O amor é um jogo, quer brincar? escrita por Iara Camillieri

O amor é um jogo, quer brincar?

"Prazer em te conhecer, onde você esteve?
Eu posso te mostrar coisas incríveis: mágica, loucuras, paraíso, pecado. Te vi ali, e eu pensei "Aí meu Deus, olhe esse rosto", você parece o meu próximo erro. O amor é um jogo, quer brincar? Pois, você sabe, eu adoro os jogadores e você ama o jogo. Somos jovens e imprudentes, levaremos isso longe demais, vai te deixar sem fôlego, ou com uma cicatriz horrível. Tenho uma longa lista de ex-namorados, mas eu tenho um espaço em branco e nele escreverei seu nome. Lábio de cereja, céus de cristal, eu posso te mostrar coisas incríveis, beijos roubados, mentirinhas. Descobrirei do que você gosta, serei essa garota por um mês, mas o pior pode ainda esta por vir. Eu posso fazer os jogos virarem, uma rosa cheia de espinhos, fazer você se perguntar "Aí meu Deus, quem é ela?". Pois lindo, eu sou um pesadelo vestido de sonho."


Classificação: 16+
Categorias: Originais
Personagens: Personagem Original
Gêneros: Romance
Avisos: Sexo

Capítulos: 1 (311 palavras) | Terminada: Não
Publicada: 17/02/2019 às 13:20 | Atualizada: 17/02/2019 às 13:20

Notas da História:

Sereias e Tritões do meu mar, essa estória é da minha autoria e lembrem-se que plágio é crime, então, para evitar problemas desnecessários, sejam éticos e não copiem a coleguinha.


Capítulos

1. Prólogo
311 palavras