The Fear You Won't Fall escrita por WellDoneBeca


Capítulo 4
IV




Potter havia tentando entrar no Torneio. Mais que tentado, ele havia conseguido e agora era o 4º participante. Era absurdo, e toda a escola – as três escolas! – sabia disso. Ainda assim, ele foi aceito e estava competindo com os outros três campeões: Cedrico Diggory da Lufa-Lufa, Fleur Delacour de Beauxbatons e Viktor Krum de Durmstrang.

A notícia havia feito mais que criar animosidade entre as casas: Nem mesmo o melhor amigo de Potter, Weasley, estava de acordo, e aparentemente Granger havia se tornado uma coruja entres os dois. A escola inteira sabia.

Ele provavelmente ia morrer ou sair bastante machucado. Era uma criança num torneio perigoso.

Cassiopeia estava nervosa ao se sentar na arena enquanto esperava pela primeira tarefa. Uma sensação ruim havia a tomado, e ela não fazia ideia do quê fazer para aquilo melhorar. Era quase uma premonição. Algo iria dar errado.

— Dragões! – Draco exclamou, animado.

Eles havia sido convidados por Aleksandar, um dos alunos de Durmstrang que havia acabado por se aproximar de Cassiopeia, e estavam em um dos melhores lugares disponíveis.

Durante toda a tarefa, ela protegeu os olhos e quase esmagou a mão de Draco na sua, ficando até mesmo mais próxima de Aleksandar que o quê era confortável. Cada batida de asas deixava parecer que o dragão se distrairia dos competidores e atacaria a plateia.

Quando tudo acabou, ela estava aliviada. Talvez houvesse alguma forma de escapar da segunda tarefa?

— Não sou da Grifinória. – Ela virou para o irmão quando ele riu da sua falta de coragem. – Não preciso provar nada a ningupem.

Aleksandar riu e puxou a mão da moça, muito menor que a sua, apertando-a suavemente.

— Não precisa ser corajosa. – Ele disse lentamente, trabalhando para esconder seu sotaque. – Com sua beleza, você só precisa sorrir e qualquer coisa será possível.

Cassiopeia franziu o cenho, puxando a mão de volta e encarando o rosto do rapaz à sua frente. Ele realmente achava que aquilo era um elogio?

Apenas há alguns metros dali, Jorge sentiu Fred dando-lhe uma cotovelada nas costelas.

— Será que você pode parar de ficar encarando?

O tempo todo durante a tarefa, os olhos do gêmeo Weasley não haviam se movido de Cassiopeia, mesmo contra sua vontade. Lá estava ela, com um Búlgaro idiota que se comportava como se ela fosse um troféu ao seu lado e não uma pessoa. Ele nem mesmo havia tentado confortá-la quando um dragão se aproximou demais da área onde eles estavam, assustando-a. Nem mesmo o irmão dela havia prestado atenção em suas reações.

Dois idiotas.

— Ele nem olha pra ela, Fred! – Ele apontou, reclamando. – Olha lá. Ele provavelmente disse alguma merda, porque parece que ela vai sair voando de lá assim que puder.

Fred se virou para ele com um olhar confuso.

— E porque você se importa? É a Malfoy! – Ele o lembrou. – Você está assim desde a copa.

E Fred estava certo.

Claro, os gêmeos conheciam Cassiopeia há anos, desde que haviam começado a escola. Eles sabiam tudo que se devia saber sobre ela. Ela era bonita, um pouco mais inteligente que a médio, sempre tinha uma resposta pronta para qualquer comentário que julgasse digno de ser respondido e era ambiciosa. Ela nunca iniciava algo que não fosse terminar e sabia como manipular as coisas para fazê-las funcionar da forma “certa”, era surpreendendo. Ela também era a única que sabia colocar Malfoy em seu lugar.

E ela era bonita. Muito, muito bonita.

— Olha, ela não é tão ruim assim. – Jorge se defendeu. – Quer dizer… Nem todo mundo da Sonserina é ruim.

— Claro, Jorge. – Fred olhou pra ele. – Agora só falta me dizer que você é afim dela.

Jorge corou até as orelhas.

— Eu?! Não! Nunca! É obvio que não! Mas que ideia.

 





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "The Fear You Won't Fall" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.