about love and stuff. escrita por Gi2


Capítulo 1
Os Swan


Notas iniciais do capítulo

Já começamos a ver a mudança no enredo aqui.

Espero mesmo que gostem, deixem suas impressões nos reviews!



Capítulo 01 – Os Swan

Quase uma década antes de um jovem advogado comprar três casas numa rua sem saída. No sul da Florida, Charlie e Carmen Swan enterravam seus pais. O pai morreu por uma doença degenerativa, a mãe, Marie, uma senhora determinada e teimosa, morreu junto com o marido por causas naturais.

A herança era um dinheiro razoável que os irmãos, sempre companheiros, dividiram de forma igual. Nenhum dos dois suportou a ideia de viver na casa dos pais sem a presença deles ali, então a casa foi rapidamente vendida e o dinheiro, novamente, igualmente dividido.

Carmen pegou sua parte do dinheiro e foi conhecer a Europa. Com o diploma de inglês, decidiu que poderia ir para os países com línguas estrangeiras e ensinaria seu idioma lá. Não queria criar raízes por um tempo, precisava sentir a perda dos pais, mas não foi assim que aconteceu. Três meses depois de chegar na Itália, em Verona, conheceu Eleazar Giolo e não foi difícil os dois se apaixonarem.

Charlie Swan, por outro lado, ficou ainda mais introspectivo depois da perda dos pais. Com a falta de amigos, deixou a Flórida sem sentir falta de ninguém que não sua irmã mais velha e os pais. Se alistou no exército e ficou na base de Washington pelos anos seguintes.

Já no final dos anos oitenta, Charlie recebeu o convite para o casamento da irmã. Ainda não conhecia o pretendente então, depois da dispensa, seguiu rumo a Itália para ver de perto se o tal noivo era bom o bastante para a irmã amada.

Na Itália, numa cidadezinha pequena, próxima a Milão, como uma surpresa dentro do doce favorito, ele encontraria Renée.

Nascida como a irmã caçula, Renée tinha o espírito livre e a alma aspirante para as artes. Muito apaixonada por tudo o que fazia, tinha diploma em artes plásticas e pensava na próxima área de estudos que cursaria.

Os Giolo estavam animados para conhecer o “famoso” irmão de Carmen, ele parecia famoso de tanto que a irmã mais velha falava dele então, Charlie foi bem-vindo na família antes mesmo de conhecer Renée.

Entretanto, não foi difícil para todos verem, no momento em que a troca de olhares entre o casal aconteceu, que algo a mais sairia daquela história, e eles não estava errados.

Dois anos depois, Renée estava grávida de Charlie e os dois empacotavam as coisas do apartamento que moravam em Verona, para voltar para os Estados Unidos. Charlie tinha recebido uma proposta para ser o chefe de polícia de uma pequena cidade chamada Forks e Renée estava animada para a vida no país desconhecido.

No começo do ano seguinte, Renée trouxe ao mundo um lindo menino com seus olhos e cabelos claros, covinhas fundas como as do senhor Lorenzo, pai de Renée, mas o semblante sereno e quase brincalhão, que foi marca registrada do menino. Unicamente dele.

Emmett Lorenzo Swan foi o bebê mais bonito da maternidade de Forks naquele ano. E, conforme o tempo passava, foi se tornando um bebê ainda mais adorável, sorridente, e simpático, até mesmo com desconhecidos.

Entretanto, em contrapartida a felicidade crescente do filho, o casal estava perdendo contato. Renée estava infeliz por ter voltado a viver numa cidade pequena depois de sua vida inteira morando em Pizzighettone, ela queria coisas grandiosas e, pensando naquilo, numa noite de quarta-feira depois de mais uma briga com Charlie, ela saiu de casa batendo a porta da frente, com Emmett nos braços, dirigiu para Seattle.

Alugou um apartamento, começou a fazer uma faculdade de design, deixando Emmett numa escolinha. Seu espírito livre, por mais contente que estivesse, sentia falta de Charlie e seu pé no chão. Ele dava uma boa segurança para ela, por isso, quando Charlie começou a frequentar a casa dela e de Emmett, ela não reclamou.

Charlie era um pai presente, Emmett o amava muito e chorava se, um dia ou outro, o pai não aparecesse para o ver.

Na virada do ano que Emmett completou dois anos de idade, Charlie e Renée fizeram as pazes e, daquele acerto, conceberam Isabella.

No aniversário de três anos de Emmett, Renée contou a novidade para Charlie e, assim, concordou em voltar para Forks com ele.

Charlie queria a surpreender, então começou a procurar boas casas para dar uma vida melhor para a esposa. Um advogado que ia sempre na delegacia de Forks, muito conhecido em Seattle, disse que poderia ter uma casa para ele e, assim, a amizade entre os dois se iniciou.

Renée se apaixonou por tudo na casa nova, desde o rio, ao jardim, até a clareira do outro lado da rua. Ela escolheu a casa central, porque tinha certo receio em ficar tão próxima da floresta nos dias que Charlie demoraria a chegar, assim, mais do que contentes, se mudaram no verão daquele ano e, no início do outono, deram boas-vindas à Isabella Marie Swan.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "about love and stuff." morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.