I Will Never Give Up On You escrita por JTLYNCH


Capítulo 31
Sofrendo


Notas iniciais do capítulo

OI GENTE, TUDO BEM COM VO6
AQUI ESTÃO OS CAPÍTULOS DE HOJE.......



POV PEETA

Depois de katniss sair deixando-me sem chão algum, espero eles irem embora e começo a correr pela casa a procura de qualquer coisa que possa matar alguém.

—peeta! peeta!-diz prim chorando sem parar e vou ate ela, a abraçando.

—calma prim. Pega algumas roupas e comida, vou sair e quero que esteja pronta pra irmos o mais rápido possível-digo e ela chora mais-calma, preciso que você fique calma.

—você pode morrer!

—eu não vou, prometo. só preciso de uma arma ou algo assim, tudo bem?-digo e ela assente e beijo sua cabeça

 Desço a escada, vou ate a cozinha e pego três facas, saio da casa trancando a porta e começo a correr. Já vejo dois deles mais não tenho tempo, então apenas corro e eles me perseguem.

 Como estou furioso, acabo esperando eles virem ate mim e os esfaqueio ate eles morrerem estraçalhados e continuo a andar furioso.

  NÃO ACREDITO QUE PEGARAM A KATNISS!!

COMO PODEM TER FEITO ISSO!!!

Não imagino o que ela pode estar passando mais eu vou chegar antes que algo aconteça.

Ando mais rápido por varias ruas ate encontrar as pro lojas e finalmente, o que estava procurando, uma loja de armas.

 Entro, esta com uns 5 zombies que já vem ate mim, avanço e os mato a sangue frio, não tenho tempo a perder. Quando todos já estão caídos no chão, vou pegando as armas; Acho vários tipos diferentes e escolho as maiores que têm, algumas pequenas e facas.

Acho uma bolsa e começo a enchê-la, mais não fico satisfeito e encho mais uma bolsa de armas e bombas. Também encontro uma roupa camuflada e visto, com um colete por baixo.

Pego um rifle e saio da loja, já ouço vários zombies e quando eles vem vou atirando em cada um sem ligar, ando reto.

 Preciso encontrar a katniss rápido, muito rápido.

Volto pra casa, já coloco as armas e entro. Vejo prim pegando comida a guardar tudo no carro.

—coloca o cinto prim, vou acelerar.

Ela coloca o cinto e acelero o que o carro aguenta.

 Se eles acham que iam pegar o amor da minha vida e levar embora, eles estão enganados.

\\\\\\\\\ \\\ \\\\\\\\\

POV KATNISS

—eii, eii, querida-diz uma mulher e a olho-o que faz aqui? ainda não ia fugir?

—eu vou fugir!

—quando?

—não posso dizer.

—é porque você ao vai-diz e olho pra elas

—eu posso mais tenho que ir sozinha.

—vai nos deixar aqui?

—acho que talvez vocês possam ir.

—como?-questiona e começo a contar o plano, bem baixinho-tem tudo pra dar errado.

—precisamos tentar.

—eu to dentro-diz uma dando de ombros-pior do que aconteceu comigo ontem não pode ser.

—eu também não quero mais ficar aqui-diz uma garota e concordo.

—só temos que esperar e alguma hora iremos sair.

—espero que seja rápido-diz uma que esta com um olhar

—suspiro-

  Pego as roupas e vou pra parte de trás e penduro no varal.

—olha o que temos aqui-diz um cara aparecendo, tento sair mais ele me segura-queria tanto ter comprado você, ainda estou arrependido.

—fazer o que ne, vai curtir com sua vadia-digo saindo, mais ele me prende e me cola contra seu corpo.

—ou eu posso brincar com você, mais isso fica em segredo, apenas nos dois-diz me arrastando e bato nele com toda minha força.

 Ele me prensa na parede e me beija, me deixando enojada.

 Fecho minha boca, ele me bate e começa a abrir minha calça. Sinto algo no meu estomago e viro pro lado, vomitando e ele se separa de mim.

—olha o que você fez sua vadia-diz me dando um soco forte, me fazendo cair no chão e sai.

Começo a vomitar mais, sem parar, sentindo tudo girar mais me seguro na parede e encosto minha cabeça.

Fico muito tempo assim ate o chão parecer não estar nos meus pês de novo, levanto devagar, mole e mancando por meu pé ter batido no chão; limpo minha boca e começo a andar mole de volta pro quarto. Varias pessoas passam do meu lado, me ignorando e consigo chegar ao quarto.

Tranco a porta e me jogo na cama, sentindo tudo girar.

 Está tudo tão estranho.

—katniss, katniss-ouço derek na porta.

 Me arrasto ate la e abro, ele entra, me vê e fica assustado

—tudo bem?

—não-digo e ele me ajuda a sentar na cama.

—o que aconteceu?

—um cara...

—ele te estuprou?!

—não, ele tentou. Mais eu comecei a vomitar, ele me bateu e foi embora.

—quem?-questiona bravo.

—não sei-digo respirando devagar.

—acho melhor você ficar deitada um pouco e quem sabe tomar um banho. Vou tentar pegar agua e um comprimido-diz e concordo.

 Ele sai do quarto e fico muito tempo deitada ate que não aguento o cheiro, pego uma roupa, entro no banheiro e tomo um banho tirando o máximo que posso de vestígios daquele homem do meu corpo.

Choro em silencio no banho, eu não acredito que isso ta acontecendo!

Uma hora estou com o amor da minha vida com prim, vivendo bem com muito amor e carinho e de repente acabo aqui.

Choro sem parar, ate ouvir a voz de derek e resolvo sair. Visto-me rapidamente e saio do banheiro e ele me segura pra não cair.

—calma, vai acabar caindo. Melhor trocar seu curativo-diz e nego.

—tudo bem –digo respirando fundo.

 Ele me da o remédio, tomo e bebo bastante agua.

—queria saber onde esta gale pra te ajudar, mais não sei. Vocês vão se encontrar de novo e irão ficar juntos-diz e concordo, mesmo não estando pensando em gale nem mais nenhum segundo, agora meus pensamentos são inteiramente em peeta e prim-tenta descansar, vou trazer sua comida-diz e concordo.

 Ele sai e tranco a porta – suspiro- deitando e fechando os olhos.

 Quem sabe nos sonhos posso ficar com peeta.



Notas finais do capítulo



—JT.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "I Will Never Give Up On You" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.