Laços de Sangue escrita por Mel Dobrev


Capítulo 3
Meu professor ?


Notas iniciais do capítulo

Boa noite leitores... espero que gostem do capitulo de hoje. E se quiserem podem comentar, criticas e elogios são muito bem vindos. :)



 

Já eram 6:40 da manhã de uma segunda quando Elena pela quinta vez chamava Caroline para se levantar.

— Anda Caroline, você vai chegar atrasada na sua primeira aula. - Disse Elena tirando o cobertor de cima de sua amiga.

— Ah qual é Elena, ainda esta cedo e eu estou com dor de cabeça. - Caroline nem podia ao menos ver a luz do dia que seus olhos doíam. Na noite anterior ela tinha ficado com Tyler até de madrugada. Um encontro bem divertido regrado a álcool e muitos beijos.

— Eu não mandei você sair com o Tyler ontem e chegar tarde sabendo que as aulas começariam hoje. - Elena já estava perdendo a paciência por ter que encarnar o papel de babá.

— Elena eu me mudei pra um dormitório para não ter minha mãe por perto, se eu quisesse alguém cuidando da minha vida eu teria ficado em casa. - Falou Caroline com uma cara de poucos amigos para Elena.

— Ok Caroline, se você quer se atrasar problema é seu, eu que não vou me atrasar. Fui. - Elena virou as costas e bateu a porta saindo do quarto.

Caroline enrolou mais alguns minutos na cama e resolveu se levantar, afinal no fundo ela sabia que Elena tinha toda razão, aonde ela estava com a cabeça de chegar tão tarde num dia antes do começo das aulas? Ela tinha que focar no futuro dela, e não ficar correndo atrás de garotos.

No caminho para sua primeira aula do dia Elena encontrou Bonnie que aparentava estar nervosa com o primeiro dia.

— Bonnie qual é? Está nervosa por que? - Perguntou Elena preocupada.

— Primeiro dia de aula, eu não conheço ninguém. Sempre fico assim. - Respondeu Bonnie meio que sem muito entusiasmo.

— Você conhece alguém sim: O Lucas. - Elena deu a entender que queria saber mais sobre eles dois.

— O Lucas não é do meu curso, porém beija muito bem. - Bonnie tentou conter o sorriso nos seus lábios.

— Não acredito que vocês ficaram... vamos nos encontrar no intervalo pra você me contar tudo.

— Esta bem, vou tentar encontrar minha sala.

Assim Bonnie e Elena se despediram e cada uma seguiu para sua sala.

Quando Elena chegou em sua sala ela pode constatar que era que nem nos filmes americanos mesmo, uma sala enorme parecendo um auditório. Elena ouviu seu nome sendo chamado e percebeu que se tratava de Lucas.

— Elena, venha sente aqui comigo. - Disse Lucas todo prestativo.

— Oi Lucas, e ai como esta?

— Eu estou bem e você?

— Bem também. - Respondeu Elena sem dar muita atenção, pois estava esvaziando sua bolsa.

— Então, a Bonnie está bem?

— Você quer saber se ela falou de vocês né? - Perguntou Elena, mas dessa vez olhando nos olhos de Lucas.

— Também. - Lucas respondeu meio que sem graça.

— Olha ela esta bem, mas esta esperando você convidar ela pra sair. - Elena lhe deu uma piscadinha.

— Sério? Bom mas é claro que eu vou fazer isso. - Lucas estava muito confiante.

Elena lhe deu um sorriso indicando que ela estava feliz com a aproximação dos dois.

 Elena estava terminando de arrumar seu caderno e estojo na pequena mesa quando ouviu a porta do auditório bater e alguém falar em um ton de voz alto: NÃO ACREDITO! Elena também pode constatar que quase todo mundo da sala estava olhando para ela. “Será que minha boca esta suja de achocolatado” pensou Elena, mas ao olhar para a frente da sala ela se deu conta do porque as pessoas estavam a olhando e de quem foi a voz que há poucos tinha falado alto: Era Stefan Salvatore. Stefan Salvatore era seu professor ? Elena ficou confusa e tentou ver a grade de seu curso e os nomes dos professores mais não tinha nenhum Stefan listado. Os olhos de Stefan estavam paralisados sobre a garota Gilbert. Lucas chegou perto do ouvido de Elena e lhe perguntou:

— Você o conhece?

— Eu? Eu não, quer dizer... ele estava na festa de sábado. - Elena respondeu tentando parecer honesta.

Stefan decidiu depois de alguns minutos começar sua aula, porém ele não podia deixar de pensar que há alguns dias ele estava se pegando no banheiro com uma de suas novas alunas.

A aula seguiu adiante e quando o sinal tocou para o intervalo Elena sentiu um alivio. Quando Elena estava passando pela porta ela sentiu alguém puxando sua mão. Era Stefan. Mas o que ele estava fazendo?

— Oie, precisamos conversar. - Disse Stefan numa fala calma.

— Também acho. - Elena mal podia olhar naqueles olhos castanhos esverdeados.

A sala foi se esvaziando aos poucos e Stefan esperou pacientemente até que a última pessoa saísse.

— Elena eu não sabia que você ia cursar medicina.

— E eu não sabia que você era um dos meus professor. - Elena estava muito envergonhada.

— Eu não vou ficar todo o semestre, estou cobrindo um colega que está afastado. - Stefan tentou se explicar.

— Mas você podia ao menos ter me falado que era professor da universidade. - Elena o olhou tentando saber o que ele estava pensando.

— Olha Elena naquele dia eu me divertir bastante, mas não lhe contei que era professor porque achei que você não iria gostar da ideia. E também sou professor volante: Se falta alguém ou se entra de licença dependendo da matéria eu cubro as aulas.

— Gostar da ideia de se pegar no banheiro com meu futuro professor? - Elena o interrompeu com um ton de voz um pouco mais agressivo.

— Eu sei que eu errei e sinto muito, mas você não me contou que ia cursar medicina, senão...

— Senão você teria parado de me beijar e me contado que talvez seria meu professor? - Interrompeu Elena mais uma vez.

Stefan a olhou meio confuso, não sabia o por que dela está tão brava assim.

— Por que você está brava? - Tentou obter alguma explicação de Elena.

— Porque eu não quero que achem que eu estou ficando com o professor em troca de notas boas. - Elena estava realmente brava.

— Se é isso não tem problema, porque ninguém sabe que ficamos, só sua amiga loura, mais ninguém.

— Stefan depois nós conversa, preciso encontrar as meninas e depois ir pro segundo tempo de aula.

— Você esta em que prédio? - Stefan queria realmente saber mais da garota.

— Eu estou no prédio L, mas acho que não é uma boa ideia você ir até lá.

— Então como é que vamos conversar? - Stefan estava realmente afim de Elena. Ele queria desfazer qualquer mal entendido que estava havendo entre eles dois, ele queria saber mais dela, ele queria ter outra oportunidade de ficar com ela sem estar num banheiro de faculdade.

— Vamos fazer assim, me encontra depois da aula no estacionamento dos fundos da universidade.

— Está bem. - Stefan concordou.

Elena saiu da sala parecendo que seu corpo estava pegando fogo, ela não sabia direito se era porque estava com muita vergonha do que tinha acontecido entre ela e Stefan, ou se era pelo fato de toda a sala saber que havia algo entre eles dois ou ainda se fosse pelo simples fato de que ela queria o beijar novamente.

Elena encontrou Bonnie e Caroline sentadas numa mesinha da lanchonete, ambas bebendo café e conversando. Elena chegou e já foi sentando.

— Ai esta você, pensei que já tinha ido direto pra outra aula. - Disse Caroline tentando entender o atraso de Elena para o intervalo.

— Vocês não vão acreditar no que me aconteceu. - Elena parecia muito nervosa e surpresa.

— Fale de uma vez menina, você sabe que eu adoro uma fofoca. - Caroline realmente ficava animada com uma fofoca.

— Sabem aquele cara que eu fiquei na festa?

— Aquele bonitão que eu peguei vocês no banheiro? - Caroline queria ter certeza que era o mesmo da noite de sábado.

— Ele mesmo, ele é meu professor de anatomia.

— Ah agora eu sei o porquê ele estava com as mãos nos seus seios, ele estava de ensinando a matéria. - Caroline não pode se conter e fez essa piada rindo. Bonnie também se juntou a Caroline e começou a rir, mas Elena permaneceu séria.

— Ah claro Caroline, mas pra isso eu precisava saber que ele era meu professor ne? - Elena estava realmente brava.

— Eu não estou entendendo. Por que você está brava? Você não foi a primeira e nem será a última a ficar com um professor. - Disse Caroline tentando acalmar Elena.

— O problema é que eu não quero que as pessoas achem que eu estou ficando com meu professor pra se dar bem na matéria.

— Elena eu acho que isso não irá acontecer, você é inteligente e sabemos que você tem cara de nerd. - Desta vez Bonnie que tentou acalmar Elena.

— Meninas mas e se...

— E se nada Elena, relaxa. Ninguém sabe que vocês ficaram, só eu e a Bonnie e nós não vamos contar pra ninguém. - Caroline interrompeu a amiga tentando lhe dar uma solução.

— Marquei de conversar com ele depois da aula. Quero manter só a relação de professor e aluna.

— Para de ser besta Elena, vocês podem ficar juntos, se você não quer que ninguém saiba é só ficar escondido. Escondido é mais divertido, perigoso. - Falou Caroline num tão sensual.

— Eu não sei não. - Elena parecia estar em dúvida.

— Faz assim: Conversa com ele, vê o que você sente perto dele e ai decidi. - Bonnie tentou confortar a nova amiga.

— Gente vocês estão na vida real e não numa novela, meu Deus. Fica e quando enjoar termina, pronto. Você não vai ficar com ele a vida toda... Se bem que se ficar não será nada mal. - Caroline terminou a frase com uma cara bem pervertida.

— Caroline eu queria ser você, tão desprendida de sentimentos. - Confessou Elena.

— Eu tenho sentimentos, mas não fico pensando e repensando no que eu quero. Se eu quero eu vou e faço não fico guardando pra amanhã. A vida é muito curta pra não fazer o que se quer. - Disse a loura filosofando.

— Olha quem diria que Caroline Forbes iria me dar um conselho tão valioso. - Elena falou num ton de deboche.

— Mas é sério amiga, nada é pra sempre nessa vida, nem nós mesmo somos. - Caroline parecia certa de seu conselho.

— Quer saber? Por que não ficar com ele ne? Se ficar escondido ninguém vai saber mesmo. - Elena estava quase mudando de ideia.

— Mas vocês estão se esquecendo que nós somos menores de idade e se souberem que um professor esta se relacionando com uma aluna e ainda menor de idade isso vai ser ruim pro Stefan. - Ponderou Bonnie.

— Não tinha pensado por esse lado. - Elena ficou pensativa.

— Ué, fica com ele escondido até você completar 18 anos, depois se você quiser assume a relação. E falta só alguns meses pra você completar a maior idade Elena. - Caroline sempre tinha uma solução.

O sinal tocou novamente para o segundo tempo de aula.

— Meninas eu vou nessa, depois eu conto pra vocês como foi. - Disse Elena soltando beijinhos no ar para suas amigas.

O segundo tempo de aula parecia que estava mais demorado do que a primeira, a hora não passava e Elena só pensava em uma coisa: Daqui a pouco eu irei encontrar ele. O que eu vou falar? O que ele quer? Será que ele também sente o que eu sinto? Para de viajar Elena, ele é um homem e não quer ficar com uma adolescente que nem você. Elena se perdia nos seus próprios pensamentos.

Finalmente o sinal tocou. Era agora. Elena estava com um frio na barriga, o mesmo da noite daquele sábado. Seu coração estava palpitando mais rápido que o normal, e conforme ela ia andando pelos enormes corredores da universidade ela se dava conta de que não queria deixar de sentir aquela sensação, ela o queria, por mais complicado que fosse, ela o queria novamente.

Elena chegou no estacionamento e pra sua surpresa não havia ninguém a sua espera.

“Claro Elena, é claro que ele não ia perder o tempo dele para ficar esperando por você.” Elena pensava sobre o porque de Stefan ter lhe dado o bolo. Elena decidiu esperar mais alguns minutos e nada de Stefan. Ela realmente não estava tendo um bom primeiro dia de aula. Quando Elena estava pronta pra ir embora ela avistou de longe alguém se despedindo de outro alguém e vindo em direção a ela, era ele. Stefan estava chegando mais perto com aquele corpo definitivamente esculpido, com uma calça jeans meio surrada, uma camisa social clara e o cabelo levemente bagunçado, ah esse cabelo... Elena estava lembrando como foi bom naquela noite passar a mão e bagunçar ainda mais aqueles cabelos castanhos.

— Me desculpe a demora, podemos conversar agora? - Perguntou o cara de olhos castanhos esverdeados misteriosos.

 

 

 



Notas finais do capítulo

Será que Elena e Stefan vão conseguir manter o relacionamento? No capitulo de quinta Elena descobrira outra informação digamos um tanto importante sobre Stefan.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Laços de Sangue" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.