As Bruxas De Oz escrita por HatBox Ghost


Capítulo 12
Capitulo 12 - Situação Critica.




Elphabá, avistou Glinda, preparando um ataque com seus escravos mágicos de Oz, então pegou sua vassoura, e saiu voando:
       - Espere Elphabá!! - Gritou Madame Leota, mas Elphabá não a ouviu e saiu voando em sua vassoura. Ela então se virou e olhou para as garotas, e disse:
        - Vamos meninas! Elphabá precisa de nós, todo o povo de Oz, necessita de nós, vamos, pelo amor de Deus, Vamos. - Leota começou a flutuar, seu corpo por inteiro, tal como quando apenas sua cabeça flutuava dentro de sua bola de cristal.
       Alex, Maddie e Sabrina saíram então do castelo, e então avistaram, Elphabá tinha pousado e discutia com Glinda. 

— Deixe as outras em paz Glinda - disse Elphabá. - isso aqui é entre nós duas, entre as bruxas de Oz, As outras só entraram no meio disso por sua causa.
       - Pois bem, Elphabá, você quer que isso seja só entre nós...será só entre nós - Glinda, fez um gesto com as mãos e duas varinhas de condão surgiram em suas mãos - vamos fazer isso entre nós duas, você com seus feitiços brancos, e eu com minha magia das trevas, vamos ver quem vencerá. 
       - Um duelo mágico! É serio Glinda? É isso mesmo que você quer?? - Glinda afirmou com a cabeça - Pois bem Glinda, assim será - Elphabá com um cara amarga pegou a varinha, cada uma das duas deu 10 passos cada uma para um lado. 
       - O que está acontecendo?? - perguntou Maddie
     - O começo do Apocalipse, querida - disse Madame Leota com tristeza visível nos olhos. - Não sei se isso irá acabar realmente bem. 
      - Mas a senhora é uma vidente - disse Sabrina - deveria saber sempre das coisas que estão para acontecer...
       - Sabrina - disse Leota - não ouviu uma palavra do que eu lhe disse antes? É questão de possibilidades, eu vejo o futuro, mas a várias possibilidades, e probabilidades de ele mudar. 

     Glinda e Evanora, já estando devidamente afastadas, encararam-se, seguraram as varinhas, e as chacoalharam dizendo cada uma, um feitiço diferente. Então miraram as varinhas uma para a outra, e cada uma lançou um feitiço. A varinha de Glinda tinha um feitiço de cor negra, enquanto o de Elphabá era de cor branca quase transparente. Enquanto lançava o seu feitiço e tentava lutar contra o de Elphabá, a outra bruxa gritava:

— Eu vou matar você, Elphabá, nem que seja a ultima coisa que eu faça.

 

E aquilo se seguiu por um bom tempo, até que Elphabá gritou um outro feitiço, que atingiu Glinda de uma forma, que a fez quase cair para trás, ela deixou sua varinha cair no chão.
      - Acabou - disse Elphabá - agora Glinda, vá embora de Oz, fuja para longe, e não volte nunca, refaça a sua vida em outro lugar. 
       - Como deseja, disse Glinda, vossa majestade. - Então Glinda fez uma bola de fogo com sua mão, e a lançou, acertou em cheio o rosto de Elphabá, nesse momento os escravos mágicos, já tinham se atirado em debandada para o castelo. 
   - Vamos - disse Madame Leota.
   - O que vamos fazer exatamente?? - perguntou Sabrina.
   - Lutar - disse Leota - e lutar até a morte se preciso for.
Estava na hora, Madame Leota, Dorothy, Alex, Sabrina e Maddie, iriam se unir, e as novas bruxas de Oz, decidiram por fim o destino daquela terra.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "As Bruxas De Oz" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.