The Fear You Won't Fall escrita por WellDoneBeca


Capítulo 1
I




Jorge Weasley não tinha nenhum problema com ‘quedinhas’. Ele era sempre confidente o bastante quando gostava de alguma garota para se aproximar, mas mesmo que ele se considerasse bom com mulher, Cassiopeia… Bem, Cassiopeia era um território completa e definitivamente diferente.

Ela era uma Malfoy. Filha mais velha de Lúcio.

A primeira vez que ele notado ela foi na cerimônia com outros alunos do primeiro ano. Ele não sabia seu nome ou sua família. Ela, porém, tinha um nariz empinado que não escondia seu status, e confiança o bastante para nem mesmo fraquejar ao se sentar no banquinho do chapéu seletor. Era uma Sonserina, claro. Não havia como ser diferente.

Depois de descobrir quem era ela, ele sabia que nem precisaria trocar uma ou duas palavras com a menina pra saber que ela era uma típica garota mimada, igualzinha a seu irmão, que se considerava superior a qualquer um que não tivesse sangue puro, e que julgava e detestava Jorge e toda a família Weasley.

Mas Cassiopeia nunca foi que nem Draco. Ela sempre foi educada com ele quando os dois se cruzavam, e o tratava como qualquer outro colega de escola, sangue puro ou não. Ela não esnobava ninguém, e era sempre o melhor exemplo de educação de toda Hogwarts. Ela até tinha sorrido para ele e Fred não apenas uma ou duas, mas cinco vezes desde o Natal! E o sorriso dela era tão lindo. De alguma forma, tudo o que fazia de Draco esquisito, fazia de Cassiopeia a garota mais bonita que Jorge já havia visto na vida; ela nem parecia uma Malfoy, de tão bonita.

Então, talvez – só talvez – ele gostasse dela um pouquinho mais do que ele deveria. Ou muito mais.

Mas não importava. Eles viviam em mundos diferentes, e nunca seriam amigos, imagine qualquer coisa a mais.

A primeira vez que Cassiopeia havia realmente visto Jorge Weasley como um indivíduo e não só mais um na multidão foi durante a 422ª Copa Mundial de Quadribol, no meio do caminho para o camarote para assistir o jogo entre a Irlanda e a Bulgária.

É claro que Cassiopeia sabia que os Weasleys estariam lá para ver o jogo, e não havia dado a mínima para a informação, mas aquela era a primeira vez que ela era forçada a prestar atenção em qualquer um deles, e essa pessoa era Jorge.

Ela estava caminhando em direção ao camarote pra encontrar o resto dos Malfoy quando tropeçou nos degraus da escada e acabou caindo nos braços de alguém.

Seus olhos cinza haviam se fechado e ela havia se abraçado para a queda, e quando ela os abriu, simplesmente congelou onde estava. Olhos castanhos brilhantes estava encarando os seus e longos fios de cabelo ruivo caíam em seu rosto.

Ele com certeza precisava de um corte de cabelo.

— Olá? — ela sussurrou.

— Cassiopeia! — os dois ouviram a voz de Draco, e os olhos da menina se viraram rapidamente em sua direção, encontrando-o alguns andares acima os encarando. Ele não disse nada, apenas esperou que ela se recompusesse.

— Obrigada. — a menina disse, mantendo um olhar educado porém distante e se virando, deixando um Jorge sorridente para trás ao seguir seu caminho.

Quando ela alcançou o irmão, ele parecia confuso e bastante incomodado.

— O que estava fazendo com aquele Weasley?

— Eu escorreguei e ele me segurou para que eu não caísse. — ela disse como se fosse óbvio. — Eu agradeci e fui embora.

Ele franziu as sobrancelhas.

— Porque? É só mais um Weasley. A gente nem sabe qual deles ele é.

E era verdade, ela não fazia ideia de qual Weasley era aquele. Ele era um dos gêmeos, com certeza, Fred e Jorge. Eles eram de sua classe e normalmente se sentavam alguns assentos atrás ela. Não eram muito quietos também.

— Embora você tenha perdido sua educação, eu ainda tenho a minha. — ela enlaçou seu braço com o do irmão enquanto subiam as escadas. — Você tem mais alguma pergunta?

Ele apenas negou com a cabeça, e Cassiopeia agradeceu mentalmente pelo silêncio.

— Sentem-se. — Narcisa mandou assim que viu os dois filhos. — O jogo vai começar.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "The Fear You Won't Fall" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.