Princesa Industrial - Nova versão escrita por AmanteSolitária

Princesa Industrial - Nova versão

- É engraçado como seu pai fala com apenas três taças de vinho. O surpreendente dessa vez, é que ele falou exatamente o que eu precisava tanto saber. E nem percebeu. Não precisei abrir a minha boca. - Ele olhou para mim e sorriu.

- Eu não sei o que queria saber.

- Não se faça de besta, Mirela. - Ele ainda me encarava, enquanto eu continuava olhando para frente. - É tudo um negócio. Um grande negócio. Você vai se casar porque seu pai acha que vai fazer bem para a empresa. Ele está obrigando a filha, de dezessete anos, a casar com um desconhecido por pura ganância.

- Ele não é um estranho. É meu noivo. Há muito tempo. -Ele parou alguns segundos em silêncio, e finalmente me replicou.

- Há quanto tempo você sabe que terá que casar com este cara? - Ele me encarou. - Há quanto tempo? - Respirei fundo.

- Desde que nasci. - Respondi e fechei os olhos. Não conseguiria encarar sua face decepcionada.

- Você está me dizendo que, durante o tempo todo que estávamos juntos, você já sabia que teria que casar com outro homem? - Assenti. - Você está me dizendo que você deixou que eu me aproximasse, me apaixonasse, sabendo que eventualmente teria que me largar? Você me fez de trouxa. Eu não sei o que te dizer neste momento.


Classificação: 13+
Categorias: Originais
Personagens: Indisponível
Gêneros: Amizade, Drama, Romance
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência

Capítulos: 7 (4.934 palavras) | Terminada: Não
Publicada: 06/02/2019 às 23:11 | Atualizada: 12/02/2019 às 14:45

Notas da História:

Já escrevi essa história anteriormente, mas decidi dar um novo ar a ela e reescrevê-la.
Personagens proprios
Direitos Autorais
Possíveis erros ortográficos


Capítulos

1. Capítulo 1
945 palavras
2. Deveres de família
489 palavras
3. Um jantar nada estranho
772 palavras
4. O jantar nada de gala
584 palavras
5. O evento beneficente
544 palavras
7. A viagem
410 palavras