I Will Never Give Up On You escrita por JTLYNCH


Capítulo 2
O que ta acontecendo?


Notas iniciais do capítulo

OI GENTE, SEGUNDO CAPITULO, ESPERO QUE ESTEJAM GOSTANDO.....



Acordo em um pulo abrindo os olhos e vendo que dormi

DROGA KATNISS!!

Levanto dolorida do sofá, deixando meu celular cair no tapete. Abaixo devagar pegando e quando vou liga-lo, vejo que esta descarregado.

 DROGA

 O MEU DEUS, O REMEDIO!

Corro pra sala vendo tudo intacto e me alivio, deixando meu celular na mesa pra não esquecer e me visto de novo.

Continuo meu remédio, estou tentando fazer um remédio pra curar doenças diversas, qualquer tipo, mais vamos testar hoje em um animal indefeso e claro que quero fazer meu melhor, pra nada acontecer com ele

Passo horas fazendo meu remédio ate jogar o ultimo elemento  

—suspiro-

 Vendo ele descer suave pelo Erlenmeyer e me afasto, espero pra ver se vai acontecer alguma coisa, mais não acontece nada e pela primeira vez em três semanas me permito sorrir em ver que não estraguei tudo dessa vez

Pego um frasco, coloco uma pequena quantidade do remédio e guardo no jaleco e o resto no frízer. Pego meu celular e sorrio, andando pra fora da sala de química .

Quando vou pro corredor tenho a surpresa de o ver totalmente vazio.

 Estudo aqui já faz 4 anos e nunca vi esse corredor vazio

Resolvo ignorar, afinal, depois da festa de ontem devem estar todos com dor de cabeça ou desmaiados de tanto beber. Ando ate a sala de medicina e me assusto em vê-la vazia

Onde esta a professora frenny ?esta atrasada? ela nunca chega atrasada.

 Será que acordei cedo demais?

Ando ate o hall de entrada onde tem um relógio em cima da porta e vejo que já são 7:30, faz 10 minutos que a aula deveria ter começado

Olho de novo ao redor realmente confusa, ate ouvir passos e olho pra porta da frente, vendo uma mão sobre o vidro. A mão insistente tenta de todo jeito abrir, mais não consegue, ate empurrar tão forte que a pessoa cai pra dentro se esborrachando no chão.

 Me surpreendo ao ver que se trata do senhor White

—senhor White, tudo bem?-digo e ele parece ter tomado um choque e levanta sua cabeça devagar  e me encara

  Sua cara esta toda machucada e coberta de terra, mais o que me incomoda são seus olhos vermelhos e a coloração um pouco roxa e verde de sua pele.

—tudo bem?-questiono, ele  se apoia com as mãos como um cachorro e da um grito fazendo os pelos do meu braço arrepiarem

 Ele começa a correr atrás de mim e corro rapidamente

—SENHOR WHITE, O QUE TA FAZENDO?!-questiono desesperada, correndo pra todos os lados e tento entrar nas salas, mais estão trancadas e ele é muito rápido

 Volto direto pro laboratório e quando tento fechar a porta ele entra, me fazendo ir pra trás. Ele se aproxima de mim tentando pegar meu braço, mas pega apenas a manga do jaleco que se solta e consigo correr e dou a volta pela sala.

—SENHOR WHITE, NÃO TEM GRAÇA ALGUMA-digo com o coração acelerado e ele continua me perseguindo com seus olhos ameaçadores.

 Por instinto pego um livro bem duro e bato na sua cabeça com muita força, o fazendo cair no chão. Prendo a respiração e engulo a saliva, enquanto vejo sangue sair da sua cabeça, onde tem um machucado realmente grande.

—senhor White-digo e ele me olha mais furioso e me assusto e corro pra minha sala de limpeza e tranco a porta rapidamente

 Fico segurando com medo de que ele possa abrir, ele fica batendo na porta e eu seguro com meu coração dando 10.000 palpitadas por segundo e minha cabeça tentando formular uma resposta pra isso estar acontecendo.

\\\\\\\\ \\\\\ \\\\\\\\

Estou sentada abraçada as minhas pernas apavorada, não sei o que fazer, o senhor White esta lá fora ele, finalmente desistiu de tentar abrir a porta e pensei em chamar ajuda, mais meu celular esta descarregado e a única coisa que tenho pra iluminar é meu esfregão

Não sei se é uma pegadinha de fraternidade por eu não ter ido pra festa, porque se for eu vou ficar furiosa por me fazerem passar por isso.

 Estou tentando entender o porquê de tudo isso

Ele pode ter tido um problema psicológico, um trauma, alguém o machucou, ele mesmo se machucou ou ele esta maluco.

Porque ele quer me machucar? eu não fiz nada contra ele, além de bagunçar a sala

Não é possível que seja isso

Todos os aspectos que ele tem como a pele com cores estranhas, seu olhos esbugalhados, sua aparência doente e além disso ele não se afetou quando o machuquei e parece mais forte e rápido

 Mais o que pode ser?

Esse dia ta sendo péssimo, ninguém aparece aqui a escola parece deserta e não quero arriscar sair com o senhor White me procurando como um cão de caça

Parece ate coisa de filme, isso de perseguição, como algum tipo de maníaco que só quer matar pessoas mais não pode ser isso , ele não iria estar tão louco e conseguir se livrar da escola inteira

Tem que haver uma explicação, a única que eu penso é totalmente anormal.

Um apocalipse zombie.

Rio sem som auditivo e paro com o sorriso murchando, ao perceber que realmente pode ser a verdade que tanto temia.

E se eu estiver certa? o que vou fazer? eles podem estar em todo lugar

 OMG

Meus pais, meus amigos, gale.. SERA QUE ESTAO BEM? SEGUROS? SERA QUE VIRARAM ZOMBIES?

Começo a chorar de desespero

Preciso sair daqui, eu preciso encontra-los

Levanto do chão e olho ao redor vendo tudo vazio, penso em estratégias de fuga, não tem muitas só tem uma porta pra sair daqui –suspiro- pensando e pensando, indo de um lado pro outro fuçando a sala a procura de algo que possa me ajudar mais não tem nada

O que vou fazer?

 Eu posso sair mais não sei quantos deles tem lá fora, onde estão? E se vou conseguir sair inteira daqui

 -bufo- aceitando a verdade de que eu não tenho muito que fazer, se ao menos tivesse algo pra me defender mais eu não tenho.

Talvez seja melhor esperar, quem sabe minha família não mande um helicóptero pra me salvar ou algo assim, eu espero que sim que eles estejam bem e que venham rápido

Volto a sentar no mesmo lugar, abraçar minhas pernas, deitar entre elas e esperar.



Notas finais do capítulo



—JT.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "I Will Never Give Up On You" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.