Momentos Perdidos - Coleção de Fanfics escrita por Arachne


Capítulo 29
Maleficent & Aurora (Maleficent) - Amor Fati




O pai de Aurora foi enterrado nas criptas reais debaixo do Palácio.

Aquele não era um lugar onde Aurora particularmente gostava de ir, sendo que na década que seguiu seu despertar e sua coroação ela só tinha estado ali uma meia dúzia de vezes. E ela não estaria ali agora se naquela madrugada ela não tivesse sentindo Maleficent se levantar do seu lado da cama e quando olhou pela porta do quarto viu ela se dirigindo as escadas que levavam as criptas.

Aurora desceu as escadas na ponta dos pés e pela porta entreaberta viu a fada parada diante do túmulo, quieta e aparentemente perdida em pensamento.

“Eu sei que você está aqui Beastie” Maleficent disse.

Aurora abriu a porta, tentando não parecer embaraçada por ser pega espiando. E disse :

“Eu queria saber onde você tinha ido”

“Você me achou”

“Sim, mas eu não sei porque você está aqui”

“Eu sonhei com ele essa noite”

Aurora se aproximou e segurou a mão dela, e apesar de temer uma resposta positiva fez a pergunta :

“Você sente falta dele ?”

“Não”

“Você ainda o odeia ?”

“Sim...mas é um sentimento complicado”

“Porque ? Você tem o direito de odiá-lo após as coisas que ele fez a você”

“Verdade. Mas eu amo você bem mais do que eu odeio ele e sem ele você não existiria, no fim sua traição acabou sendo um meio para a minha felicidade. Quase me faz acreditar em destino”

Aurora olhou para o túmulo de seu pai e pensou na dor que ele tinha causado, como Maleficent e também o reino em geral tinham sido machucados por suas ações. O fato de tudo ter acabado bem não tornava suas ações e escolhas menos cruéis.

“Eu não quero ficar aqui com ele”

“Certo. Nós podemos subir”

“Eu falo no futuro, quando for a hora de me enterrar. Eu quero ser colocada em algum lugar onde a luz do sol toque a grama”

“Será feito”

“E você ?”

“Ao seu lado”

“Mesmo se eu preferisse ser enterrada aqui com meus antepassados ?”

“Qualquer lugar onde você esteja”

Aurora a beijou e pensou que talvez fosse destino como Maleficent tinha dito, ou ao menos algum tipo de justiça cósmica. Que ele não tinha ganhado, que elas encontraram felicidade apesar dele e em parte por causa dele. Felicidade era sua vingança e sua recompensa.

Elas saíram das criptas com as mãos juntas deixando a escuridão para trás e encontrando ao subirem as escadas os primeiros raios de sol da manhã iluminando o grande salão do castelo.



Notas finais do capítulo

Obrigada por ler, comentários são sempre apreciados.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Momentos Perdidos - Coleção de Fanfics" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.