I Will Never Give Up On You escrita por JTLYNCH


Capítulo 36
Estão me Procurando




TEMPO DEPOIS.....

—pronta?

—sim-digo, peeta pega uma faca e com muito cuidado, tira o curativo da minha perna e joga fora.

—tenta andar katniss-diz prim, levanto e começo a andar normalmente.

Peeta sorri, vindo ate mim me abraçando apertado e rio, o beijando.

—foi ótima amor

—obrigada

—como se sente?-questiona prim, vindo ate mim e acaricio seu cabelo.

—ótima! Pronta pra outra.

—não me fala isso amor-diz peeta e rio, o beijando.

—isso quer dizer que nos vamos?-questiona prim ansiosa, peeta suspira assentindo e comemoramos.

—mais eu quero vocês bem perto de mim,

—vou pegar tanta Coisa!-diz prim animada.

—precisamos encher os armários mais não de besteiras.

—apenas algumas-digo, piscando pra prim que concorda, peeta ri e pega a arma se preparando.

 Pego uma também.

—prim, não se distancie.

—eu não vou-diz e concordamos.

 Saímos do trailer, nos preparamos, peeta começa a andar e ficamos do seu lado.

Vamos entrar em um mercado pra pegar suprimentos, mais ele é tão grande que acabamos deixando prim vir também, porque precisamos de muita coisa e porque temos munição o suficiente  pra matar todos.

—certo. Prontas?-questiona peeta e concordamos

 Ele abre a porta e ficamos confusos.

—não tem nada

—podem estar escondidos, tomem cuidado!

—tudo bem-dizemos e começamos a andar com cautela

 Vamos pra sessão de comida normal, já que não consigo ver uma lata de sopa sem vomitar e já que temos geladeira, não vai ser ruim.

—quais vocês querem?

—picanha

—qualquer uma, tanto faz-digo e peeta concorda, enchendo uma sacola de carne guardada em um frízer e continuamos andando.

—vamos pegar isso-diz prim apontando pra um carrinho.

—não, eles podem ouvir.

—se eles forem vir, vão vir de qualquer jeito-diz e vejo que ela tem razão e peeta pega o carinho. Começamos a colocar muitas coisas dentro, peeta pega bastante agua e prim vários doces e eu também.

—acho que já esta bom, vamos.

—espera-digo, fazendo eles pararem-preciso pegar pimenta

—pra que?

—pra comer com nutella.

—o que?-dizem confusos

—eu to com vontade

—ta bom, se você quer-diz peeta e concordo.

 Damos a volta e encontramos a pimenta, pego mais algumas coisas que me dão muita vontade e saímos do mercado. Voltamos para o trailer e carregamos as coisas pra dentro.

—foi bem fácil

—é mesmo, acho que não tem muitos deles aqui.

—que bom, finalmente um pouco de paz-diz prim e concordamos.

 Terminamos de carregar as coisas e peeta já liga o carro.

—vou ter que procurar um posto de gasolina pra encher o tanque e também colocar agua no reservatório.

‘’posto de gasolina há dez quilômetros´´

Diz uma voz e ficamos confusos.

—de onde veio isso?

—não sei

—diz de novo amor

—posto de gasolina

“posto de gasolina há dez quilômetros”

diz, um tipo de caixinha nos botões do trailer e me aproximo.

—o que é isso?

—deve ser um gps-diz e puxo a caixinha, uma tela abre e ficamos surpresos ao ver um mapa.

—nossa! não acredito que só vimos isso agora.

—eu sei, finalmente sabemos pra onde ir.

—base de segurança

“não encontrado”

—será que não tem por aqui?

—ou deve ser porque não está cadastrado no sistema.

—é, queria um radio.

‘’ligando radio’’

Diz de novo, ouvimos  alguém falando, logo depois um a voz e nos animamos .

—o meu deus!

—como aumenta isso?!-questiona peeta, parando de dirigir e clicamos os botões ate conseguir aumentar.

‘’você que está perdido? Venha se refugiar com a gente estamos no oeste de Los Angeles....

—não da, estamos muito longe.

—deve ter outra estação-digo, começando a mexer nos botões.

—espera-diz prim

—o que?

—ouvi seu nome

—meu nome?

—ouvi um deen-diz e volto algumas estações –ai, ai, para-diz e continuamos a ouvir

‘’-se algum de vocês Grener de Paulo, Cristine da Graccia, Pedro Alves..-diz falando uma lista de nomes-katniss everdeen....

—caramba!

—é meu nome!

—é seu nome amor-diz peeta animado e concordo.

‘’-se qualquer um de vocês estiver ouvindo ligue pra nos xxxxxx que mandaremos um helicóptero o buscar rapidamente...’’

—precisamos de um telefone

—onde vamos arranjar?

—onde tem uma loja de celular?

‘’-lojas de celulares, fica há 3 dias e 8 horas”

—é perfeito amor, podemos pegar e ligar pra alguém vir te buscar.

—mais e vocês?-questiono confusa

—deve ter outra base

—não, nem pensar! Vocês vão comigo.

—tenho certeza que seus pais pagaram por esse anuncio.

—idai?

—que deve ter sido muito caro

—idai amor, se eles não deixarem vocês entrarem eu não vou.

—amor

—está decidido-digo, indo pro quarto e deito na cama

 -suspiro-

 Estou aflita sobre o que vai acontecer agora com gale e peeta se chegarmos onde esta minha família. Preferia não os ter encontrado, mas agora não posso mudar nada, só espero que gale aceite bem minha decisão de acabar com nosso noivado.

—katniss-diz prim na porta e a olho

—sim pequena

—vamos fazer o jantar?-questiona e assinto, levantando.

\\\\\\\\\\ \\\\\  \\\\\\\\\

—estava muito bom

—eu sei, trabalho em equipe-digo, batendo em sua mão e ela ri.

—vou dormir. Boa noite

—boa noite-Dizemos juntos e ficamos em silencio.

—não vai falar comigo?

—katniss

—peeta, não irei mudar de ideia. Se não eu não quero ir.

—eu não acho certo-diz, levanto, vou ate ele sentando no seu colo e ele me abraça.

—como não? Vocês dois me salvaram, além de você ser meu namorado e prim a minha filha -digo e ele ri.

—acho que eles não vão gostar disso.

—eles vão amar te conhecer, conhecer prim.

—certeza?

—sim

—e se eles não gostarem de mim?

—então vamos embora

—deixaria seus pais por mim-questiona e nem penso duas vezes.

—sem pensar duas vezes-digo e ele sorri, me fazendo sorrir-eu te amo, quero estar com você todo tempo.

—eu também te amo e se depender de mim, passaremos nossa vida toda juntos.

—pra sempre?

—ou ate além-diz e sorrio, o beijando e ele aprofunda o beijo e sinto meu corpo esquentar rapidamente. Peeta me coloca na mesa sem parar de me beijar, passa as mãos por me corpo e gemo.

—será que prim esta acordada?

—não sei

—vamos tomar um banho

—agora-diz me pegando nos braços

 Leva-nos para o banheiro e passamos muito tempo fazendo amor. Quando não aguentamos mais ficar em pé peeta confere se não tem ninguém e nos leva pra cama. Cobrimo-nos com o cobertor e continuamos a fazer amor abafando nossos gemidos e os barulhos, mais sem parar.

 Não consigo com peeta, ele me enlouquece.



Notas finais do capítulo



—JT.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "I Will Never Give Up On You" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.