As Bruxas De Oz escrita por HatBox Ghost


Capítulo 14
Capitulo 14 - O começo do fim.




 Glinda estava vendo que estava perdendo... ela sentia isso enraizado e toda a moral que ela sentia estar levando sobre Elphabá se esgotara... Ela então resolveu correr, para a parte o castelo, roubaria um dos feitiços da sua arqui-inimiga, talvez isso a mante-se sob controle, usar o feitiço de uma bruxa contra ela mesma. 
     Ela então subiu a escadaria, e foi até uma das torres, onde Elphabá guardava todos os seus pertences.

    - Que Procura Glinda? - ela se virou e ali estava Elphabá.
    - Elphabá... Eu...
    - Glinda, eu já cansei de batalhas, eu já cansei de tudo... eu juro não vou lhe tomar o trono, não deixarei que você passe por essa humilhação. Mas, vá embora de Oz, eu também o farei...
    - Bobagem Elphabá, quem governaria Oz? Um povo não é um povo sem um governante.
     - Mas veja só Glinda -ela mostrou pela janela - essa três, juntas a Madame Leota, cuidando de Oz melhor do que nós duas fizemos. Nós podemos deixar tudo isso nas mãos delas elas serão rainhas melhores do que nós. Vamos embora, vamos para outra terra, vamos deixar as diferenças de lado.
     Glinda então sorriu.
— As pessoas acham que você é a Bruxa Boa... Você não quer ser assim Glinda? Não quer ser realmente a bruxa boa?
— Quero - disse ela sorrindo, e então Elphabá sorriu - Mas para que eu seja a boa. Você não pode mais existir...
   Elphabá desmanchou imediatamente seu sorriso, Glinda então ergueu sua varinha e já ia gritar algum feitiço, quando Elphabá pegou a sua e se defendeu. 

    Elas começaram a flutuar, ambas jogando feitiços uma contra a outra, Elphabá começou a se submeter ao poder de Glinda para poder ficar mais próxima dela, então quando já estava bem perto, lhe arrancou um pequeno colar que ela usava sempre.
    A bruxa na hora caiu no chão. a famigerada bruxa má do oeste, se impressionou quando o nariz de Glinda começou a crescer, sua pele começou a envelhecer, seus cabelos ficaram brancos e bagunçados, até sujos, ela começou a ficar muito magra quase como um esqueleto, seus olhos ficaram esbugalhados, mas conseguiria-se ver um fundo negro.
   Elphabá foi descendo, e até levou um susto ao sentir a presença de Leota.
— Então essa é a verdadeira Glinda? - perguntou Elphabá.
— Não - disse Leota - essa não é a verdadeira Glinda, Glinda era apenas a casca bela, feita da mais pura beleza exterior, na qual esse demônio se escondia. Essa é a bruxa malvada que realmente habitava Glinda, por que afinal sua beleza era apenas exterior, e não havia bondade ou amor dentro de sí.
   Então do olho de Glinda uma lagrima escorreu. 
Todos os feiticeiros e feiticeiras lá fora viram quando tudo aquilo acabou, quando os soldados de Glinda simplesmente se tornaram poeira. 
    Sabrina abraçou suas tias Zelda e Hilda, Alex abraçou todos os membros de sua família um a um, e Maddie até chorou ao ver Emma e sua mãe que era simplesmente uma maluca chamada Úrsula. 
        Elphabá, então fez um feitiço para mandar os demais feiticeiros embora, e só ficaram ali as três a família delas, pois ela tinha um grande presente para elas. Todas se reuniram no salão do castelo, parecia importante...
       A Bruxa agora se encontrava em posição séria, na ausência de outra bruxa, ela era a líder de Oz... e era exatamente do que elas tratariam ali.  
         Ela suspirou e...





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "As Bruxas De Oz" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.