor preferida e portanto meus dias preferidos são azuis.

Agora, vejo em tom de monocromo."
Categorias: Originais
Gêneros: Angst, Drama

3 favoritaram   4 acompanhando  

 

Eu te odeio? escrita por Jubs

Eu te odeio?
Ela: filha do presidente dos EUA ,mimada , cheia de luxo,mas não quer nada disso quer sua mãe de volta!
Ele : filho de um importante senador, rico , lindo , pode ter a garota que quiser , mas só quer o amor de seu pai.

Categorias: Originais
Gêneros: Romance

16 favoritaram   32 acompanhando