I Will Never Give Up On You escrita por JTLYNCH


Capítulo 50
Encarando




Paro o carro em uma estrada

Pego o celular e rastreio o de peeta

 A enfermeira não conseguiu nada com seu fio de cabelo, então rastreou seu celular com a ligação que fiz. Espero carregar e consigo ver onde esta sua localização.

Sinto meu coração acelerar, assim como nosso bebe, ele esta ficando mais esperto e forte!

Acho que peeta vai ficar feliz com isso.

Pego uma bolacha, uma agua e como rapidamente e continuo a dirigir. Estou desesperada pra achar peeta, mas não vou correr risco de bater uma segunda vez.

Continuo seguindo em frente, ser que falta muito pra ainda. Levara pelo menos uns três dias ate conseguir chegar perto de onde ele esta.

Dirijo bastante pelo trajeto te escurecer

 Estaciono em um lugar e pego o travesseiro de peeta.  Poderia ficar sem dormir, mas disseram que faz mal para o bebe, então farei isso por ele.

Deito no banco

 -suspiro- inalando seu cheiro e abraço o travesseiro apertado

Não vejo a hora de ser peeta de verdade.

\\\\\\ \\\\\ \\\\\\\\

O trajeto esta diminuindo cada vez mais e a comida também

 Terei que parar

 Sei que é ruim fazer isso sozinha, mas eu preciso! Estou com vários desejos.

Pego a arma grande e um pente pra carregar. Saio do carro e começo a andar devagar para o mercado.

 Entro no lugar, que está silencioso, ate ouvir passos e olho pros lados.

 Não há nada ate o ver em cima da prateleira.

 Atiro varias vezes ate ele cair morto, continuo a seguir devagar, ouvindo passos mais perto e avisto mais um e atiro. Eles vão aparecendo por todo canto, parecem não haver fim.

 Mato mais um, fico esperando por mais e nada acontece.

—suspiro-

 Pego uma sacola enchendo de: nutella, doritos, Coca-Cola, agua, balas fini  e m&m’s; preciso disso demais!

Saio do mercado, voltando para o carro.

Abro um pacote de doritos e começo a comer, bebo bastante agua e olho pro m&m’s.

 Lembro-me da primeira vez, quando eu e peeta fomos ao mercado e tentei pegar pra prim, causando uma bagunça; ele ficou tão bravo, mas foi melhorando com o passar do tempo ate virar o homem que amo.

E agora preciso recupera-lo, custe o que custar.

Ligo o carro e continuo dirigindo.

 Preciso ser mais rápida!

Continuo dirigindo, estou tão perto, apenas algumas horasr... Mas já esta totalmente escuro e não vou arriscar.

Deito com o travesseiro de peeta, acabo sorrindo sentindo meu bebe animado, deve ser porque meu coração está acelerado.

Posiciono minha mão sob meu ventre, sentindo o girar.

 Sorrio

 Espero que peeta fique feliz em me ver, porque além da felicidade o nervosismo também esta comigo.

—Suspiro-

 Tenho que pensar positivo, ele vai me ouvir.

Penso, deito e durmo rapidamente.

\\\\\\\\\ \\\\ \\\\\\\\\\\

Estou chegando

 Meu coração esta á mil, estou suando frio e não sei exatamente o que fazer quando chegar.

 o que vou dizer pra ele me perdoar?

Vou contar porque fiz isso e esperar pelo melhor, quem sabe ele acaba me perdoando e finalmente ficaremos juntos de novo.

 Nossa família.

Avisto a base e paro o carro

 Respiro fundo

 Retomando o ar e continuo a dirigir ate chegar á frente e os soldados me cercarem.

—quem é você?

—katniss everdeen

—o que veio fazer?

—quero um lugar pra me proteger

—certo, saia do carro-diz e saio do carro

Eles revistam-me, depois o carro e sou liberada. Tenho que fazer o mesmo procedimento de antes de entrar. Levam-me pra uma casa e vejo que não é muito diferente da outra, somente tem um quarto.

 Entro, tomo um banho e penteio meu cabelo.

 Preciso estar arrumada.

Volto para o quarto, procuro por uma roupa encontrando um vestido azul de mangas, solto na cintura; visto este mesmo, já que não marca minha barriga e um tênis.

 -suspiro-

  Saio da casa, ando de novo pra administração, onde tem uma senhora que sorri.

—sim?

—estou procurando alguém

—nome?

—peeta mellark-digo e ela olha na lista.

—quarto 512. Precisa de ajuda?

—não, tudo bem-digo agradecendo.

Ando pelos arredores ate achar o 500, começo a procurar e encontro sua casa. Fico parada olhando pra porta

 Aproximo-me, tomo coragem e bato na porta.

—já vai-ouço uma voz e fico confusa em ver que é feminina.

 Logo uma mulher de toalha aparece na porta e me olha

—posso ajudar?

—desculpa, acho que es..

—quem é?-ouço a voz de peeta, o vejo, sentindo meu coração acelerar rapidamente em meu peito.

Ele me vê e se assusta.

—katniss?! O que faz aqui?

—eu, eu queria conve...

—conversar! Espera! Você é a katniss?-questiona a garota brava e assinto

—sim, por quê?

—vai embora!-diz brava e fico também

—você não manda em mim! Quem você acha que é?

—a namorada do peeta-diz me deixando paralisada.

—katniss-diz peeta e o olho-vai embora-diz e concordo

Corro pra longe o mais rápido possível, sentindo meu coração se destruir por inteiro em meu peito, fazendo sobrar apenas dor e sofrimento.

Vou pra casa e quando chego começo a chorar sem parar.

Ele me trocou! Não acredito nisso!

Ele já achou outra garota!

Meu coração esta em pedaços, sinto-me sufocada e começo a ficar histérica.

 O que vou fazer?!

 O que vou fazer?!

PEETA NÃO ME AMA MAIS!!!

Sinto que não quero mais viver e nem sentir mais nada, nunca.

Vou ate o banheiro, vejo uma banheira e começo a enchê-la rápido.

Eu não penso, só faço.

 Eu não quero pensar!

 Volto pro quarto e pego o celular, preciso fazer isso, não consigo viver sabendo que peeta não me ama mais.

NÃO, NÃO, POSSO ACEITAR ISSO!

Olho pra banheira já com bastante agua

Minhas lagrimas já estão cobrindo minha visão e a dor em meu peito esmaga meu coração, o deixando totalmente sem espaço.

Eu não quero me sentir assim, sabendo que perdi peeta!

Aproximo-me da banheira, mas sinto um chute forte em minha barriga, me fazendo cair ajoelhada.

Sinto uma dor muito forte, agonizante e grito de dor.

—KATNISS!-diz peeta assustado vindo ate mim e me afasto.

—SAI DAQUI!

—O QUE FOI?!-diz, parecendo desesperado.

—SAI DAQUI!!-digo gritando e sentindo aquela dor de novo

 Grito, não aguentando.

 Ele me pega nos braços e me debato ate não conseguir mais, sentindo a dor de novo

 Trinco os dentes

Dói como o inferno!



Notas finais do capítulo



—JT.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "I Will Never Give Up On You" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.